Capela de Chupan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Capela de Chupan
em farsi: کلیسای چوپان
Capela de Chupan na província de Jolfa, no Irã, vista do sul. A República Autônoma Naquichevão é visível em todo o vale do Rio Aras
Nomes alternativos Igreja dos Pastores
Tipo Capela
Estilo dominante Armênia
Início da construção 1518
Restauro 1836
Função inicial capela
Património Mundial
Critérios ii,iii,vi
Data Lista do Património Mundial na Ásia e Oceania
Referência 1262 en fr es
Geografia
País  Irão
Cidade Jolfa
Coordenadas 38° 58' 31" N 45° 34' 22" E
Capela de Chupan está localizado em: Irão
Capela de Chupan
Geolocalização no mapa: Irão

A Capela de Chupan (em farsi: کلیسای چوپان) é uma pequena e histórica igreja arménia em um vale da montanha a oeste de Jolfa perto do Rio Aras na Província do Azerbaijão Oriental, do Irã. Ela foi construído no século XVI e reconstruída em 1836. Ela é parte "Conjunto Monástico Armeno" do Irã segundo a listagem no sítio do Património Mundial da UNESCO.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

A Capela foi projetada por pastores pastando seus animais no prado em 1518. A cúpula da capela, um exemplo típico da arquitetura armênia, foi construída com pedras de alvenaria.

Em 1836, a capela foi reconstruída e faz parte da "União dos Mosteiros Armênios" do Irã.

Atualidade[editar | editar código-fonte]

A Capela de Chupan foi incluída na lista do Património Mundial da UNESCO, juntamente com a Capela de Dzordzor, a Mosteiro de São Estêvão e o Mosteiro de São Tadeu em 2008.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

O edifício do Santuário é quadrado e tem 7,7 metros de largura e 5,6 metros altura, a superfície interna é semelhante a forma de uma cruz, é um pequeno Santuário (Capela). A entrada principal está localizada no lado oeste do edifício e seu altar fica no lado leste do edifício. Os materiais utilizados no edifício são de pedra e argamassa e as paredes do interior são cobertas com gesso. Não tem esculturas. A igreja tem uma pequena cúpula com um plano circular, com quatro luminárias. No lado oeste da igreja, há vestígios dos restos de um edifício devastado que provavelmente fazia parte da igreja. Na área ao redor da igreja havia uma cruz de pedra, que foi transportada para Tabriz para protegê-la. A casca exterior da igreja é feita de pedra e tem uma pequena cúpula recentemente renovada. O interior da igreja é muito pequeno e não cabe mais de dez pessoas. Seus arcos também são moldados como em outras igrejas.

Localização geográfica[editar | editar código-fonte]

A igreja está localizada a aproximadamente 5 km a oeste da cidade fronteiriça de Jolfa, às margens do rio Aras, na província de Azerbaijão Oriental, e entre as montanhas avermelhadas. Como o nome indica, esta igreja pode ter sido projetada para pastores, de modo que eles não retornassem às aldeias do Vale do Sham para fazer seus afazeres.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Chupan Capela
  2. Centre, UNESCO World Heritage. «Armenian Monastic Ensembles of Iran». UNESCO World Heritage Centre (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2019 
Imagem: Conjuntos Monásticos Arménios no Irão A Capela de Chupan está incluída no sítio "Conjuntos Monásticos Arménios no Irão", Património Mundial da UNESCO. Welterbe.svg