Campo Grande (Alagoas)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Campo Grande do Mato
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 31 de Maio
Fundação 31 de Maio de 1960
Gentílico campo-grandense
Padroeiro(a) Santa Luzia
Prefeito(a) Miguel Joaquim dos Santos Neto (Miguel Higino) (PP)
(2013–2016)
Localização
Localização de Campo Grande do Mato
Localização de Campo Grande do Mato em Alagoas
Campo Grande do Mato está localizado em: Brasil
Campo Grande do Mato
Localização de Campo Grande do Mato no Brasil
09° 57' 28" S 36° 47' 31" O09° 57' 28" S 36° 47' 31" O
Unidade federativa  Alagoas
Mesorregião Agreste Alagoano IBGE/2008[1]
Microrregião Arapiraca IBGE/2008[1]
Região metropolitana
do Agreste
Municípios limítrofes Feira Grande, Girau do Ponciano, Lagoa da Canoa, Olho d'Água Grande, Porto Real do Colégio e Traipu
Distância até a capital 168 km
Características geográficas
Área 166,321 km² [2]
População 10,855 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 0,07 hab./km²
Altitude 145 m
Clima 25 a 32 °C
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,547 baixo PNUD/2000[4]
PIB R$ 29 447,225 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 991,08 IBGE/2008[5]
Página oficial

Campo Grande é um município que fica localizado no sudoeste de Alagoas. Sua população é de 10.855 habitantes e sua área é de 166 km² (53,34 h/km²).

Limita ao norte com o município de Lagoa da Canoa, ao sul com o município de Olho d'Água Grande, a leste com os municípios de Feira Grande e Porto Real do Colégio e a oeste com os municípios de Girau do Ponciano e Traipu.

História[editar | editar código-fonte]

Gentílico: campo-grandense

Histórico[editar | editar código-fonte]

Campo Grande Alagoas - AL 

Histórico As origens do atual município de Campo Grande remontam de 1800, com a chegada dos primeiros colonizadores. Pequenos sítios e casas foram se aglomerando na região. As planícies garantiam boas pastagens, ideais para a criação de gado e ovelhas. Os campos tinham grandes proporções e, daí, o lugar ficou conhecido como Campo Grande. O desenvolvimento do núcleo só recebeu impulso quando passou pelo local a estrada de ferro. Com a chegada dos trabalhadores e a implantação do acampamento, em 1939, cresceu o movimento. As famílias Leandro, Mandus e Pinheiro lideraram o comércio, como pioneiros. Comércio se fortaleceu com a venda das reses abatidas aos sábados. Essa pequena feira atraiu comerciantes de várias localidades e foi um grande progresso. Quando a estação foi concluída, recebeu o nome de Gordilho de Castro, engenheiro responsável pelas obras. Em 1944, a primeira igreja edificada foi destruída pela explosão no depósito de dinamites usadas pelos operários na construção da ferrovia. A própria comunidade construiu a nova igreja. Para a emancipação política, destacaram-se João Paulo Moura, Enoque Barbosa Ramos, José Raimundo dos Santos, Leocádio Soares da Silva, José Bráulio dos Santos, Manoel Egídio de Lima e João Ferreira Cavalcante. Em maio de 1960, houve a autonomia administrativa, com o desmembramento do município de São Braz. Campo Grande atrai centenas de visitantes com sua tradicional Feira de Gado, a segunda maior de Alagoas. Duas festas também animam a cidade: A Emancipação Política (31 de maio) e a da padroeira Santa Luzia (13 de dezembro).  Gentílico: campo-grandense  Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Campo Grande ex-povoado, pela lei estadual nº 2046, de 27-06-1957, subordinado ao município de São Brás. Elevado á categoria de município com a denominação de Campo Grande, pela lei estadual nº 2330, de 31-05-1960, desmembrado de São Brás. Sede no antigo distrito de Campo Grande ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 14-08-1960. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 

HINO DE CAMPO GRANDE-ALAGOAS[editar | editar código-fonte]

Letra: Cyro da Vera Cruz

Música: Sandro Becker

Raia o sol da liberdade em Campo Grande

Há esperança, há confiança no seu porvir,

Evolução é progresso,

Dias melhores pra esta terra hão de surgir. (Bis)

Corrente pra frente querer é poder,

Na força da mente lutar e vencer,

A fé predomina desejo se expande,

Vai pra frente município Campo Grande. (Bis)

Sua história enobrece sua gente,

Muito orgulho, seu passado, nos traz,

Seu presente é bem maior meu Campo Grande,

Vai depressa cada vez crescendo mais.

Campo Grande, Campo Grande

O seu hino todo povo vai cantar,

Campo Grande, Campo Grande,

Estes versos nós queremos lhe ofertar,

Campo Grande, Campo Grande,

Nós mostramos para todo mundo ver,

O carinho que seus filhos lhe dedicam,

Campo Grande nós gostamos de você. (Bis)

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Alagoas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.