Campeonato Sergipano de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Campeonato Sergipano de Futebol
Campeonato Sergipano
Campeonato Sergipano de Futebol
Dados gerais
Organização FSF
Edições 100 desde 1918 (106 anos)
Local de disputa  Sergipe,  Brasil
Número de equipes 10
Sistema Temporada, Pontos corridos
Divisões
Série A1Série A2
Edição atual
editar

O Campeonato Sergipano de Futebol é a competição organizada pela Federação Sergipana de Futebol (FSF) para disputa do título estadual entre os clubes de Sergipe.

História[editar | editar código-fonte]

Assim como em vários outros estados brasileiros, os primeiros clubes de futebol de Sergipe foram, inicialmente, dedicados a esportes náuticos como o remo. O Cotinguiba Esporte Clube e o Club Sportivo Sergipe, ambos da capital Aracaju, foram os pioneiros.

Os pioneiros[editar | editar código-fonte]

Oficialmente tudo começou em 1918 com a fundação da primeira entidade organizada. Antes, nas inúmeras tentativos para a difusão do futebol em Sergipe, muitos pioneiros idealistas perpetuaram seus nomes na história do futebol sergipano, fruto da abnegação pela causa que abraçaram.

Há um século esses heróis suportaram o descrédito e a ignorância de uma época em que as pessoas viviam arraigadas de preconceitos. Muitos sucumbiram no meio do caminho, vencidos pelos inúmeros obstáculos na implantação do futebol, esporte considerado "para vagabundos"! Um desses pioneiros foi o major Crispim Ferreira, do 26° Batalhão de Infantaria, sediada em Aracaju.

Foi ele quem organizou a primeira demonstração pública do futebol em Aracaju, em setembro de 1907, na praça General Valadão. Incansável na sua luta para difundir o "esporte bretão" na capital sergipana, Crispim Ferreira continuou por algum tempo arregimentando soldados e recrutas daquela guarnição militar para praticar o futebol no improvisado campo da praça Valadão, situado na frente do quartel.

O primeiro clube[editar | editar código-fonte]

Mas, em 1909, um moço nascido em Lagarto, que residiu durante três anos em Salvador, voltava para Aracaju com a firme ideia de fundar um clube para a prática do futebol. Era Mario Lins de Carvalho, então com 17 anos de idade. Convidou para a missão o amigo Carlos Baptista Bittencourt. Ambos passaram a procurar adeptos para a fundação do primeiro clube de futebol em Aracaju.

Após meses, uns grupos de rapazes reuniram-se na casa de Bittencourt - na rua de Maruim - e fundavam o "Sport Club Lux", cujo nome foi logo mudado para "Club do Football Sergipano". Suas cores eram vermelha e branca. Para a sede foi escolhida a residência de um dos fundadores, João Rocha, situada à rua Laranjeiras 123. O local escolhido para os treinos, foi a Praça do Palácio (atual Fausto Cardoso).

A Federação[editar | editar código-fonte]

A Federação Sergipana de Futebol foi fundada em 10 (dez) de novembro de 1926, com a denominação de Liga Sergipana de Esportes Atléticos. A partir de 10 de novembro de 1941 denominada Federação Sergipana de Desportos, e por decisão da Assembleia Geral Extraordinária realizada em 20 de janeiro de 1976, Federação Sergipana de Futebol.

Campeonatos e ligas[editar | editar código-fonte]

O primeiro campeonato de futebol em Sergipe foi realizado em 1918. A disputa, organizada pela "Liga Desportiva Sergipana", teve 4 equipes: Cotinguiba, 41° Batalhão FC, Sergipe e Industrial. O Continguiba sagrou-se campeão, vencendo o Sergipe por 2x0 no jogo final. Em 1919 não houve campeonato.

De 1920 a 1948 os jogos tiveram como palco o "Adolpho Rolemberg", considerado um dos melhores estádios do norte nordeste, segundo os jornais da época. Em 1927 foi organizada uma nova entidade, a "Liga Sergipana de Esportes Atléticos", com apenas 3 clubes filiados: Associação Atlética, América e Palmeiras, enquanto a Liga Desportiva Sergipana tinha 4 clubes filiados: Sergipe, Brasil, Cotinguiba e Aracaju. Em 1928 a Liga Sergipana de Esportes Atléticos passou a comandar completamente o futebol sergipano, com a dissolução da Liga Desportiva Sergipana, e a consequente filiação de seus clubes à Liga recém-criada.

E em 1931 mais 8 clubes filiaram-se à LSEA (Vasco, Guarani, Paulistano, Palestra, Vitório, Siqueira Campos, 13 de Julho e ETEA).

A partir de 1936, o campeonato sergipano passou a contar com clubes do interior, sendo o primeiro o Ipiranga, da cidade de Maruim. Em 1939 foi organizado o campeonato com a "Divisão do Interior", composta por 4 clubes filiados (Ipiranga, Riachuelo, Socialista e Laranjeiras), e a "Divisão da Capital". O Ipiranga foi o campeão do interior e o Sergipe foi o campeão da capital. Na disputa em "melhor de 3 partidas" entre os dois, o Sergipe sagrou-se campeão absoluto de 1939, com dois gols na prorrogação do jogo decisivo. Entretanto o Ipiranga entrou com recurso na Liga contra o Sergipe, que incluiu o jogador Renato Vieira, inscrito na Liga Paulista. Consultada, esta confirmou por ofício a denúncia do clube maruinense. Desta forma, a LSEA proclamou o Ipiranga "Campeão do Estado de Sergipe" de 1939. Esta forma de disputa perdurou até 1958.

