Capitania d'El-Rei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


A Capitania d'El-Rei originou-se na fixação, em 1737, de José da Silva Pais, 60 léguas acima da desembocadura da Lagoa dos Patos, então confundida com um Rio grande, para fundar o forte de Jesus-Maria-José. Este forte, feito de pau a pique foi a origem do povoamento da vila de Rio Grande (futura cidade de Rio Grande).[1]

Este domínio, estendido para aquelas áreas ambicionadas por Portugal, foi chamado de Capitania d'El-Rei (nome que já constava nos mapas portugueses do século XVI para esta região).[1]

A área até ali apenas portava-se como um corredor de passagem entre as duas colonizações portuguesas mais próximas que eram Laguna e Colônia do Sacramento. A expectativa era que esta fundação pudesse aumentar a estabilidade das possessões portuguesas no prata.[1]

A área foi também chamada de Rio Grande de São Pedro e de Continente de São Pedro.[1]

Representações na cultura[editar | editar código-fonte]

Literatura[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d VELLINHO, Moysés. Capitania d´El-Rei. Porto Alegre. Instituto Estadual do Livro, CORAG. Coleção Meridionais, 2005.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • VELLINHO, Moysés. Capitania d´El-Rei. Porto Alegre. Instituto Estadual do Livro, CORAG. Coleção Meridionais, 2005.
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.