Campeonato de Fórmula 2 da FIA de 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campeonato de Fórmula 2 da FIA de 2017
Anterior: não houve Posterior: 2018

O Campeonato de Fórmula 2 da FIA de 2017 foi a primeira temporada do Campeonato de Fórmula 2 da FIA, um campeonato de automobilismo realizado em apoio ao Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2017, que foi recriada a partir da GP2 Series.[1]

2017 foi a última temporada em que o pacote de chassis Dallara GP2/11 — que estreou na GP2 Series de 2011 — foi usado na competição. Também foi a última temporada que o motor Mecachrome V8 de 4.0 litros normalmente aspirado, que estreou na GP2 de 2005, foi usado, já que um novo pacote de chassi e motor foi lançado para a temporada de 2018.[2][3]

A temporada foi dominada pelo piloto monegasco Charles Leclerc, da equipe Prema Racing, que garantiu o campeonato de pilotos com três corridas de antecedência.[4] O segundo lugar ficou com Artem Markelov, e o terceiro com Oliver Rowland. O campeonato de equipes foi decidido na corrida final, com a Russian Time vencendo com quinze pontos em relação à Prema Racing e a DAMS ficou em terceiro, com mais onze pontos atrás.

Equipes e pilotos[editar | editar código-fonte]

Todos os pilotos do Campeonato de Fórmula 2 da FIA competiram com um chassi Dallara GP2/11, usando um motor Mecachrome GP2 V8 e pneus Pirelli.

Equipe N.° Pilotos Rodadas
Itália Prema Racing[5] 1 Mónaco Charles Leclerc[5] Todas
2 Itália Antonio Fuoco[5] Todas
Espanha Racing Engineering[6] 3 Suíça Louis Delétraz[7] 1–7
Países Baixos Nyck de Vries[8] 8–10
4 Suécia Gustav Malja[9] Todas
Rússia Russian Time[10] 5 Itália Luca Ghiotto[11] Todas
6 Rússia Artem Markelov[11] Todas
França ART Grand Prix[10] 7 Japão Nobuharu Matsushita[12] Todas
8 Tailândia Alexander Albon[13] 1–3, 5–11
Rússia Sergey Sirotkin[14] 4
França DAMS[10] 9 Reino Unido Oliver Rowland[15] Todas
10 Canadá Nicholas Latifi[15] Todas
Espanha Campos Racing[10] 11 Suíça Ralph Boschung[16] 1–10
Reino Unido Lando Norris[17] 11
12 Mónaco Stefano Coletti[18] 1
Espanha Roberto Merhi[19] 2
Roménia Robert Vișoiu[20] 3–9
Espanha Álex Palou[21][nota 1] 10–11
Países Baixos MP Motorsport[6] 14 Brasil Sérgio Sette Câmara[6][22] Todas
15 Reino Unido Jordan King[23] Todas
Itália Trident[10] 16 Malásia Nabil Jeffri[24] Todas
17 Espanha Sergio Canamasas 1–4
Itália Raffaele Marciello[25] 5
Reino Unido Callum Ilott[26] 6
Estados Unidos Santino Ferrucci[27] 7–11
Itália Rapax[10] 18 Países Baixos Nyck de Vries[28] 1–7
Suíça Louis Delétraz[8] 8–11
19 Venezuela Johnny Cecotto, Jr.[28] 1–4
Espanha Sergio Canamasas[25] 5–7
Espanha Roberto Merhi[8] 8–9, 11
Áustria René Binder[29] 10
Reino Unido Pertamina Arden[10] 20 França Norman Nato[30] Todas
21 Indonésia Sean Gelael[30] Todas

Mudanças nas equipes[editar | editar código-fonte]

  • A equipe alemã Hilmer Motorsport deveria retornar à categoria enquanto ainda era conhecida como GP2, mas seu retorno acabou não acontecendo.[32]

