Canal Caveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Canal Caveira
  Povoação de Grândola  
Estação ferroviária do Canal Caveira
Estação ferroviária do Canal Caveira
Estação ferroviária do Canal Caveira
Localização
País Portugal
Alentejo Algarve
Concelho Grândola
Freguesia Grândola e Santa Margarida da Serra
Características geográficas
População total (2011) 386 hab.
Restaurantes no Canal Caveira

Canal Caveira é uma localidade situada na freguesia e concelho de Grândola, na região do Alentejo, em Portugal.[1]

Situa-se junto à estrada EN259-IC1, que liga Grândola ao Algarve. Dado o elevado tráfego naquela estrada antes da construção da autoestrada A2, que liga Lisboa ao Algarve, a indústria da restauração atingiu um desenvolvimento elevado no Canal Caveira[1], em particular na tradição da preparação do cozido à portuguesa, apresentando atualmente diversos restaurantes à beira da estrada onde é possível apreciar esta iguaria.[2][3][4]

Com o surgimento de uma exploração mineira de pirites[5] e de outros minérios[6] em 1863, o Canal Caveira apresentou, na altura, um significativo desenvolvimento económico, que, a par com a exploração mineira de Lousal, viria a contribuir para o desenvolvimento económico do concelho. [7]

Muitos séculos antes, já os romanos tinham explorado os minérios da região, tendo deixado vestígios dessa atividade mineira, tais como escórias. A descoberta desses vestígios em 1854 viria a dar origem à exploração mais sistemática posterior. A exploração cessou na década de 1960, mas existem estudos para dar início a novas prospeções na atualidade.[6]

Pertencendo à freguesia de Grândola, o Canal Caveira dispõe de um de centro comunitário que é da tutela da Câmara Municipal de Grândola e usado para atividades culturais.[8]

Dispõe de uma estação ferroviária, integrada na linha do Sul.[9]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências