Campus Party Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde julho de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde julho de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Logotipo da Campus Party

A Campus Party Brasil é o principal acontecimento tecnológico realizado anualmente no Brasil. Nele são tratados os mais diversos temas relacionados à Internet, reunindo um grande número de comunidades e usuários da rede mundial de computadores envolvidos com tecnologia e cultura digital. As edições já realizadas no Brasil ocorreram a partir de 2008 na cidade de São Paulo, e em Recife a partir de 2012.

A Campus Party surgiu na Espanha, onde foi realizado o primeiro dos eventos em 1997, posteriormente estendendo-se a outros países como Brasil, Colômbia e México. Hoje é considerado um dos maiores eventos de inovação, ciência, criatividade e entretenimento digital de todo o mundo, tendo reunido milhares de cidadãos de todos os cantos do mundo em um único espaço. Para 2011, estão previstas a realização de novas edições em países como Venezuela, Equador, Chile e Estados Unidos.

Áreas[editar | editar código-fonte]

Oficina na área aberta ao público

Para organizar e facilitar a participação das pessoas, o evento é divido em quatro Zonas principais: Inovação, Criatividade, Ciência e Entretenimento Digital. Dentro das Zonas, são encontradas as Áreas de Conteúdos onde ocorrem efetivamente as atividades programadas.

A circulação dos campuseiros, como são conhecidos os participantes do evento, é livre entre estes espaços. Cada uma das Áreas de Conteúdos conta com um assessor e uma equipe responsável por organizar palestras, debates, competições e outras atividades relacionadas a tecnologia.

Atualmente o evento conta com as seguintes Zonas e Áreas de Conteúdos:

Campus party09.JPG

Zona Ciência

  • Astronomia e Espaço
  • Modding e Eletrônica
  • Robótica

Zona Criatividade

  • Social Media
  • Design
  • Foto e Vídeo
  • Música

Zona Inovação

  • Desenvolvimento
  • Segurança e Redes
  • Software Livre

Zona Entretenimento Digital

  • Games
  • Simulação

Campus Party Brasil 2008[editar | editar código-fonte]

Prof CP.jpg

Realizado entre 11 e 17 de fevereiro no prédio da Bienal de São Paulo, o evento registrou 3,3 mil inscritos, vindos de 18 países, 5,5 mil pessoas credenciadas, 2,8 mil computadores na arena e 1,8 mil pessoas acampando.

A área com maior número de participantes inscritos foi a de software livre, com 23%, seguida por games (16%), desenvolvimento (15,5%), música (11%), criatividade (9%), robótica (7%), blogs (6,5%), modding (5%), simulação (4%) e astronomia (3%).

Neste ano o evento contou com uma conexão divulgada de 5 Gbps.

Personalidades:

Jonh Maddog Hall é um defensor histórico do software livre no mundo. É presidente e diretor executivo da Linux International e há anos percorre o mundo espalhando as facilidades de se utilizar o Linux como sistema operacional.

Mari Moon foi uma das convidadas especiais da área de Criatividade da Campus Party e veio para mostrar como virar uma estrela através da Internet. Sua carreira foi meteórica: em 2003, a jovem começou a mostrar os seus trabalhos em um fotolog. Aos poucos, formou-se um universo de possibilidades e criações e ela adquiriu a posição de protagonista na blogosfera e fora dela.

Marcos Pontes é tenente-coronel da Força Aérea Brasileira. É o primeiro e único brasileiro membro do famoso programa de treinamento de astronautas da NASA. Em 2006, viajou ao espaço alcançando a Estação Espacial Internacional a bordo de um Soyuz TMA-8.

Steven Johnson é um escritor norte-americano voltado à área de divulgações científicas. Trabalhou como colunista em revistas como Discovery e Wired, sendo um dos sócios fundadores da ezine Feed, em 1995. Desde o ano de 2006 dirige a comunidade Outside-in.

Heather Camp, Community Manager do Flickr em inglês, realizou uma palestra a respeito do mundo deste indexador de fotos. O Flickr é uma plataforma que já conta com mais de 23 milhões de fotos publicadas, 24 milhões de membros e sua página está disponível em até 8 línguas diferentes.

Campus Party Brasil 2009[editar | editar código-fonte]

Compartilhe.jpg

O evento ocorreu no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, entre os dias 19 a 25 de janeiro, e contou com uma conexão divulgada de 10 Gbps de velocidade.

Personalidades:

Demi Getschko possui graduação, mestrado e doutorado em engenharia eletrônica pela Universidade de São Paulo. Fez parte da equipe que estabeleceu a primeira conexão de Internet no Brasil. Membro do Comitê Gestor da Internet no Brasil desde 1995, serve como contato administrativo para o .br desde 1989. Desempenhou um papel fundamental na definição da árvore do DNS brasileiro e na definição das normas que regem o registro dentro do país.

Gilberto Gil é baiano, cantor, compositor e foi, de 2003 a 2008, Ministro da Cultura do Brasil. É conhecido pela sua defesa em favor do software livre e, por consequência, da cultura livre. O ex-ministro da cultura brasileiro apresentou sua visão sobre a tecnologia em uma palestra surpreendente, com o violão e diversas canções a acompanhá-lo.