Mudanças de pilotos[editar | editar código-fonte]

Estreias[editar | editar código-fonte]

Saídas[editar | editar código-fonte]

Mudanças no meio da temporada[editar | editar código-fonte]

Calendário[editar | editar código-fonte]

As seguintes dez rodadas foram realizadas como parte do Campeonato de Fórmula 2 da FIA. Cada rodada consistia em duas corridas (uma corrida longa e uma corrida curta):[41]

Etapa Circuito Corrida longa Corrida curta
1 Bahrein Circuito Internacional do Bahrein, Sakhir 15 de abril 16 de abril
2 Espanha Circuito de Barcelona-Catalunha, Barcelona 13 de maio 14 de maio
3 Mónaco Circuito de Mônaco, Monte Carlo 26 de maio 27 de maio
3 Azerbaijão Circuito Urbano de Baku, Baku 24 de junho 25 de junho
4 Áustria Red Bull Ring, Spielberg 8 de julho 9 de julho
5 Reino Unido Circuito de Silverstone, Silverstone 15 de julho 16 de julho
6 Hungria Hungaroring, Budapeste 29 de julho 29 de julho
7 Bélgica Circuito de Spa-Francorchamps, Spa 26 de agosto 27 de agosto
8 Itália Autódromo Nacional de Monza, Monza 2 de setembro 3 de setembro
9 Espanha Circuito de Jerez, Jerez de la Frontera 7 de outubro 8 de outubro
10 Emirados Árabes Unidos Circuito de Yas Marina, Abu Dhabi 25 de novembro 26 de novembro

Resultados e classificações[editar | editar código-fonte]

Resumo da temporada[editar | editar código-fonte]

Etapa Circuito Pole position Volta mais rápida Piloto vencedor Equipe vencedora
1 L Bahrein Circuito Internacional do Bahrein Mónaco Charles Leclerc Rússia Artem Markelov[nota 2] Rússia Artem Markelov Rússia Russian Time
C Mónaco Charles Leclerc[nota 3] Mónaco Charles Leclerc Itália Prema Racing
2 L Espanha Circuito de Barcelona-Catalunha Mónaco Charles Leclerc Rússia Artem Markelov Mónaco Charles Leclerc Itália Prema Racing
C Canadá Nicholas Latifi[nota 4] Japão Nobuharu Matsushita França ART Grand Prix
3 L Mónaco Circuito de Mônaco Mónaco Charles Leclerc Reino Unido Oliver Rowland[nota 5] Reino Unido Oliver Rowland França DAMS
C Rússia Artem Markelov Países Baixos Nyck de Vries Itália Rapax
4 L Azerbaijão Circuito Urbano de Baku Mónaco Charles Leclerc Mónaco Charles Leclerc Mónaco Charles Leclerc Itália Prema Racing
C Mónaco Charles Leclerc França Norman Nato Reino Unido Pertamina Arden
5 L Áustria Red Bull Ring Mónaco Charles Leclerc Japão Nobuharu Matsushita Mónaco Charles Leclerc Itália Prema Racing
C Rússia Artem Markelov Rússia Artem Markelov Rússia Russian Time
6 L Reino Unido Circuito de Silverstone Mónaco Charles Leclerc Japão Nobuharu Matsushita Mónaco Charles Leclerc Itália Prema Racing
C Mónaco Charles Leclerc Canadá Nicholas Latifi França DAMS
7 L Hungria Hungaroring Reino Unido Oliver Rowland[nota 6] Canadá Nicholas Latifi Reino Unido Oliver Rowland França DAMS
C Rússia Artem Markelov[nota 7] Japão Nobuharu Matsushita França ART Grand Prix
8 L Bélgica Circuito de Spa-Francorchamps Mónaco Charles Leclerc Rússia Artem Markelov Rússia Artem Markelov[nota 8] Rússia Russian Time
C Países Baixos Nyck de Vries[nota 9] Brasil Sérgio Sette Câmara Países Baixos MP Motorsport
9 L Itália Autódromo Nacional de Monza Japão Nobuharu Matsushita Canadá Nicholas Latifi[nota 10] Itália Antonio Fuoco[nota 10] Itália Prema Racing
C Itália Antonio Fuoco[nota 9] Itália Luca Ghiotto Rússia Russian Time
10 L Espanha Circuito de Jerez Mónaco Charles Leclerc Reino Unido Oliver Rowland Mónaco Charles Leclerc Itália Prema Racing
C Países Baixos Nyck de Vries[nota 11] Rússia Artem Markelov Rússia Russian Time
11 L Emirados Árabes Unidos Circuito de Yas Marina Rússia Artem Markelov Tailândia Alexander Albon Rússia Artem Markelov[nota 12] Rússia Russian Time
C Canadá Nicholas Latifi[nota 13] Mónaco Charles Leclerc Itália Prema Racing

