Capanemia superflua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Como ler uma infocaixa de taxonomiaCapanemia superflua
Capanemia superflua(uliginosa) (8922765112).jpg
Classificação científica
Superdomínio: Biota
Reino: Plantae
Sub-reino: Viridiplantae
Infrarreino: Streptophyta
Superdivisão: Embryophyta
Divisão: Tracheophyta
Subdivisão: Euphyllophyta
Ordem: Asparagales
Família: Orchidaceae
Subfamília: Epidendroideae
Tribo: Cymbidieae
Género: Capanemia
Espécie: Capanemia superflua

Capanemia superflua é uma espécie de planta do gênero Capanemia e da família Orchidaceae. [1]

Espécie que ocorre da Argentina ao Brasil, e que devido ao potencial ornamental vem sendo predatoriamente retirada de seu ambiente, principalmente no sul do país, resultando nos baixos números de registros em herbários nos últimos anos, o que pode ser reflexo de diminuição de suas populações naturais. [1]

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

A espécie foi descrita em 1967 por Leslie A. Garay. [2] Os seguintes sinônimos já foram catalogados: [1]

  • Oncidium superfluum Rchb.f.
  • Capanemia juergensiana (Kraenzl.) Schltr.
  • Capanemia uliginosa Barb.Rodr.
  • Rodriguezia anomala Rolfe
  • Rodriguezia juergensiana Kraenzl.
  • Rodriguezia uliginosa (Barb.Rodr.) Cogn.

Forma de vida[editar | editar código-fonte]

É uma espécie epífita e herbácea. [1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Planta epífita. Pseudobulbo cilíndrico; brácteas articuladas ausentes. Ela tem folhas cilíndricas, carnosas, ápice agudo. Inflorescência 11-20 flores; brácteas florais, ovadas, escariosas, ápice acuminado. Ela tem flores brancas. Sépala dorsal oblongo-lanceolada, livre, margem inteira, ápice agudo-acuminado. Sépalas laterais ovadas, livres, margem inteira, ápice agudo-acuminado. As pétalas são elíptico-ovadas, livres, margem inteira, ápice agudo-acuminado. Possui labelo obovado, dobrado para baixo, não articulado com a coluna, região proximal com tricomas, região distal com mácula amarela entre os calos; margem inteira na região do calo e ondulada no ápice; ápice retuso, obtuso ou arredondado. Coluna com cerca de 2 mm de altura.; asas da coluna proeminentes, projetadas para frente, com tricomas na base. [1]

Conservação[editar | editar código-fonte]

A espécie faz parte da Lista Vermelha das espécies ameaçadas do estado do Espírito Santo, no sudeste do Brasil. A lista foi publicada em 13 de junho de 2005 por intermédio do decreto estadual nº 1.499-R. [3]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

A espécie é encontrada nos estados brasileiros de Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.[1] A espécie é encontrada nos domínios fitogeográficos de Mata Atlântica e Pampa, em regiões com vegetação de mata ciliar, floresta ombrófila pluvial e mata de araucária.[1]

Notas[editar | editar código-fonte]

Contém texto em CC-BY-SA 4.0 de Santos, T.F.; Smidt, E.C. 2020. Capanemia in Flora do Brasil 2020. [1]

Referências

  1. a b c d e f g h «Capanemia superflua (Rchb.f.) Garay». floradobrasil2020.jbrj.gov.br. Consultado em 18 de abril de 2022 
  2. «Capanemia superflua». www.gbif.org (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2022 
  3. «IEMA - Espécies Ameaçadas». iema.es.gov.br. Consultado em 12 de abril de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.