Em 1959 o campeonato foi realizado por zonas: Leste (capital), Norte, Sul e Centro. Os cinco melhores da capital juntaram-se aos campeões das zonas do interior e realizaram, em 2 turnos, o Campeonato Sergipano. Em 1960 foi instituído o regime misto-profissional, sendo realizado o primeiro campeonato de profissionais naquele ano.

Em 1970 começou a "Era do Batistão", inaugurado em Junho de 1969, com capacidade para 25.000 pessoas. Na década de 70 a média de púbico pagante no Batistão era de 8.000 pessoas.

No campeonato de 1980 foi instituído o Acesso e Descenso.

Supremacia Azulina (2010–2019)[editar | editar código-fonte]

Durante a Década de 2010 a equipe do Bairro Industrial conquistou quatro títulos, somado com os da Década de 2000, o Confiança conquistou ao todo oito títulos e chega a 21 títulos, 14 a menos que seu arquirrival e maior campeão do estado Sergipe.

Transmissão[editar | editar código-fonte]

A fabricante de veículos Chevrolet, foi o patrocinador oficial da edição de 2013 e 2015.
A empresa de supermercados GBarbosa, foi o patrocinador oficial da edição de 2016 e 2017.
A cooperativa de apostas esportivas Estadium.Bet, foi o patrocinador oficial da edição de 2020.

Todos os jogos terão transmissão pela TV ou Internet, uma partida por rodada aos sábados no canal TV Atalaia, os demais jogos da rodada serão transmitidos por pay-per-view na ITTV serviço de streaming da empresa Itabaianense Itnet. Além das emissoras de rádio do estado de Sergipe, Rádio Jornal, Rádio Cultura e Rádio Liberdade.

Patrocinadores[editar | editar código-fonte]

Em 2013, foi firmado parceria entre a Federação Sergipana de Futebol e a marca Chevrolet para as temporadas de 2013 e 2015. A denominação oficial do Estadual foi Sergipão Chevrolet 2013/2014/2015.[1]

Em 2016 e 2017, foi firmado uma parceria com a empresa de supermercados GBarbosa como patrocinadora oficial do Campeonato Sergipano Série A1 2016 e 2017.

Em 2020, após muitas reuniões, encontros e negociações a Federação Sergipana de Futebol (FSF), a entidade fechou uma parceria para o Sergipão de 2020. Com o acerto o Campeonato Sergipano volta a ter um patrocínio master. A parceira só foi possível depois da intervenção do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Rogério Cabloco, que vêm se empenhando para ajudar e colaborar com todos os seus filiados. O presidente da FSF, Milton Dantas está na sede da entidade no Rio de Janeiro, o presidente da FSF segue no Rio participando de reuniões com investidores do novo patrocinador master do Sergipão.

A nova parceira do futebol sergipano é a Estadium.Bet, uma empresa de apostas online alemã. Em grande ascensão no mercado brasileiro, desde 2017 virou rotineiro o interesse de sites de apostas em serem patrocinadores de clubes e entidades do futebol do Brasil. Com a parceria master o estadual de 2020, vai passar a ser chamando de Sergipão Estadium.Bet 2020. Foi firmado parceria entre a Federação Sergipana de Futebol e a marca Estadium.Bet para a temporada de 2020, sendo possível a renovação para 2021, a denominação oficial do Estadual será Sergipão Sergipão Estadium.Bet 2020.[2]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

A definir

Critério de desempate[editar | editar código-fonte]

Os critério de desempate foram aplicados na seguinte ordem:

  1. Maior número de vitórias
  2. Maior saldo de gols
  3. Maior número de gols pró (marcados)
  4. Maior número de gols contra (sofridos)
  5. Confronto direto
  6. Sorteio

Equipes participantes[editar | editar código-fonte]

Promovidos e rebaixados[editar | editar código-fonte]

Pos. Rebaixados da Série A1 de 2022
 Boca Júnior
10º  Maruinense
Pos. Promovidos da Série A2 de 2022
 Dorense
 Estanciano

Informações das equipes[editar | editar código-fonte]

Aumento Equipe promovida da Série A2 de 2022
Equipe Cidade Em 2022 Estádio (Mando) Capacidade Material Esportivo Títulos (Último) Part.
América[AMÉ] Propriá 8º (A1) Miguel Queiróz[3] 2.000 Brasil Robrac 2 (último: 2007) 17
Atlético Gloriense Nossa Senhora da Glória 6º (A1) Editon Oliveira 3.000 Brasil Robrac 0 (não possui) 3
Confiança Aracaju 3º (A1) Sabino Ribeiro
Batistão
4.000
15.575
Brasil Super Bolla 22 (último em 2020) 72
Dorense Nossa Senhora das Dores Aumento (A2) Ariston Azevedo 3.000 Brasil Led Sports 0 (não possui) 14
Estanciano Estância Aumento (A2) Francão 8.000 Brasil Retrô 0 (não possui) 18
Falcon Barra dos Coqueiros 2º (A1) João Cruz 2.000 Brasil Retrô 0 (não possui) 2
Freipaulistano Frei Paulo 7º (A1) Titão 5.000 Brasil Robrac 1 (em 2019) 7
Itabaiana Itabaiana 4º (A1) Etelvino Mendonça 11.224 Brasil WA Sport 10 (último em 2012) 70
Lagarto Lagarto 5º (A1) Barretão 8.000 Brasil Onza 0 (não possui) 12
Sergipe Aracaju 1º (A1) João Hora
Batistão
6.000
15.575
Brasil Gipão (Marca própria) 37 (último em 2022) 100