Sistema de pontuação[editar | editar código-fonte]

Os pontos eram atribuídos aos dez melhores classificados na corrida longa, e aos oito melhores classificados na corrida curta. O pole-sitter na corrida longa também recebia quatro pontos, e dois pontos eram concedidos ao piloto que fazia a volta mais rápida dentro dos dez melhores nas corridas longa e curta. Nenhum ponto extra era concedido ao pole-sitter na corrida curta, pois o grid para a corrida curta era baseado nos resultados da corrida longa com os oito melhores pilotos, tendo suas posições invertidas.

Pontos da corrida longa
Posição                             10º   Pole   VMR 
Pontos 25 18 15 12 10 8 6 4 2 1 4 2
Pontos da corrida curta

Os pontos eram atribuídos aos oito melhores classificados.

Posição                          VMR 
Pontos 15 12 10 8 6 4 2 1 2

Campeonato de Pilotos[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto BHR
Bahrein
CAT
Espanha
MON
Mónaco
BAK
Azerbaijão
RBR
Áustria
SIL
Reino Unido
HUN
Hungria
SPA
Bélgica
MNZ
Itália
JER
Espanha
YMC
Emirados Árabes Unidos
Pontos
1 Mónaco Charles Leclerc 3 1 1 4 Ret Ret 1 2 1 Ret 1 5 4 4 DSQ 5 17 9 1 7 2 1 282
2 Rússia Artem Markelov 1 8 8 9 2 5 4 5 8 1 4 3 17† 9 1 Ret 9 15 5 1 1 6 210
3 Reino Unido Oliver Rowland 5 3 3 2 1 9 7 Ret 4 3 3 17 1 2 DSQ 8 Ret 11 2 3 DSQ 7 191
4 Itália Luca Ghiotto 7 2 2 7 5 4 16 7 14 4 6 2 6 8 2 3 4 1 7 4 3 5 185
5 Canadá Nicholas Latifi 11 4 6 3 Ret 13 3 3 2 8 8 1 2 6 DNS 9 3 16 4 2 5 3 178
6 Japão Nobuharu Matsushita 8 14 4 1 3 7 12 6 6 14 10 8 5 1 16 Ret 2 7 18 11 6 4 131
7 Países Baixos Nyck de Vries 10 6 10 Ret 7 1 2 Ret 13 16† DNS 7 3 3 5 2 18 12 13 6 4 9 114
8 Itália Antonio Fuoco 9 10 13 Ret 11 10 Ret 12 3 5 16 12 Ret 17 3 7 1 3 3 5 DSQ 11 98
9 França Norman Nato 2 Ret 16 13 Ret Ret 5 1 Ret 7 2 6 7 5 8 4 13 10 11 10 13 18 91
10 Tailândia Alexander Albon 6 7 5 8 4 6 5 2 18 10 8 7 12 18 14 8 12 9 7 2 86
11 Reino Unido Jordan King 4 5 9 5 9 8 6 DSQ 9 6 7 Ret 15 11 Ret 14 10 20 6 Ret 8 Ret 62
12 Brasil Sérgio Sette Câmara 13 18 14 15 Ret 14 13 9 16 10 13 15 16 13 6 1 6 2 10 14 9 8 47
13 Suécia Gustav Malja 18 13 7 6 6 3 11 13 12 15 14 9 13 NC 4 11 8 18 14 18 11 17 44
14 Espanha Sergio Canamasas 14 11 Ret 11 10 17 9 15 15 9 5 4 Ret Ret 21
15 Indonésia Sean Gelael 17 17 15 16 13 12 14 10 10 11 9 16 14 10 15 17 5 6 16 16 15 14 17
16 Venezuela Johnny Cecotto, Jr. 15 9 17 10 8 2 Ret 14 16
17 Suíça Louis Delétraz 20 12 11 14 15 16 Ret 16 17 13 12 13 10 12 14 12 7 4 17 12 10 Ret 16
18 Espanha Roberto Merhi 19† 12 7 6 11 5 16 10 16
19 Suíça Ralph Boschung 12 Ret 12 17 12 Ret 8 8 7 Ret 11 Ret 11 16 13 13 15 13 Ret 19† 11
20 Rússia Sergey Sirotkin 10 4 9
21 Japão Álex Palou 8 8 12 12 5
22 Estados Unidos Santino Ferrucci 9 14 9 10 Ret 14 Ret 13 14 15 4
23 Malásia Nabil Jeffri 19 16 18 18 14 11 Ret 17 18 12 15 18 12 15 11 15 12 17 9 15 Ret 16 2
24 Roménia Robert Vișoiu Ret 15 15 11 11 17† 17 11 Ret Ret 10 16 16 19 1
25 Reino Unido Lando Norris Ret 13 0
26 Reino Unido Callum Ilott 19 14 0
27 Mónaco Stefano Coletti 16 15 0
28 Áustria René Binder 15 17 0
29 Itália Raffaele Marciello 19 Ret 0
Pos. Piloto BHR
Bahrein
CAT
Espanha
MON
Mónaco
BAK
Azerbaijão
RBR
Áustria
SIL
Reino Unido
HUN
Hungria
SPA
Bélgica
MNZ
Itália
JER
Espanha
YMC
Emirados Árabes Unidos
Pontos
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2.º lugar
Bronze 3.º lugar
Verde Terminou, nos pontos
Azul Terminou, sem pontos
Púrpura Retirou-se
(Ret)
Vermelho Não qualificado
(NQ)
Preto Desqualificado
(DSQ)
Branco Não largou
(NL)
Azul claro Apenas Treino (AT)
Sem cor Não participou
(NP)
Lesionado
(Les)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida

Notas:

  • dagger – Pilotos que não terminaram a corrida mas foram classificados pois completaram 90% da corrida.

