Capitania de Minas Gerais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2014). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de São Paulo, veja São Paulo (desambiguação).


A capitania de Minas Gerais foi criada em 12 de setembro de 1720 a partir da cisão da capitania de São Paulo e Minas de Ouro. Sua capital era Vila Rica (atual Ouro Preto).

Capitania de Minas Gerais em 1720. Inicialmente o território não incluía apenas a região correspondente ao Sertão da Farinha Podre (atual Triângulo Mineiro, integrada em 1816) e a margem esquerda do Rio Sapucaí e Rio Grande (integrada em 1764).

Em 28 de fevereiro de 1821 tornou-se uma província, a qual viria a ser o atual estado de Minas Gerais com a Proclamação da República.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BOSCHI, Caio C. (org.). Inventário dos Manuscritos Avulsos Relativos a Minas Gerais existentes no Arquivo Histórico Ultramarino (Lisboa). Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro, Centro de Estudos Históricos e Culturais,1998, 3 vols.
Ícone de esboço Este artigo sobre História do Brasil é um esboço relacionado ao Projeto História do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.