Campylocentrum callistachyum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaCampylocentrum callistachyum
Campylocentrum callistachyum (fig. II)

Campylocentrum callistachyum (fig. II)
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Orchidaceae
Subfamília: Epidendroideae
Tribo: Vandeae
Subtribo: Angraecinae
Género: Campylocentrum
Espécie: C. callistachyum
Nome binomial
Campylocentrum callistachyum
Cogn. 1906
Sinónimos
ver texto

Campylocentrum callistachyum é uma espécie de orquídea, família Orchidaceae, que existe apenas no estado do Rio de Janeiro.[1] Trata-se de pequena planta epífita, monopodial, com caules curtos, folhas dísticas, e inflorescência racemosa com flores espaçadas minúsculas, de cor branca, de sépalas e pétalas livres, e nectário, de cor verde, na parte de trás do labelo. Pertence ao grupo de espécies inflorescências tão compridas ou mais longas que as folhas.[2]

Publicação e sinônimos[editar | editar código-fonte]

  • Campylocentrum callistachyum Cogn. in C.F.P.von Martius & auct. suc. (eds.), Fl. Bras. 3(6): 514 (1906).

Sinônimos heterotípicos:

  • Aeranthes calostachya Barb.Rodr., Rev. Engenh. 3: 141 (1881).

Histórico[editar | editar código-fonte]

Esta espécie foi descrita em 1881, por Barbosa Rodrigues, com base em uma planta que ele mesmo encontrou em um local que à época chamava-se Rodeio, no Rio de Janeiro. A planta floresceu no mês de fevereiro. Em 1906 Cogniaux mudou ligeiramente a ortografia do nome desta espécie ao fazer uma nova combinação de seu nome em Campylocentrum. Trata-se de planta pequena em comparação às outras deste grupo. Diferencia-se por apresentas poucas folhas, estas de ápice agudo, enquanto as outras são lobuladas, por sua inflorescência igual ou levemente menor que o comprimento das folhas e pelo labelo profundamente trilobulado.[3] Trata-se de planta pouco conhecida e ainda menos coletada sobre a qual quase não há referências.

Referências

  1. R. Govaerts et al. World Checklist of Orchidaceae. The Board of Trustees of the Royal Botanic Gardens, Kew.Published on the Internet (em inglês). Consultada em 27 de dezembro 2012.
  2. Pabst, Guido & Dungs, Fritz:Orchidaceae Brasilienses vol. 2 p. 206, Brucke-Verlag Kurt Schmersow, Hildesheim, 1978. ISBN 3871050106
  3. Cogn. (1906). «Campylocentrum». in C.F.P.von Martius & auct. suc. (eds.) Fl. Bras. 3(6): 503-524 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Campylocentrum callistachyum
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Campylocentrum callistachyum


Ícone de esboço Este artigo sobre orquídeas (família Orchidaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.