Capela de Santa Maria Goretti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Capela dedicada à virgem e mártir Santa Maria Goretti, localizada em Currais Novos-RN-Brasil.

Construída com recursos da própria comunidade curraisnovense no então Alto da Bela Vista, sua construção iniciou-se em meados de 1951 e a inauguração se deu solenemente na 1ª Festa de Santa Maria Goretti, no dia 2 de julho de 1952.

Foi um projeto ousado para as condições de então, liderado pelo Monsenhor Paulo Herôncio de Melo, pároco da Paróquia de Santa Ana de Currais Novos. O mesmo havia participado, no Vaticano, juntamente com sua irmã Nenén Herôncio, da solene canonização da virgem no ano santo de 1950. Admirado com seu exemplo de vida, resolveu trazer a devoção para sua cidade, construindo este que é o primeiro templo, em terras americanas, dedicado à santa. O altar-mor tem a honra de possuir uma relíquia da santa.

Adélia Salustino fez a doação do terreno necessário para a edificação do templo, construído sob o comando do Mestre Justo. As portas e janelas foram trabalhadas por Justo Paulino de Medeiros (Seu Justo). No interior, trabalhou no altar para a imagem e no sacrário, construídos sob uma abóbada romana.

Ao lado da capela desenvolveu-se nasceu o atual Bairro Santa Maria Goretti.

Hino de Santa Maria Goretti[editar | editar código-fonte]

Imagem de Santa Maria Goretti que está no altar- mor da Capela de Santa Maria Goretti, em Currais Novos-RN-Brasil
Vista do altar-mor da Capela de Santa Maria Goretti, com a referida santa ao centro

Letra: Monsenhor Paulo Herôncio de Melo Música: Maestro Francisco das Chagas (Chico Caçote)

1. De Cecília os vestigios seguindo

e de Inês o heroísmo imitando

Outra Virgem formosa se eleva

Com seu sangue a pureza exaltando.

Virgem Mártir Maria Goretti
Da pureza em ti vemos o ideal
Por rogue, o valor nos inspira
Nas batalhas do bem contra o mal.

2. Defensora invencível do lírio

Corajosa ela soube morrer

Preferindo ao pecado o martirio

Ó que glória no Céu há de ter.

3. Pura, humilde, piedosa e tão boa

Filha meiga, donzela exemplar

Ela dá-nos exemplos bilhantes

De um amor a Jesus sem cessar.

4. Volve a nós heroina os teu olhos

A nós jovens do século teu

Que fulgante rebrilhe noss'alma

Da pureza o candor sem label.