Campeonato de Equipes[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe N.° BHR
Bahrein
CAT
Espanha
MON
Mónaco
BAK
Azerbaijão
RBR
Áustria
SIL
Reino Unido
HUN
Hungria
SPA
Bélgica
MNZ
Itália
JER
Espanha
YMC
Emirados Árabes Unidos
Pontos
1 Rússia Russian Time 5 7 2 2 7 5 4 16 7 14 4 6 2 6 8 2 3 4 1 7 4 3 5 395
6 1 8 8 9 2 5 4 5 8 1 4 3 17 9 1 Ret 9 15 5 1 1 6
2 Itália Prema Racing 1 3 1 1 4 Ret Ret 1 2 1 Ret 1 5 4 4 DSQ 5 17 9 1 7 2 1 380
2 9 10 13 Ret 11 10 Ret 12 3 5 16 12 Ret 17 3 7 1 3 3 5 DSQ 11
3 França DAMS 9 5 3 3 2 1 9 7 Ret 4 3 3 17 1 2 DSQ 8 Ret 11 2 3 DSQ 7 369
10 11 4 6 3 Ret 13 3 3 2 8 8 1 2 6 Ret 9 3 16 4 2 5 3
4 França ART Grand Prix 7 8 14 4 1 3 7 12 6 6 14 10 8 5 1 16 Ret 2 7 18 11 6 4 222
8 6 7 5 8 4 6 10 4 5 2 18 10 8 7 12 18 13 8 12 9 7 2
5 Itália Rapax 18 10 6 10 Ret 7 1 2 Ret 13 16† DNS 7 3 3 14 12 7 4 17 12 10 Ret 137
19 15 9 17 10 8 2 Ret 14 15 9 5 4 Ret Ret 7 6 11 5 15 17 16 10
6 Reino Unido Pertamina Arden 20 2 Ret 16 13 Ret Ret 5 1 Ret 7 2 6 7 5 8 4 13 10 11 10 13 18 108
21 17 17 15 16 13 12 14 10 10 11 9 16 14 10 15 17 5 6 16 17 15 14
7 Países Baixos MP Motorsport 14 13 18 14 15 Ret 14 13 9 16 10 13 15 16 13 6 1 6 2 10 14 9 8 107
15 4 5 9 5 9 8 6 DSQ 9 6 7 Ret 15 11 Ret 14 10 20 6 Ret 8 Ret
8 Espanha Racing Engineering 3 20 12 11 14 15 16 Ret 16 17 13 12 13 10 12 5 2 18 12 13 6 4 9 87
4 18 13 7 6 6 3 11 13 12 15 14 9 13 NC 4 11 8 18 14 18 11 17
9 Espanha Campos Racing 11 12 Ret 12 17 12 Ret 8 8 7 Ret 11 Ret 11 16 13 13 15 13 Ret 19† Ret 13 17
12 16 15 19† 12 Ret 15 15 11 11 17† 17 11 Ret Ret 10 16 16 19 8 8 12 12
10 Itália Trident 16 19 16 18 18 14 11 Ret 17 18 12 15 18 12 15 11 15 12 17 9 15 Ret 16 9
17 14 11 Ret 11 10 17 9 15 19 Ret 19 14 9 14 9 10 Ret 14 Ret 13 14 15
Pos. Equipe N.° BHR
Bahrein
CAT
Espanha
MON
Mónaco
BAK
Azerbaijão
RBR
Áustria
SIL
Reino Unido
HUN
Hungria
SPA
Bélgica
MNZ
Itália
JER
Espanha
YMC
Emirados Árabes Unidos
Pontos
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2.º lugar
Bronze 3.º lugar
Verde Terminou, nos pontos
Azul Terminou, sem pontos
Púrpura Retirou-se
(Ret)
Vermelho Não qualificado
(NQ)
Preto Desqualificado
(DSQ)
Branco Não largou
(NL)
Azul claro Apenas Treino (AT)
Sem cor Não participou
(NP)
Lesionado
(Les)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida

Notas:

