Capitalism and Freedom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Capitalism and Freedom (em português: Capitalismo e Liberdade) é um livro escrito pelo economista Milton Friedman, publicado originalmente em 1962[1] pela University of Chicago Press, onde discute questões da economia capitalista dentro da sociedade liberal. Friedman afirma que a liberdade econômica é uma prerrogativa para se obter a liberdade política. Milton Friedman se encaixa no termo liberal de acordo com as concepções dos iluministas franceses, diferentemente da concepção americana, que ele acredita ter sido corrompida desde a Grande Depressão. Muitos conservadores e libertários adotam alguns dos seus pontos de vista. Entre outros conceitos, Friedman defende o fim da obrigatoriedade de médicos e introdução de um sistema de educação escolar certificado pelo governo mas administrado pela iniciativa privada.

Esta obra vendeu mais de meio milhão de cópias desde o seu lançamento e foi traduzida para 18 idiomas.

Referências

  1. A Tradição da Liberdade: Grandes Obras do Pensamento Liberal. Página visitada em 17 de julho de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.