Campylocentrum callistachyum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCampylocentrum callistachyum
Campylocentrum callistachyum (fig. II)
Campylocentrum callistachyum (fig. II)
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Orchidaceae
Subfamília: Epidendroideae
Tribo: Vandeae
Subtribo: Angraecinae
Género: Campylocentrum
Espécie: C. callistachyum
Nome binomial
Campylocentrum callistachyum
Cogn. 1906
Sinónimos
ver texto

Campylocentrum callistachyum é uma espécie de orquídea, família Orchidaceae, que existe apenas no estado do Rio de Janeiro.[1] Trata-se de pequena planta epífita, monopodial, com caules curtos, folhas dísticas, e inflorescência racemosa com flores espaçadas minúsculas, de cor branca, de sépalas e pétalas livres, e nectário, de cor verde, na parte de trás do labelo. Pertence ao grupo de espécies inflorescências tão compridas ou mais longas que as folhas.[2]

Publicação e sinônimos[editar | editar código-fonte]

  • Campylocentrum callistachyum Cogn. in C.F.P.von Martius & auct. suc. (eds.), Fl. Bras. 3(6): 514 (1906).

Sinônimos heterotípicos:

  • Aeranthes calostachya Barb.Rodr., Rev. Engenh. 3: 141 (1881).

Histórico[editar | editar código-fonte]

Esta espécie foi descrita em 1881, por Barbosa Rodrigues, com base em uma planta que ele mesmo encontrou em um local que à época chamava-se Rodeio, no Rio de Janeiro. A planta floresceu no mês de fevereiro. Em 1906 Cogniaux mudou ligeiramente a ortografia do nome desta espécie ao fazer uma nova combinação de seu nome em Campylocentrum. Trata-se de planta pequena em comparação às outras deste grupo. Diferencia-se por apresentas poucas folhas, estas de ápice agudo, enquanto as outras são lobuladas, por sua inflorescência igual ou levemente menor que o comprimento das folhas e pelo labelo profundamente trilobulado.[3] Trata-se de planta pouco conhecida e ainda menos coletada sobre a qual quase não há referências.

Referências

  1. R. Govaerts et al. World Checklist of Orchidaceae. The Board of Trustees of the Royal Botanic Gardens, Kew.«Published on the Internet» (em inglês) . Consultada em 27 de dezembro 2012.
  2. Pabst, Guido & Dungs, Fritz:Orchidaceae Brasilienses vol. 2 p. 206, Brucke-Verlag Kurt Schmersow, Hildesheim, 1978. ISBN 3871050106
  3. Cogn. (1906). «Campylocentrum». in C.F.P.von Martius & auct. suc. (eds.) Fl. Bras. 3(6): 503-524 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Campylocentrum callistachyum
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Campylocentrum callistachyum


Ícone de esboço Este artigo sobre orquídeas (família Orchidaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.