Canelura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Caneluras numa coluna coríntia no Templo de Diana em Évora.

Caneluras são estrias ou sulcos verticais de secção semicircular ao longo do fuste das colunas ou pilares antigos. Na coluna dórica, são separadas por arestas vivas; na coluna jônica e na coríntia, por nervuras. A ordem toscana nunca apresenta caneluras, as quais são opcionais para as outras ordens.

O termos também é usado para designar algo com estrias ou sulcos paralelos, como o cartão canelado, ou a canelura no vestuário. Contém em algumas igrejas

Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.