Lista dos campeões[editar | editar código-fonte]

Essa é a lista dos campeões de cada uma das edições :[4]

Clube com mais títulos
Edição Ano Campeão Final Vice-campeão Terceiro colocado Quarto colocado Part.
1918
Detalhes

Cotinguiba (1)
Quadrangular
Sergipe

SC Industrial

41º Batalhão FC
4
1919 Não houve campeonato
1920
Detalhes

Cotinguiba (2)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
1921
Detalhes

SC Industrial (1)

Sergipe
Desconhecido Desconhecido
1922
Detalhes

Sergipe (1)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
1923
Detalhes

Cotinguiba (3)

SC Industrial
Desconhecido Desconhecido
1924
Detalhes

Sergipe (2)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
1925—1926 Não houve campeonato
1927
Detalhes

Sergipe (3)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
1928
Detalhes

Sergipe (4)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
1929
Detalhes

Sergipe (5)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
1930—1931 Não houve campeonato
10ª 1932
Detalhes

Sergipe[5] (6)

Vasco EC
Desconhecido Desconhecido
11ª 1933
Detalhes

Sergipe[6] (7)

Vasco EC
Desconhecido Desconhecido
12ª 1934
Detalhes

Palestra (1)
Hexagonal
Vitória

Sergipe

Paulistano
6[7]
13ª 1935
Detalhes

Palestra (2)
Hexagonal
Sergipe

Cotinguiba

Vitória
6
14ª 1936
Detalhes

Cotinguiba (4)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
15ª 1937
Detalhes

Sergipe (8)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
1938 Não houve campeonato
16ª 1939
Detalhes

Ipiranga (1)

Sergipe
Desconhecido Desconhecido
17ª 1940
Detalhes

Sergipe (9)

Laranjeiras AC
Desconhecido Desconhecido
18ª 1941
Detalhes

Riachuelo (1)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
19ª 1942
Detalhes

Cotinguiba (5)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
20ª 1943
Detalhes

Sergipe (10)
3 – 2
2 – 4
4 – 0

Riachuelo
Desconhecido Desconhecido 10
21ª 1944
Detalhes

Vasco EC (1)

Ipiranga
Desconhecido Desconhecido
22ª 1945
Detalhes

Ipiranga (2)

Vasco EC
Desconhecido Desconhecido
23ª 1946
Detalhes

Olímpico FC (1)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
24ª 1947
Detalhes

Olímpico FC (2)

Riachuelo
Desconhecido Desconhecido
25ª 1948
Detalhes

Vasco EC (2)

Olímpico FC
Desconhecido Desconhecido
26ª 1949
Detalhes

Palestra (3)
Vasco EC Desconhecido Desconhecido
27ª 1950
Detalhes

Passagem (1)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
28ª 1951
Detalhes

Confiança (1)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
29ª 1952
Detalhes

Cotinguiba (6)
Passagem[8] Desconhecido Desconhecido
30ª 1953
Detalhes

Vasco EC (3)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
31ª 1954
Detalhes

Confiança (2)

Passagem
Desconhecido Desconhecido
32ª 1955
Detalhes

Sergipe (11)

Confiança
Desconhecido Desconhecido
33ª 1956
Detalhes

EC Santa Cruz (1)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
34ª 1957
Detalhes

EC Santa Cruz (2)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
35ª 1958
Detalhes

EC Santa Cruz[9] (3)

Confiança
Desconhecido Desconhecido
36ª 1959
Detalhes

EC Santa Cruz (4)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
37ª 1960
Detalhes

EC Santa Cruz (5)

Sergipe
Desconhecido Desconhecido
38ª 1961
Detalhes

Sergipe (12)

EC Santa Cruz
Desconhecido Desconhecido
39ª 1962
Detalhes

Confiança (3)

Vasco EC
Desconhecido Desconhecido
40ª 1963
Detalhes

Confiança (4)

Sergipe
Desconhecido Desconhecido
41ª 1964
Detalhes

Sergipe (13)

EC Santa Cruz
Desconhecido Desconhecido
42ª 1965
Detalhes

Confiança (5)

América de Propriá
Desconhecido Desconhecido
43ª 1966
Detalhes

América de Propriá (1)

Confiança
Desconhecido Desconhecido
44ª 1967
Detalhes

Sergipe (14)

Confiança
Desconhecido Desconhecido
45ª 1968
Detalhes

Confiança (6)

Sergipe
Desconhecido Desconhecido
46ª 1969
Detalhes

Itabaiana (1)

Olímpico FC
Desconhecido Desconhecido
47ª 1970
Detalhes

Sergipe (15)

Itabaiana
Desconhecido Desconhecido
48ª 1971
Detalhes

Sergipe (16)

Itabaiana

Flamengo
Desconhecido
49ª 1972
Detalhes

Sergipe (17)
1 – 0
1 – 2
4 – 2

Lagarto EC

Itabaiana

Confiança
12
50ª 1973
Detalhes

Itabaiana (2)
0 – 1
1 – 0
1 – 1
Pen. 4 – 0

Sergipe

Vasco EC

América de Propriá
11
51ª 1974
Detalhes

Sergipe (18)

