Canaltech

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Canaltech
Slogan Tecnologia para quem entende
Proprietário(s) Magazine Luiza
Fundador(es) Felipe Szatkowski; Domingos Hypolito Neto
Gênero Tecnologia
País de origem Brasil
Idioma(s) Português; Espanhol
Lançamento 2012
Endereço eletrônico canaltech.com.br

O Canaltech é um site de tecnologia, com informações sobre jogos eletrônicos, notícias, entrevistas, análises de aparelhos móveis, dicas, tutoriais e aplicativos.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

O Canaltech foi fundado em julho de 2012 por Felipe Szatkowski e Domingos Hypolito Neto[3] com o intuito de produzir conteúdos sobre tecnologia. Atualmente, realiza análises de produtos, podcasts, temas corporativos e cobertura do noticiário diário. Também abrange temas como: lançamentos de produtos, novidades das empresas que atuam neste meio, atualizações sobre as redes sociais e a internet, curiosidades, notícias e entrevistas sobre ciências, espaço e cultura geek.[4]

Com o objetivo de reconhecer publicamente o trabalho das empresas e profissionais que mais se destacam no âmbito da tecnologia no país ao longo do ano, a equipe de profissionais do Canaltech promove, desde 2017, o Prêmio Canaltech que, em sua última edição, contabilizou mais de 39 mil votantes.[5]

Em agosto de 2020, o Canaltech foi vendido ao Magazine Luiza, que já possui empresas como Inloco Media, Netshoes, LogBee e Estante Virtual. Desde então, a inclusão digital dos brasileiros virou a pauta principal da companhia.[6][7]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

O Canaltech é vencedor do Prêmio Influenciadores Digitais em 2018[8], 2019[9] e 2020[10] na categoria Tecnologia Digital, e Prêmio ESET de Jornalismo em Segurança Cibernética de 2018.[11] Em 2020, ganhou o Prêmio iBest por júri popular, na categoria Conteúdo de Tecnologia.[12]

Prêmio Canaltech[editar | editar código-fonte]

Desde 2017, a equipe do Canaltech realiza o Prêmio Canaltech, que reconhece publicamente o trabalho das empresas e dos profissionais que mais se destacam no setor de tecnologia no Brasil ao longo do ano. Na edição de 2019, contabilizou mais de 39 mil votantes.[13] Os melhores de 2019 foram escolhidos em seis modalidades: “Marca mais Desejada”, “Marca mais Reconhecida em TI”; “Mobile”; “Serviços”; “Aplicativos” e “Games”. Cada uma delas com algumas categorias, que totalizaram 42 premiações. Além de contar com um júri técnico, a premiação também contou com uma ampla votação do público.[14]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2020, site do Canaltech atingiu 17,96 milhões de visitantes únicos, de acordo com a ferramenta de medição Similarweb. A média de acessos mensais, se comparados aos últimos 4 meses, é de 19,15 milhões, segundo a mesma ferramenta.[15] Com sua presença nas principais redes sociais, soma hoje 792 mil seguidores e 2,5 milhões de inscritos no YouTube.[16]

Referências

  1. «Veja os 13 melhores sites de TI e acompanhe as tendências do mercado». Blog da EVEO Cloud. 4 de setembro de 2018. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  2. «Novas tecnologias? Veja 8 melhores sites de tech do Brasil». Notícias ao Minuto Brasil. 20 de junho de 2016. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  3. Labs News (ed.). «Notícias». Labs News. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  4. Forbes (ed.). «Magazine Luiza compra Canaltech». Forbes. Consultado em 24 de setembro de 2020 
  5. Yahoo Esportes (ed.). «Prêmio Canaltech 2019». Yahoo Esportes. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  6. Meio&Mensagem (ed.). «Mídia». Meio&Mensagem. Consultado em 24 de agosto de 2020 
  7. Diana Cheng (ed.). «Comprar ou vender?». Money Times. Consultado em 24 de agosto de 2020 
  8. Prêmio Influenciadores Digitais (ed.). «Edição 2018». Prêmio Influenciadores Digitais. Consultado em 2 de setembro de 2020 
  9. Prêmio Influenciadores Digitais (ed.). «Edição 2019». Prêmio Influenciadores Digitais. Consultado em 2 de setembro de 2020 
  10. Prêmio Influenciadores Digitais (ed.). «Edição 2020». Prêmio Influenciadores Digitais. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  11. Inforchannel (ed.). «ESET anuncia ganhadores». Inforchannel. Consultado em 2 de setembro de 2020 
  12. iBest (ed.). «Prêmio iBest 2020». iBest. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  13. Yahoo Esportes (ed.). «Prêmio Canaltech 2019». Yahoo Esportes. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  14. S.Mag (ed.). «News Business». S.Mag. Consultado em 24 de agosto de 2020 
  15. Similarweb (ed.). «Audiência». Similarweb. Consultado em 2 de setembro de 2020 
  16. Gazeta do Povo (ed.). «Gazz Conecta». Gazeta do Povo. Consultado em 3 de setembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]