Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1959 (Argentina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
XXVI Campeonato Sul-Americano
Argentina 1959
Dados
Participantes 7
Organização CONMEBOL
Anfitrião Argentina
Período 7 de março4 de abril
Gol(o)s 86
Partidas 21
Média 4,1 gol(o)s por partida
Campeão Argentina (12º título)
Vice-campeão Brasil
Melhor marcador Brasil Pelé – 8 gols
Melhor ataque (fase inicial) Argentina – 19 gols
Melhor defesa (fase inicial) Argentina – 5 gols
Maior goleada
(diferença)
Uruguai 7 – 0 Bolívia
Monumental de NúñezBuenos Aires
8 de março
◄◄ Peru 1957 Soccerball.svg 1959 Equador ►►

O Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1959, foi a 26ª edição da competição entre seleções da América do Sul. Foi realizada em Buenos Aires na Argentina entre os dias 7 de março e 4 de abril de 1959.

Participaram da disputa sete seleções: Argentina, Brasil, Chile, Bolívia, Paraguai, Peru e Uruguai. As seleções jogaram entre si em turno único.

A Argentina foi campeã. Com a debandada dos jogadores locais para o futebol europeu e o fiasco da participação na Copa do Mundo FIFA de 1958, a Argentina apresentou uma geração renovada com jovens jogadores locais. No entanto, o futebol pragmático não agradou. Conforme análise da revista El Gráfico: "Se gano: falta jugar mejor". [1]

O Brasil era favorito ao título e apresentou a equipe que conquistou a Copa do Mundo FIFA de 1958. No entanto, o empate na estreia contra o Peru pesou na campanha. Embora tenha terminado invicto, por ser pontos corridos, o Brasil ficou com o vice campeonato. Pelé foi o artilheiro e melhor jogador da competição. Essa foi a única Copa América que Pelé disputou.[2]

Organização[editar | editar código-fonte]

Antes do torneio começar, os campeões do mundo de 1958 eram os destaques

Sede[editar | editar código-fonte]

Buenos Aires
Estádio Monumental de Núñez
Capacidade: 80 000
RiverPlateStadium.jpg

Árbitros[editar | editar código-fonte]

  • Argentina Luis Ventre.
  • Brasil Alberto Da Gama Malcher.
  • Chile Carlos Robles.
  • Paraguai Isidro Ramírez.
  • Peru Alberto Tejada.
  • Uruguai Washington Rodríguez.

Seleções Participantes[editar | editar código-fonte]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Posição[editar | editar código-fonte]

Pos Seleção Pts J V E D GP GC SG
Flag of Argentina.svg Argentina 11 6 5 1 0 19 5 14
Brasil Brasil 10 6 4 2 0 17 7 10
Flag of Paraguay.svg Paraguai 6 6 3 0 3 12 12 0
Flag of Peru.svg Peru 5 6 1 3 2 10 11 -1
Flag of Chile.svg Chile 5 6 2 1 3 9 14 -5
Flag of Uruguay.svg Uruguai 4 6 2 0 4 15 14 1
Flag of Bolivia.svg Bolívia 1 6 0 1 5 4 23 -19
Na imprensa argentina o tema da competição era a renovação

Partidas[editar | editar código-fonte]

Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1959
Flag of Argentina.svg
Argentina
Campeão
(12º título)

Goleadores[editar | editar código-fonte]

Jogador Seleção Gols
Pelé BrasilBRA 8
José Raúl Aveiro ParaguaiPAR 6
Miguel Loayza ArgentinaARG 5
Paulo Valentim BrasilBRA 5
Rubén Héctor Sosa BrasilBRA 4
José Sasía UruguaiURU 4

Melhor jogador do torneio[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. «1959. Argentina tricampeón sudamericano». El Grafico. 9 de fevereiro de 2002. Consultado em 26 de julho de 2019 
  2. «1959: Argentina supera o Brasil de Pelé». Goal. 9 de fevereiro de 2002. Consultado em 26 de julho de 2019 
  3. «Southamerican Championship 1959 (1st Tournament)». www.rsssf.com. Consultado em 13 de março de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.