Capela Palatina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arcos sarracenoss e mosaicos bizantinos se complementam na Capella Palatina.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Capela Palatina

Capela Palatina (em italiano: Capella Platina) é a capela real dos reis ítalo-normandos da Sicília, situada no térreo do Palácio dos Normandos, em Palermo.

A capela foi encomendada por Rogério II da Sicília in 1132 e foi construída sobre outra capela mais antiga (agora a cripta), construída em 1080. Foram oito anos de construção e muitos mais para que a decoração de mosaicos e obras de arte ficasse completa. Os mosaicos do transepto ilustram fatos dos Atos dos Apóstolos e cada um deles está cercado por uma moldura. Os outros mosaicos, datados de 1160 e 1170 apresentam inscrições em Latim. O santuário foi dedicado a São Pedro.

A capela combina vários estilos de forma harmoniosa: arquitetura normanda, islâmica e bizantina.Outro destaque da capela é o trono carolíngio.

Ver também[editar | editar código-fonte]