Campylocentrum pubirhachis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaCampylocentrum pubirhachis
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Orchidaceae
Subfamília: Epidendroideae
Tribo: Vandeae
Subtribo: Angraecinae
Género: Campylocentrum
Espécie: C. pubirhachis
Nome binomial
Campylocentrum pubirhachis
Schltr. 1922
Sinónimos
não tem

Campylocentrum pubirhachis é uma espécie de orquídea, família Orchidaceae, que existe apenas no Brasil.[1] Trata-se de planta epífita, monopodial, com caule e folhas rudimentares, cujas inflorescências brotam diretamente de um nódulo na base de suas raízes aéreas. As flores são minúsculas, de sépalas e pétalas livres, e nectário na parte de trás do labelo.[2] Pertence ao grupo de espécies de Campylocentrum que não têm folhas nem caules aparentes.[3]

Publicação e Histórico[editar | editar código-fonte]

  • Campylocentrum pubirhachis Schltr., Anexos Mem. Inst. Butantan, Secç. Bot. 1(55): 67 (1922).

Foi descrito por Schlecher em 1922, com base em uma planta encontrada por Curt Brade no mangue ao redor de Morro das Pedras, em Iguape, no estado de São Paulo. Comentando a descrição original, Hoehne compara esta espécie ao Campylocentrum hirtellum afirmando: "do qual se distingue pela forma do labelo e calcar, bem como pelo revestimento papiloso-pubescente das inflorescências até a sua base".[2] Hoje sabemos tratar-se de espécie ainda mais semelhante ao Campylocentrum pachyrrhizum, do qual Pabst o diferencia por apresentar alguns curtos pelos na porção longitudinal central interna das pétalas e sépalas.[3] Há poucas referências de coleta desta espécie. O Jardim Botânico do Rio de Janeiro estranhamente afirma que existe apenas nos estados do Acre e São Paulo,[4] o que parece reforçar a possibilidade de ser este um sinônimo ainda pouco estudado do Campylocentrum pachyrrhizum.

Referências

  1. R. Govaerts et al. World Checklist of Orchidaceae. The Board of Trustees of the Royal Botanic Gardens, Kew.Published on the Internet (em inglês). Consultada em 27 de dezembro 2012.
  2. a b Schlechter R. (1922). «Campylocentrum pubirhachis». in Anexos Mem. Inst. Butantan, Secç. Bot. 1(55). 67 páginas 
  3. a b Pabst, Guido & Dungs, Fritz: Orchidaceae Brasilienses vol. 2 p. 206, Brucke-Verlag Kurt Schmersow, Hildesheim, 1978. ISBN 3871050106
  4. Barros, F. de, Vinhos, F., Rodrigues, V.T., Barberena, F.F.V.A., Fraga, C.N., Pessoa, E.M. «Orchidaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro.». Consultado em 29 de dezembro de 2012 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre orquídeas (família Orchidaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.