Cannonball Adderley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cannonball Adderley
Informação geral
Nome completo Julian Edwin Adderley
Nascimento 15 de setembro de 1928 Tampa, Flórida, EUA
Origem Estados Unidos
Data de morte 8 de agosto de 1975 (46 anos) Gary (Indiana), EUA
Gênero(s) Jazz, Soul jazz
Instrumento(s) Saxofone alto, saxofone soprano
Período em atividade 19551975
Outras ocupações Professor, músico
Gravadora(s) Blue Note Records, Fantasy Records, Capitol Records, Prestige Records, Riverside Records
Afiliação(ões) Nat Adderley
Miles Davis
George Duke
Yusef Lateef
Sam Jones
Joe Zawinul
Louis Hayes
Bobby Timmons
Bill Evans

Julian "Cannonball" Adderley (Julian Edwin Adderley) (Tampa, Flórida, 15 de setembro de 1928 - 8 de agosto de 1975) foi um saxofonista de jazz norte-americano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cannonball Adderley nasceu em 25 de setembro de 1928 em Tampa, Florida. Conhecido pelo seu suingue e pelas improvisações de sax-alto, Cannonball Adderley foi uma figura central do jazz moderno, seja participando dos históricos combos de Miles Davis, seja nos grupos que ele co-liderou com seu irmão, o trompetista Nat Adderley.

O talento de Adderley chamou a atenção de Davis, que o incluiu em seus sextetos, os quais já contavam com estrelas como John Coltrane, Red Garland, Paul Chambers e Philly Joe Jones. Ficou com Miles de 1957 a 1959. Esse poderoso e criativo combo gravou discos que se tornaram clássicos, pelo selo Columbia e entre eles estão “Milestones” e “Monk And Miles At Newport”. Em 1959, Adderley participou do lendário disco de Davis, “Kind of Blue” e Davis co-estrelou como sideman o excelente disco de Adderley pela Blue Note, “Something Else”. Adderley gravou com um grande número de grandes personalidades do jazz, como John Coltrane, Bill Evans, Milt Jackson e Nancy Wilson. [1]

Em 1959, forma outro quinteto e durante os proximos 16 anos vai colecionando sucessos com quintetos ou sextetos por onde passaram musicos como Yusef Lateef, Charles Lloyd, Barry Harris, Victor Feldman, Joe Zawinul, George Duke, Hal Galper, Sam Jones e Louis Hayes.

Através dos combos montados junto com seu irmão, Cannonball continuou pesquisando e aproximando a música africana com o jazz. Vários de seus sidemen, como Charles Lloyd, George Duke, Louis Hayes e Joe Zawinul se transformaram em jazzistas de alto nível. A inclusão de Zawinul foi importante porque ele em 1963 que após o sucesso do soul-jazz de "Mercy, Mercy, Mercy" alterou o contexto do jazz com a introdução de um piano elétrico. [2]

Adderley por outro lado ficou conhecido por composições como "Jive Samba" e "The Country Preacher". A maioria dos seus trabalhos como líder estão gravados nos selos Riverside e Capitol. Cannonball morreu de ataque cardíaco quando se apresentava em Gary, Indiana, a 08 de agosto de 1975.

Discografia[editar | editar código-fonte]

com Miles Davis

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.