Confiança
Desconhecido Desconhecido
52ª 1975
Detalhes

Sergipe (19)
Hexagonal
Lagarto EC

Confiança

Cotinguiba
12
53ª 1976
Detalhes

Confiança (7)
Hexagonal
Cotinguiba
Desconhecido Desconhecido
54ª 1977
Detalhes

Confiança (8)
2 – 1
1 – 0

Sergipe

Vasco EC

Cotinguiba
12
55ª 1978
Detalhes

Itabaiana (3)
1 – 0
0 – 1
1 – 0

Sergipe

Vasco EC

Confiança
9
56ª 1979
Detalhes

Itabaiana (4)

Cotinguiba

Vasco EC
Desconhecido
57ª 1980
Detalhes

Itabaiana (5)

Confiança
Desconhecido Desconhecido
58ª 1981
Detalhes

Itabaiana (6)

Sergipe

Confiança
Desconhecido
59ª 1982
Detalhes

Itabaiana (7)

Sergipe (20)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
60ª 1983
Detalhes

Confiança (9)

Estanciano
Desconhecido Desconhecido
61ª 1984
Detalhes

Sergipe (21)
Quadrangular
Confiança

EC Santa Cruz

Estanciano
8
62ª 1985
Detalhes

Sergipe (22)

Itabaiana
Desconhecido Desconhecido
63ª 1986
Detalhes

Confiança (10)
Desconhecido Desconhecido Desconhecido
64ª 1987
Detalhes

Vasco EC (4)
Quadrangular
Itabaiana

Confiança

Estanciano
8
65ª 1988
Detalhes

Confiança (11)
Hexagonal
Sergipe

Maruinense

Estanciano
8
66ª 1989
Detalhes

Sergipe (23)

Confiança
Desconhecido Desconhecido
67ª 1990
Detalhes

Confiança (12)

Sergipe
Desconhecido Desconhecido
68ª 1991
Detalhes

Sergipe (24)

Confiança
Desconhecido Desconhecido
69ª 1992
Detalhes

Sergipe (25)

Confiança
Desconhecido Desconhecido
70ª 1993
Detalhes

Sergipe (26)

