Capela de laboratório

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fume hood.jpg

Uma capela de laboratório, capela laboratorial, capela de exaustão ou hotte é um é um equipamento de proteção coletiva (EPC) em todos os laboratórios que tenham algum tipo de trabalho com manipulações de produtos químicos, tóxicos, vapores agressivos, partículas ou líquidos em quantidades e concentrações perigosas, prejudiciais para a saúde. Por isso a sua importância no laboratório e a obrigatoriedade de toda a manipulação que possa ocasionar uma reação perigosa ser feita dentro de uma capela.[1] .

Usos[editar | editar código-fonte]

É usada em laboratórios de química onde se trabalha com o manuseamento de compostos tóxicos ou voláteis, partículas ou líquidos perigosos em grande quantidade, prejudiciais para a saúde humana[2] . Sua função é exaurir vapores, gases e fumos, mas serve também, como uma barreira física entre as reações químicas e o ambiente de laboratório, oferecendo assim uma proteção aos usuários e ao ambiente contra a exposição de gases nocivos, tóxicos, derramamento de produtos químicos e fogo.[3] .

Referências

  1. "sp labor:equipamentos para laboratório"<http://www.splabor.com.br/capela-de-laboratorio.php>.acessado em 14/05/2013
  2. "Grupo Vidy-Capelas"<http://www.vidy.com.br/capelas.html>.acessado em 14/05/2013
  3. "Produtos para laboratório:Capela de exaustão de gases<http://www.produtosparalaboratorio.com.br/capela-de-exaustao-de-gases-funcao/>.acessado em 14/05/2013
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.