  • dagger – Pilotos que não terminaram a corrida mas foram classificados pois completaram 90% da corrida.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Álex Palou é um piloto espanhol que competiu sob uma licença de corrida japonesa.
  2. Stefano Coletti estabeleceu a volta mais rápida, mas terminou fora do top 10, por isso não era elegível para marcar pontos na volta mais rápida.
  3. Sérgio Sette Câmara estabeleceu a volta mais rápida, mas terminou fora do top 10, por isso não era elegível para marcar pontos na volta mais rápida.
  4. Ralph Boschung estabeleceu a volta mais rápida, mas terminou fora do top 10, por isso não era elegível para marcar pontos na volta mais rápida.
  5. Charles Leclerc estabeleceu a volta mais rápida, mas terminou fora do top 10, por isso não era elegível para marcar pontos na volta mais rápida.
  6. Charles Leclerc inicialmente se qualificado na pole, mas posteriormente foi desqualificado devido a uma violação técnica.
  7. Antonio Fuoco estabeleceu a volta mais rápida, mas terminou fora do top 10, por isso não era elegível para marcar pontos na volta mais rápida.
  8. Charles Leclerc ganhou a corrida, mas posteriormente foi desclassificado devido a uma infração técnica.
  9. a b Jordan King estabeleceu a volta mais rápida, mas terminou fora do top 10, por isso não era elegível para marcar pontos na volta mais rápida.
  10. a b Luca Ghiotto venceu a corrida e marcou a volta mais rápida, mas posteriormente foi punido com tempo e despojado da volta mais rápida após ter ultrapassado os limites da pista e ganho uma vantagem.
  11. René Binder estabeleceu a volta mais rápida, mas terminou fora do top 10, por isso não era elegível para marcar pontos na volta mais rápida.
  12. Oliver Rowland ganhou a corrida, mas posteriormente foi desclassificado devido a uma infração técnica.
  13. Jordan King estabeleceu a volta mais rápida, mas terminou fora do top 10, por isso não era elegível para marcar pontos na volta mais rápida.