Vasco EC
Desconhecido Desconhecido
71ª 1994
Detalhes

Sergipe (27)
Quadrangular
Confiança

Itabaiana

Maruinense
10
72ª 1995
Detalhes

Sergipe (28)
Quadrangular
Confiança

Itabaiana

Cotinguiba
10
73ª 1996
Detalhes

Sergipe (29)
Quadrangular
Olímpico EC

Vasco EC

Itabaiana
10
74ª 1997
Detalhes

Itabaiana (8)
Triangular
Confiança

Sergipe

Gararu
8
75ª 1998
Detalhes

Atlético Lagartense (1)
Quadrangular
Vasco EC

Sergipe

Itabaiana
8
76ª 1999
Detalhes

Sergipe (30)
Quadrangular
Atlético Lagartense

Coritiba

Confiança
8
77ª 2000
Detalhes

Sergipe

Confiança

Atlético Lagartense

Gararu

Amadense
12
78ª 2001
Detalhes

Confiança (13)
2 – 2
0 – 0
1 – 1

Atlético Lagartense

Dorense

Amadense
10
79ª 2002
Detalhes

Confiança (14)
3 – 1
0 – 0
2 – 1

Itabaiana

Guarany

Atlético Lagartense
12
80ª 2003
Detalhes

Sergipe (31)
Hexagonal
Confiança

Olímpico EC

Riachuelo
14
81ª 2004
Detalhes

Confiança (15)
Hexagonal
Sergipe

Atlético Lagartense

Riachuelo
10
82ª 2005
Detalhes

Itabaiana (9)
Pontos Corridos
Sergipe

Atlético Lagartense

Boca Júnior
10
83ª 2006
Detalhes

Olímpico de Pirambu (3)
Pontos Corridos
Confiança

Sergipe

Itabaiana
10
84ª 2007
Detalhes

América de Propriá (2)
Quadrangular
Confiança

Sergipe

Itabaiana
10
85ª 2008
Detalhes

Confiança (16)
Quadrangular
Sergipe

São Cristóvão

Itabaiana
10
86ª 2009
Detalhes

Confiança (17)
1 – 2
2 – 0

Sergipe

Sete de Junho

Itabaiana
10
87ª 2010
Detalhes

River Plate (1)
Quadrangular
Confiança

Olímpico EC

Itabaiana
10
88ª 2011
Detalhes

River Plate (2)
3 – 0
1 – 1

São Domingos

Sergipe

Confiança
10
89ª 2012
Detalhes

Itabaiana (10)
3 – 1
0 – 1

Confiança

São Domingos

River Plate
10
90ª 2013
Detalhes

Sergipe (32)
0 – 0
3 – 2

River Plate

Confiança

Estanciano
10
91ª 2014
Detalhes

Confiança (18)
2 – 0
2 – 1

Socorrense

Sergipe

Estanciano
10
92ª 2015
Detalhes

Confiança (19)
1 – 0
4 – 0

Estanciano

Lagarto

Socorrense
10
93ª 2016
Detalhes

Sergipe (33)
1 – 0
1 – 1

Itabaiana

Confiança

Boca Júnior
10
94ª 2017
Detalhes

Confiança (20)
1 – 1
1 – 0

Itabaiana

Sergipe

Amadense
10
95ª 2018
Detalhes

Sergipe (34)
1 – 0
1 – 1

Itabaiana

Confiança

Lagarto
10
96ª 2019
Detalhes

Freipaulistano (1)
2 – 1
3 – 1

Itabaiana

Confiança

Lagarto
9
97ª 2020
Detalhes

Confiança (21)
Quadrangular
Sergipe

Itabaiana

Freipaulistano
8
98ª 2021
Detalhes

Sergipe (35)
3 – 1
0 – 1

Lagarto

Confiança

Itabaiana
10
99ª 2022
Detalhes

Sergipe (36)
2 – 1
1 – 1

Falcon

Itabaiana

Confiança
10
100ª 2023
Detalhes

Itabaiana (11)
2 – 0
2 – 0

Confiança

Sergipe

Lagarto
10

NOTA: O Campeonato Sergipano de Futebol de 2000 está sub-júdice[10], tendo o Sergipe considerado campeão, mas o Confiança espera o resultado da justiça desportiva para que possa ser homologado como campeão no STJD.

Títulos por clube[editar | editar código-fonte]

Clube Campeão Anos do Títulos Vice Anos do Vice
Sergipe
37
1922, 1924, 1927, 1928, 1929, 1932, 1933, 1937, 1940, 1943, 1955, 1961, 1964, 1967, 1970, 1971, 1972, 1974, 1975, 1982,[11] 1984, 1985, 1989, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996, 1999, 2000**, 2003, 2013, 2016, 2018, 2021, 2022
18
1918, 1921, 1935, 1939, 1960, 1963, 1968, 1973, 1977, 1978, 1981, 1988, 1990, 2000**, 2004, 2005, 2008, 2009, 2020
Confiança
22
1951, 1954, 1962, 1963, 1965, 1968, 1976, 1977, 1983, 1986, 1988, 1990, 2000**, 2001, 2002, 2004, 2008, 2009, 2014, 2015, 2017, 2020
19
1955, 1958, 1966, 1967, 1974, 1980, 1984, 1989, 1991, 1992, 1994, 1995, 1997, 2003, 2006, 2007, 2010, 2012, 2023
Itabaiana
11
1969, 1973, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982,[12] 1997, 2005, 2012, 2023
9
1970, 1971, 1985, 1987, 2002, 2016, 2017, 2018, 2019
Cotinguiba
6
1918, 1920, 1923, 1936, 1942, 1952
2
1976, 1979
Santa Cruz
5
1956, 1957, 1958, 1959, 1960
2
1961, 1964
Vasco
4
1944, 1948, 1953, 1987
6
1932, 1933, 1945, 1962, 1993, 1998
Pirambu[ii]
3
1946, 1947, 2006
3
1948, 1949, 1969
Palestra
3
1934, 1935, 1949
0
Ipiranga
2
1939, 1945
1
1944
América
2
1966, 2007
1
1965
River Plate
2
2010, 2011
1
2013
Lagartense
1
1998
3
1999, 2000, 2001
Riachuelo
1
1941
2
1943, 1947
Industrial
1
1921
1
1923
Passagem
1
1950
2
1952, 1954
 Freipaulistano
1
2019
0

Lagarto EC

0
2
1972, 1975
Estanciano
0
2
1983, 2015
Vitória
0
1
1934
Laranjeiras AC
0
1
1940
Olímpico EC
0
1
1996
São Domingos
0
1
2011
Socorrense
0
1
2014
Lagarto
0
1
2021
Falcon
0
1
2022

ii. ^ O Olímpico Futebol Clube de Aracaju, campeão estadual em 1946 e 1947, é o mesmo clube, Olímpico Pirambu Futebol Clube, que na década de 2000 se mudou para Pirambu e conquistou o título estadual de 2006.

Títulos por cidade[editar | editar código-fonte]

Cidade Títulos
Aracaju
72
Itabaiana
11
Estância
5
Carmópolis
2
Maruim
2
Propriá
2
Frei Paulo
1
Lagarto
1
Neópolis
1
Pirambu
1
Riachuelo
1

Campeões consecutivos[editar | editar código-fonte]

Hexacampeonatos[editar | editar código-fonte]

  • Sergipe: 2 vezes (1991-92-93-94-95-96) e (24-27-28-29-32-33*) * Embora não tenha sido em anos consecutivos, foram em campeonatos subsequentes.

Pentacampeonatos[editar | editar código-fonte]

Tricampeonatos[editar | editar código-fonte]

Bicampeonatos[editar | editar código-fonte]

  • Confiança: 4 vezes (1962-63), (1976-77), (2008-09), (2014-15)
  • Sergipe: 4 vezes (1974-75), (1984-85), (1999-00), (2021-22)
  • Olímpico/Pirambu: 1 vez (1946-47)
  • River Plate: 1 vez (2010-11)
  • Palestra: 1vez (1934-35)

O título de 2000 é considerado dividido por sugestão da Federação Sergipana de Futebol, porem, o mesmo é alvo de disputa entre Sergipe e Confiança.[13]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Maiores goleadas[editar | editar código-fonte]

O maior número de gols em uma única partida ocorreu em 29 de setembro de 1935, quando o Sergipe derrotou o Vasco de Aracaju por 7 a 4 e a maior goleada ocorreu em 1934 e 1935, nos jogos Sergipe e Paulistano, Paulistano e Cotinguiba respectivamente, quando o placar foi de 8 a 1 para a dupla Sergipe e Cotinguiba. Sete gols também foi a diferença dos placares de 41º Batalhão e Cotinguiba em 1918, Sergipe e Paulistano em 1934 e Paulistano e Cotinguiba em 1935. O clube que mais sofreu goleadas foi o Paulistano com 3 goleadas, um total de 23 gols sofridos. Abaixo segue a lista das maiores goleadas da história do Sergipão.