Lobão é um cantor e compositor brasileiro que, recentemente, rompeu com a indústria fonográfica. Afirma que todos as grandes gravadoras musicais estão conspirando para enganar seus próprios artistas (pela falta de vendas e o uso da pirataria como um bode expiatório), e estabeleceu um plano de distribuição para vender CD's de música nas bancas de revista e na Internet. Participou no debate “A Inclusão Digital e a Mobilização Social”.

Tim Berners-Lee é um dos pais da Internet. Criador da World Wide Web, abriu a Campus Party Brasil 2009.

Campus Party Brasil 2010[editar | editar código-fonte]

Tent CP.jpg

Assim como no ano anterior, o evento ocorreu no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, desta vez entre os dias 25 a 31 de janeiro. Seis mil campuseiros compartilharam novamente uma conexão divulgada de 10 Gbps de velocidade. Como destaques, a Campus Party recebeu o hacker Kevin Mitnick e Scott Goodstein, marqueteiro 2.0 da campanha para presidência de Obama ao governo Estadounidense

Personalidades:

Kevin Mitnick é um controverso especialista que expõe a vulnerabilidade de sistemas operacionais complexos e ferramentas de comunicação. Sua palestra “THE ART OF DECEPTION: você pode ser invadido?” reflete a perspectiva do hacker mais famoso do mundo sobre a ameaça da engenharia social, um tipo de ataque altamente efetivo que potencializa a participação do elemento humano na segurança corporativa.

Lawrence Lessig é fundador do Creative Commons, professor na Stanford Law School e um dos maiores defensores das licenças livres para a distribuição de bens culturais e a produção de obras derivadas destes.

Marco Figueiredo é um pesquisador da NASA que defendeu o conhecimento livre como forma de fomentar um maior número de pessoas para participarem ativamente da produção de conhecimento. Assim, multiplicou-se o resultado muito além da capacidade atual dos programas espaciais.

Marcos Galperin é o fundador do Mercado Livre.com.

Scott Goodstein foi um dos pilares da campanha 2.0 de Barack Obama para a presidência dos Estados Unidos. Falou sobre a importância do efeito das redes sociais nas estratégias de comunicação, além da tendência de utilizar dispositivos móveis dentro desta.

Campus Party Brasil 2011[editar | editar código-fonte]

A 4ª edição aconteceu entre os dias 17 e 23 de janeiro de 2011 no Centro de Exposições Imigrantes em São Paulo, com 6800 compuseiros. Os ingressos já estavam esgotados no dia 8 de novembro de 2010.

Rafinha Bastos, PC Siqueira, Rodrigo Fernandes, Mauricio Cid e Rosana Hermann no palco principal do Campus Party 2012.

Essa edição foi marcada pela grande quantidade de fila e também pela falta de internet e energia elétrica ocasionada pelas chuvas. A edição 2011 contou com a presença de Al Gore (ex vice presidente norte-americano), Ben Hammersley (Editor especial da revista wired) e Steve Wozniak (co-fundador da Apple). Além disso, a 4ª edição contou com três competições de Inovação e Empreendedorismo:

Campus Party Brasil 2012[editar | editar código-fonte]

Em 2012, a Campus Party inovou em dois aspectos. O primeiro, pelo fato de realizar duas edições no mesmo ano, e o segundo, em realizar, de forma inédita, uma edição fora da cidade de São Paulo.

São Paulo

A primeira Campus Party aconteceu entre os dias 6 e 12 de fevereiro, no Anhembi Parque, São Paulo. A quantidade de campuseiros aumentou de 6.800 para 7.000. [1]

Recife

Campus Party Recife 2012, realizada no Centro de Convenções de Pernambuco e no Chevrolet Hall.

A segunda edição da Campus Party foi realizada, no ano de 2012, no Recife, entre 26 e 30 de julho no Centro de Convenções de Pernambuco. É a primeira vez que uma Campus Party brasileira é realizada fora de São Paulo. Dos 2.000 ingressos vendidos, 800 foram destinados a pessoas que acamparam no local.[2]

Entre as personalidades internacionais que participaram do evento no Recife está o ex-gerente de sistemas da NASA Michael Comberiate, o fundador do Partido Pirata da Suécia Rick Falkvinge, o vice-presidente do Facebook para a América Latina Alexandre Hohagen (primeira participação da empresa com um representante em uma Campus Party no Brasil), e outros. [3] [4]

Uma nova edição na cidade foi confirmada para 2013.[5]

Galeria - Campus Party Recife 2012[editar | editar código-fonte]

Campus Party Brasil 2014[editar | editar código-fonte]

A sétima edição brasileira do evento,teve inicio oficial no dia vinte e sete de janeiro e fim previsto para o dia dois de fevereiro,a campus party 2014 reuniu cerca de 8000 mil pessoas de todas as idades na parte fechadas do evento. Contou com 65 caravanas dos mais diversificados estados do país.[6]

Ocorrendo no parque Anhembi Parque em São Paulo e contando com oficinas,workshops,palestras entre outras coisas.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Internet é um esboço relacionado ao Projeto Internet. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.