Referências

  1. «Após reunião da FIA, GP2 muda de nome e passa a ser Fórmula 2». ESPN. 20 de abril de 2017. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  2. Simmons, Marcus (4 de julho de 2016). «Introduction of new GP2 car pushed back to 2018». Autosport. Motorsport Network. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  3. Kalinauckas, Alex. «F2 boss reveals details of 2018 car». Motorsport.com. Motorsport.com. Consultado em 23 de maio de 2017 
  4. «Leclerc seals F2 title with Jerez win». Autosport.com. Motorsport Network. 7 de outubro de 2017. Consultado em 8 de outubro de 2017 
  5. a b c d «Prema Racing confirm 2017 line up». GP2 Series. 28 de novembro de 2016. Consultado em 28 de novembro de 2016 
  6. a b c d Simmons, Marcus (27 de novembro de 2016). «Sergio Sette Camara secures MP Motorsport seat for 2017 GP2 season». Autosport. Motorsport Network. Consultado em 27 de novembro de 2016 
  7. a b «Louis Delétraz completes Racing Engineering's 2017 driver line-up». 16 de dezembro de 2016. Consultado em 16 de dezembro de 2016 
  8. a b c d Gruz, David (23 de agosto de 2017). «De Vries, Deletraz switch places for rest of F2 season». Motorsport.com. Consultado em 23 de agosto de 2017 
  9. a b Khorounzhiy, Valentin (9 de dezembro de 2016). «Malja moves to Racing Engineering for GP2 2017». motorsport.com. Consultado em 9 de dezembro de 2016 
  10. a b c d e f g «Teams and drivers». GP2 Series. GP2 Motorsport. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  11. a b c «Ghiotto makes Russian Time switch for GP2 2017». Crash.net. 15 de fevereiro de 2017. Consultado em 15 de fevereiro de 2017 
  12. Klein, Jamie (23 de janeiro de 2017). «Honda junior Makino moves to European F3 with Hitech Grand Prix». Autosport. Motorsport Network. Consultado em 23 de janeiro de 2017 
  13. «GP3 runner-up Albon confirmed for GP2 2017 promotion». 22 de fevereiro de 2017. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  14. «Renault's Sirotkin replaces Albon for F2 Baku round». 22 de junho de 2017. Consultado em 24 de junho de 2017 
  15. a b «DAMS reveal 2017 line up». 13 de fevereiro de 2017. Consultado em 13 de fevereiro de 2017 
  16. «Ralph Boschung joins Campos Racing for 2017 FIA Formula 2 season». FIA Formula 2 Championship. GP2 Motorsport Limited. 11 de março de 2017. Consultado em 11 de março de 2017 
  17. a b Allen, Peter (12 de novembro de 2017). «Lando Norris to make Formula 2 debut in Abu Dhabi with Campos». formulascout.com. Consultado em 14 de novembro de 2017 
  18. «2017 Formula 2 Entry List». fia.com. Consultado em 10 de abril de 2017 
  19. http://www.autosport.com/news/report.php/id/129425/merhi-to-replace-coletti-at-campos-in-f2
  20. Kalinauckas, Alex (22 de maio de 2017). «Visoiu gets Campos F2 seat for rest of the season». motorsport.com. Consultado em 22 de maio de 2017 