Públicos[editar | editar código-fonte]

Comparando com a popularidade do futebol no Brasil e tendo em vista que a Copa do Nordeste tem grandes públicos em seus jogos desde a sua criação, o Campeonato Sergipano de Futebol possui uma baixa média de público em comparação a outros campeonatos estaduais do Nordeste, ficando atrás de campeonatos como o Baiano, Cearense, Pernambucano e Potiguar[1]. Na edição de 2020, a média de público foi de 1 422 pessoas por jogo. Apesar da média parecer baixa, foi a melhor desde 2016, que teve uma média de público de 1 322. Na média entre clubes destacam-se os clubes da capital e o Itabaiana, desde a edição de 2012 o clube que levou mais públicos foi o Sergipe obtendo em quatro edições a melhor média de público, em seguida vem Confiança em três edições com a melhores médias de públicos e o Itabaiana que teve em duas edições a melhor média de público. Entre o intervalo de 2012 a 2020, o clube que teve a melhor média de público na década de 2010, foi o Confiança na edição de 2020 com uma média de 4 681 torcedores por jogo.

Os maiores públicos do Campeonato Sergipano remontam ainda nas décadas de 80, 90 e início dos anos 2000, sem muitos dados precisos. Levando em consideração a década de 2010 os maiores púbicos ocorreram com o envolvimento dos três maiores clubes do estado (Confiança, Itabaiana e Sergipe), sendo o maior público na partida entre Confiança e Sergipe, no Batistão, em 17 de março de 2013, que teve a presença de 13 422 pagantes. Os maiores estádios do estado de Sergipe são a Arena Batistão e o João Hora na capital onde cabem 15 mil e 6 mil pessoas respectivamente, Mendonção em Itabaiana que cabe 12 mil pessoas, Vavazão em Maruim que cabe 10 235 pessoas, Barretão em Lagarto, Francão em Estância e João Alves em Propriá, todos com capacidade de 8 mil pessoas.

Devido a não possuir muitos estádios com capacidade acima de 6 mil pessoas, pode ser conferido as partidas com público superior a 6 000 pagantes, sendo que as 13 primeiras foram disputadas no Batistão. O jogo entre Estanciano e River Plate-SE em 26 de maio de 2011 teve o maior público registrado fora de Aracaju, com 7 525 pagantes no Estádio Francão, em Estância. O Itabaiana detém o recorde de maior torcida visitante na história da competição. Em 2012, 3 mil torcedores estiveram no Batistão para assistir a final contra o Confiança, tornando-se a maior torcida a favor de time visitante na história do futebol Sergipano.

O menor público da história do Campeonato Sergipano aconteceu três vezes na competição no mesmo ano, na partida entre Botafogo-SE e Estanciano, em 18 de março de 2017 no Estádio Francão, teve a presença de apenas 2 pagantes, o Boca Júnior em duas partidas colocou também 2 pagantes, contra o Freipaulistano em 12 de abril e contra o Itabaiana em 24 de abril.

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Ano Artilheiro Clube Gols
1973 Duda Itabaiana (Itabaiana) 17
1974 Nunes Confiança (Aracaju) 17
1975 Marcílio Sergipe (Aracaju) 17
1976 Mica Confiança (Aracaju) 19
1977 Peribaldo Sergipe (Aracaju) 25
1978 Florisvaldo Vasco-SE (Aracaju) 30
1979 Belo Cotinguiba (Aracaju) 10
1980 Nilson Hora Itabaiana (Itabaiana) 16
1981 Dão Sergipe (Aracaju) 18
1982 Valença Sergipe (Aracaju) 26
1983 Luís Carlos Confiança (Aracaju) 22
1984 Zé Raimundo Confiança (Aracaju) 19
1985 Zé Raimundo Vasco-SE (Aracaju) 14
1987 Celso Mendes Sergipe (Aracaju) 18
1989 Celso Mendes Sergipe (Aracaju) 10
1990 Audair Confiança (Aracaju) 15
1991 Elenílson
Lêniton
Sergipe (Aracaju) 15
1992 Rocha Sergipe (Aracaju) 20
1993 Pedro Costa Itabaiana (Itabaiana) 27
1994 Marcelo Sergipano Sergipe (Aracaju) 25
1995 Curel Sergipe (Aracaju) 21
1996 Ronaldo Falcão Sergipe (Aracaju) 16
1997 Paulo Sergio Itabaiana (Itabaiana) 27
1998 Mário Sergio Sergipe (Aracaju) 12
1999 Hugo Henrique Sergipe (Aracaju) 25
2000 Pedro Costa Sergipe (Aracaju) 24
2001 Aílton Confiança (Aracaju) 11
2002 Tosca Itabaiana (Aracaju) 14
2003 Dagil Dorense (Nossa Sra. das Dores) 14
2004 Luciano Baiano Itabaiana (Itabaiana) 16
2005 Márcio Carioca Boca Júnior (Cristinápolis) 15
2006 Alex Paulista Sergipe (Aracaju) 15
2007 Luciano Baiano Sergipe (Aracaju) 14
2008 Hugo Henrique Sergipe (Aracaju) 18
2009 Hugo Henrique Sergipe (Aracaju) 18
2010 Bibi
Cristiano Alagoano
Fio
River Plate-SE (Carmópolis)
Confiança (Aracaju)
Olímpico (Itabaianinha)
9
2011 Rafael Grampola Sergipe (Aracaju) 11
2012 Nivaldo São Domingos (São Domingos) 14
2013 Leandro Kivel River Plate-SE (Carmópolis) 10
2014 Leandro Kivel Confiança (Aracaju) 15
2015 Da Silva Estanciano (Estância) 9
2016 Dagil
Leandro Kivel
Paulinho Macaíba
Dorense (Nossa Sra. das Dores)
Confiança (Aracaju)
Itabaiana (Itabaiana)
10
2017 Tito Confiança (Aracaju) 14
2018 Frontini
Matheus Jesus
Confiança (Aracaju)
Boca Júnior (Estância)
6

