Canal Robeson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O canal Robeson em Nunavut, Canadá.
  Ilha Ellesmere, Nunavut
  Gronelândia

O canal Robeson é um estreito entre a Gronelândia e a ilha mais setentrional do Canadá, a ilha Ellesmere. Forma a parte mais a norte do estreito de Nares, ligando a bacia Hall a sul com o oceano Ártico a norte[1].

Tem cerca de 80 km de comprimento e entre 18 e 29 km de largura. Alert, o local permanentemente habitado mais setentrional do mundo fica próximo.

Foi denominado Canal Robeson na Expedição Polaris de 1871, em homenagem ao norte-americano George Robeson, secretário da Marinha na administração do presidente Ulysses S. Grant.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Chow, R. K. Near-Surface Current in Robeson Channel. Defence Research Establishment Ottawa, 1975.
  • Dunbar, Moira, and John E. Keys. Robeson Channel Ice Drift and Oceanographic Measurements 1970-1975. Ottawa: [Defense Research Establishment Ottawa?], 1980.
  • Serson, H. V. Robeson Channel Experiment Main and Radar Camp-Plans and Operations. Ottawa: Dept. of National Defence, 1971.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. A Organização Hidrográfica Internacional («International Hydrographic Organization», IHO), na sua obra Limits of oceans and seas (3.ª ed. de 1953) considera que o estreito de Nares faz parte da baía de Baffin (identificada com o n.º 14A), e assinala como limite norte que o separa do mar de Lincoln «uma linha do cabo Sheridan, Terra de Grant (82º35'N, 60º45'O) até ao cabo Bryant (Gronelândia)».
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Gronelândia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.