  21. a b «Palou joins Campos for F2 debut». 3 de outubro de 2017. Consultado em 3 de outubro de 2017 
  22. «Depois de dois anos na F3 Europeia, Sette Câmara sobe para GP2 com MP Motorsport: "É um grande passo"». Grande Prêmio. 27 de novembro de 2016 
  23. «KING JOINS MP MOTORSPORT». 14 de fevereiro de 2014. Consultado em 15 de fevereiro de 2017 
  24. «JEFFRI JOINS TRIDENT FOR 2017 SEASON». 8 de março de 2017. Consultado em 8 de março de 2017 
  25. a b Khorounzhiy, Valentin (6 de julho de 2017). «Marciello returns to single-seaters for Red Bull Ring F2 round». Motorsport.com. Consultado em 6 de julho de 2017 
  26. Simmons, Marcus (12 de julho de 2017). «European F3 racer Ilott to make Formula 2 debut at Silverstone». Autosport. Motorsport Network. Consultado em 16 de julho de 2017 
  27. Bukharov, Dmitry (25 de julho de 2017). «Формула 2: Феруччи выступит за Trident в Венгрии» [Formula 2: Ferrucci to compete for Trident in Hungary]. f1news.ru (em russo). Consultado em 26 de julho de 2017 
  28. a b c «Rapax to race with Cecotto and De Vries». 11 de março de 2017. Consultado em 11 de março de 2017 
  29. a b «Binder joins Rapax for Jerez F2 round». 2 de outubro de 2017. Consultado em 2 de outubro de 2017 
  30. a b c d «Pertamina Arden confirm 2017 line up». 3 de fevereiro de 2017. Consultado em 3 de fevereiro de 2017 
  31. Simmons, Marcus (6 de janeiro de 2017). «Carlin leaves GP2 Series ahead of 2017 season». Autosport. Consultado em 6 de janeiro de 2017 
  32. Beer, Matt (23 de novembro de 2016). «Hilmer planning to make GP2 return». Autosport. Consultado em 6 de novembro de 2017 
  33. «Daniel de Jong to stay in GP2 with MP "for one more year"». 11 de fevereiro de 2016. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  34. «Formula One or Formula E for Lynn in 2017?». 26 de julho de 2016. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  35. «Evans confirms he won't return to GP2 in 2017». 1 de dezembro de 2016. Consultado em 2 de dezembro de 2016 
  36. «Ex-F1 driver Roberti Merhi to replace Stefano Coletti at Campos in F2». 10 de maio de 2017. Consultado em 14 de maio de 2017 
  37. «ROBERT VISOIU CONFIRMED AT CAMPOS RACING». 22 de maio de 2017. Consultado em 26 de maio de 2017 
  38. «Sirotkin irá substituir Albon na Fórmula 2 em Baku». 20 de junho de 2017. Consultado em 24 de julho de 2017 
  39. «F3 title contender Ilott to make F2 debut». 12 de julho de 2017. Consultado em 24 de julho de 2017 
  40. «Santino Ferrucci promosso in Formula 2 già dal prossimo weekend in Ungheria». 26 de julho de 2017. Consultado em 30 de julho de 2017 
  41. «FIA confirma calendário de 2017». F1 Mania. 31 de Janeiro de 2017. Consultado em 17 de abril de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]