Classificação Geral[editar | editar código-fonte]

Dados de 1998, 2000 até 2018.
Clubes em Negrito estão participando da edição de 2018

Pos Times Pts J V E D GP GC SG P
1  Confiança 833 442 242 107 93 746 435 +311 20
2  Sergipe 818 435 233 119 83 772 441 +331 20
3  Itabaiana 613 404 166 115 123 505 402 +103 20
4 Lagarto 436 313 117 85 111 417 395 +22 16
5 Olímpico 357 282 93 78 111 347 405 -58 14
6  Guarany-SE 254 237 60 74 103 282 375 -93 13
7 River Plate-SE 244 178 65 49 64 230 239 -9 8
8  Amadense 214 211 53 55 103 225 333 -108 12
9  Dorense 182 146 45 47 54 174 180 -6 8
10 América de Propriá 167 132 45 32 54 161 194 -33 7
11  Estanciano 167 150 45 32 73 163 246 -83 8
12 São Domingos 155 105 43 29 33 157 126 31 5
13 Riachuelo 150 128 38 36 54 167 178 -11 6
14  Socorrense 151 122 40 31 51 133 150 -17 7
15  Boca Júnior 127 134 34 25 75 147 229 -82 8
16 Maruinense 116 107 28 32 47 109 150 -41 6
17 Pirambu 91 76 24 19 33 117 119 -2 4
18  Coritiba-SE 82 92 19 25 48 78 142 -64 6
19 Predefinição:Futebol São Cristóvão-SE 74 60 19 17 24 64 79 -15 3
20 Sete de Junho 71 60 18 17 25 63 81 -18 3
21 Gararu 65 59 17 14 28 68 98 -30 3
22 Vasco-SE 35 19 11 2 6 23 25 -2 1
23 Propriá 35 48 8 11 29 45 127 -82 2
24 Canindé 33 36 8 9 19 50 75 -25 2
25 Frei Paulistano 27 28 7 6 15 24 45 -21 2
26  Boquinhense 15 10 4 3 3 12 9 3 1
27 Botafogo-SE 6 15 2 0 13 7 41 -34 1
  • OBS.:
  • O Pirambu chamava-se Olímpico Futebol Clube com sede em Aracaju, em 2005 mudou sua sede para a cidade de Pirambu e mudando o nome para Olímpico Pirambu Futebol Clube.
  • O River Plate-SE chamava-se Sociedade Esportiva São Cristóvão, mudou de nome em 2006 para River Plate.
  • O São Domingos na edição de 2012, perdeu três pontos por conta da escalação irregular de um jogador na primeira rodada da Taça Cidade de Aracaju.
  • O Coritiba-SE na edição de 2015, foi penalizado com perda de 3 pontos por colocar dois jogadores irregulares.
  • O Lagarto é o mesmo clube do antigo Lagartense que foi refundado com a atual denominação em 2009.

Melhores clubes do interior[editar | editar código-fonte]

De 1980 até os dias atuais, estão listadas as equipes exceto a dupla da Capital que, ano a ano e os clubes do interior que chegou a ser campeão, fizeram melhor campanha no Sergipão e com isso foram declaradas Melhores Clubes do Interior. A federação não considera como título, portanto considera os melhores clubes do interior exceto se for campeão.

Ano Campeão Cidade
1983 Estanciano Estância
1984 Santa Cruz Estância
1985 Itabaiana Itabaiana
1987 Itabaiana Itabaiana
1988 Maruinense Maruim
1994 Itabaiana Itabaiana
1995 Itabaiana Itabaiana
1996 Olímpico Itabaianinha
1997 Gararu Gararu
1998 Itabaiana Itabaiana
1999 Lagartense Lagarto
2000 Gararu Gararu
2001 Dorense Nossa Senhora das Dores
2002 Itabaiana Itabaiana
2003 Olímpico Itabaianinha
2004 Lagartense Lagarto
2005 Lagartense Lagarto
2006 Itabaiana Itabaiana
2007 Itabaiana Itabaiana
2008 São Cristóvão São Cristóvão
2009 Sete de Junho Tobias Barreto
2010 Olímpico Itabaianinha
2011 São Domingos São Domingos
2012 São Domingos São Domingos
2013 River Plate-SE Carmópolis
2014 Socorrense Nossa Senhora do Socorro
2015 Estanciano Estância
2016 Itabaiana Itabaiana
2017 Itabaiana Itabaiana
2018 Itabaiana Itabaiana
2019 Itabaiana Itabaiana
2020 Itabaiana Itabaiana
2021 Lagarto Lagarto
2021 Falcon Barra dos Coqueiros

Títulos por equipe[editar | editar código-fonte]

Clube Cidade Títulos
Itabaiana Itabaiana 13 (1985, 1987, 1994, 1995, 1998, 2002, 2006, 2007, 2016, 2017, 2018, 2019, 2020)
Olímpico Itabaianinha 3 (1996, 2003, 2010)
Lagartense Lagarto 3 (1999, 2004, 2005)
Estanciano Estância 2 (1983, 2015)
Gararu Gararu 2 (1997, 2000)
São Domingos São Domingos 2 (2011, 2012)
Santa Cruz Estância 1 (1984)
Maruinense Maruim 1 (1988)
Dorense Nossa Sra das Dores 1 (2001)
São Cristóvão São Cristóvão 1 (2008)
Sete de Junho Tobias Barreto 1 (2009)
River Plate-SE Carmópolis 1 (2013)
Socorrense Nossa Sra do Socorro 1 (2014)
Lagarto Lagarto 1 (2021)
Falcon Barra dos Coqueiros 1 (2021)

Campeonato Sergipano Feminino[editar | editar código-fonte]

O Campeonato Sergipano de Futebol Feminino foi realizado pela primeira vez em 2016, com a organização da FSF.

Edições[editar | editar código-fonte]

Essa é a lista dos campeões de cada uma das edições:[4]

Ed. Ano Final Semifinalistas Participantes
Campeão Placar Vice
Não Oficial
# 2004
Detalhes

Santos Dumont
Desconhecido Desconhecido Desconhecido ?
# 2005
Detalhes

Santos Dumont
Desconhecido Desconhecido Desconhecido ?
Oficial
2016
Detalhes

Boca Júnior
3 – 2
0 – 1
4 – 2 (pen)

Canindé

Santos Dumont

Flamengo
8
2017
Detalhes

Canindé
7 – 2
Boca Júnior

Santos Dumont

Força Jovem
8
2018
Detalhes

Canindé
[14]
Real Sergipe

Boca Júnior

Desportiva Barra
12
2019
Detalhes

Santos Dumont
0 – 0
5 – 4 (pen)

Estanciano

Canindé

Boca Júnior
8

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Títulos por clube
Clube Títulos Vices Terceiro Quarto
Aracaju Santos Dumont 3 (2004, 2005, 2019) 0 2 (2016, 2017) 0
Canindé de São Francisco Canindé 2 (2017, 2018) 1 (2016) 1 (2019) 0
Boca Júnior 1 (2016) 1 (2017) 1 (2018) 1 (2019)
Aracaju Real Sergipe 0 1 (2018) 0 0
Estanciano 0 1 (2019) 0 0
Aracaju Flamengo de Aracaju 0 0 0 1 (2016)
Força Jovem 0 0 0 1 (2017)
Desportiva Barra 0 0 0 1 (2018)
Títulos por cidade
Cidade Títulos
Aracaju
3
Canindé de S.F.
2
Estância
1
Campeões consecutivos
Bicampeonatos

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «CHEVROLET PATROCINA 22 CAMPEONATOS ESTADUAIS DE FUTEBOL DO BRASIL». GM. 23 de janeiro de 2014. Consultado em 5 de fevereiro de 2020 
  2. «FSF fecha com patrocinador master para o Campeonato Sergipano». GM. 17 de janeiro de 2020. Consultado em 5 de fevereiro de 2020 
  3. «FSF confirma América de Propriá mandando jogos do Campeonato Sergipano em cidade de Alagoas». Globo Esporte. 10 de janeiro de 2023. Consultado em 14 de janeiro de 2023 
  4. a b «Galeria de campeões». Federação Sergipana de Futebol (FSF). Consultado em 1 de julho de 2009 
  5. «Sport. O Sergipe e o Vasco encerrarão, amanhã o campeonato da cidade». Sergipe Jornal. Aracaju-SE. 31 de março de 1934 
  6. «Sport. O C. S. Sergipe levantou, hontem, o título de campeão sergipano de foot ball de 1933. O Vasco conquistou o lugar de vice-campeão». Sergipe Jornal. Aracaju-SE. 2 de abril de 1934 
  7. «Sergipão da Série A1». https://arquivosfutebolbrasil.com.br. Consultado em 25 de junho de 2021 
  8. «Placard Esportivo. Em Aracaju». A Defesa. Propriá-SE. 7 de maio de 1953 
  9. «Santa Cruz : Tri - Campeão». Folha Popular. Aracaju-SE. 28 de fevereiro de 1959 
  10. Da redação (11 de junho de 2013). «Após 13 anos, diretoria do Confiança pede ajuda na net por título de 2000». Globo Esporte. Aracaju-SE. Consultado em 11 de janeiro de 2024 
  11. O campeonato de 1982 foi dividido com a Associação Olímpica de Itabaiana
  12. O campeonato de 1982 foi dividido com o Sergipe
  13. http://globoesporte.globo.com/se/futebol/times/confianca/noticia/2013/06/apos-13-anos-diretoria-do-confianca-pede-ajuda-na-net-por-titulo-de-2000.html
  14. «Sergipão de Futebol Feminino». fsf.com.br. Consultado em 16 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]