Capitão Poço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Capitão Poço
"Terra da Laranja"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 29 de dezembro
Fundação 1961
Gentílico capitão pocense
Prefeito(a) Antonia Diana Mota de Oliveira (PP)
(2013–2016)
Localização
Localização de Capitão Poço
Localização de Capitão Poço no Pará
Capitão Poço está localizado em: Brasil
Capitão Poço
Localização de Capitão Poço no Brasil
01° 44' 42" S 47° 03' 54" O01° 44' 42" S 47° 03' 54" O
Unidade federativa Pará Pará
Mesorregião Nordeste Paraense IBGE/2008[1]
Microrregião Guamá IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Ourém, Garrafão do Norte, Irituia, Santa Luzia do Pará, Aurora do Pará e Mãe do Rio.
Distância até a capital 226 km
Características geográficas
Área 2 899,532 km² [2]
População 51 899 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 17,9 hab./km²
Altitude 73 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,548 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 231 712,124 mil IBGE/2012[5]
PIB per capita R$ 4 437,74 IBGE/2012[5]
Página oficial

Capitão Poço é um município brasileiro do estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 01º44'47" sul e a uma longitude 47º03'34" oeste, estando a uma altitude de 73 metros. Sua população estimada em 2014 era de 52.616 habitantes. É mais conhecido por ser um grande produtor de laranja. Possui uma área de 2.899,553 km².

(Fonte IBGE)

Gentílico: Capitão Pocense ou simplesmente Pocense

História[editar | editar código-fonte]

Capitão Poço recebeu status de município pela lei estadual nº 2460 de 29 de dezembro de 1961, com território desmembrado de Ourém.[6] Sede no atual distrito de Capitão Poço ex-localidade. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-03-1962. Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído do distrito sede.  Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Sua história está vinculada de maneira direta ao processo do chamado avanço das frentes pioneiras que resultaram na instalação de migrantes, originários de outras partes do país em território paraense, sob influência da Belém-Brasília.

Em área pertencente ao Município de Ourém, foi instalada uma frente pioneira que passou a ser chamada de Capitão Poço, no transcurso dos anos 1950. O nome desta frente representou uma homenagem ao explorador conhecido pelo nome de Capitão Possolo, o mesmo que integrou parte da primeira caravana de pioneiros que no mês de junho de 1955 chegou até o local onde hoje se localiza a sede do Município, que foi batizado como Capitão Poço.

Sabe-se que as terras de Capitão Poço são propícias para o cultivo da malva, arroz, laranja e pimenta-do-reino, e o povoamento das mesmas foi feita por descendentes de nordestinos.

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Capitão Poço, pela lei estadual nº 2460, de 29-12-1961, desmembrado de Ourém. Sede no atual distrito de Capitão Poço ex-localidade. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-03-1962. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.  Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia de Capitão Poço baseia-se fortemente na agricultura, mais focada na colheita e exportação da laranja que é uma das frutas predominantes em sua área. A agricultura familiar é também bastante desenvolvida, produzindo pimenta-do-reino, feijão, mandioca, entre outras frutas e legumes.

Na cidade é muito forte a influência do comércio para a geração de emprego e renda no município.

Educação[editar | editar código-fonte]

Conta com escolas de grande e médio porte atendendo alunos em nível fundamental e médio, dentre as quais:

  • Terezinha Bezerra Siqueira
  • Oswaldo Cruz
  • Escola Menino Jesus
  • Padre Vitalino Maria Vari
  • Fátima Oliveira
  • Belina Campos
  • Silvio Nascimento
  • Janelinha do Saber
  • Walmeire Borges
Nível Superior:[editar | editar código-fonte]
  • UFRA - Universidade Federal Rural da Amazônia - Campus em constante crescimento, tornando-se referência regional em educação superior pública. Com cursos: Bac. em Agronomia, Bac. em Biologia, Bac. em Engenharia Florestal, Bac. em Sistema de Informação, Lic. em Computação.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Pontos turísticos:

A cidade é conhecida por seus inúmeros igarapés, bem também pelo rio Guamá, que passa com suas águas limpas na divisa do município com Garrafão do Norte e, por fim, pela Cachoeira "Recanto das Lendas", um local turístico bastante visitado e com uma ótima estrutura.

Destacam-se:

  • Hotel Fazenda Cachoeira Recanto das Lendas
  • Balneário Águas Cristalinas. (Balneário Bonito)
  • Balneário Geladeira (balneário com águas cristalinas e geladas)
  • Prainha (localizado na vila de Boca Nova)
  • Balneário Pensamento
  • Balneário Cacurí
  • Localidade de Igarapé-Açú (Banhada por igarapés)

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 21 de setembro de 2013.
  5. a b PIBMunicipal2008-2012 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 13 dez. 2014.
  6. Capitão Poço Pará - PA Histórico IBGE (05/03/2010). Visitado em 08/04/2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.