Djavan (álbum de 1979)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cara de Índio)
Djavan
Álbum de estúdio de Djavan
Lançamento Dezembro de 1978[1]
Gravação 1977
Gênero(s)
Duração 32:03
Gravadora(s) EMI-Odeon
Produção
Cronologia de Djavan
A Voz, O Violão, A Música de Djavan
(1976)
Alumbramento
(1980)
Singles de Djavan
  1. "Cara de Índio"
    Lançamento: Novembro de 1978 (airplay)
  2. "Serrado"
    Lançamento: Abril de 1979 (airplay)

Djavan é o segundo álbum de estúdio do cantor, compositor brasileiro Djavan, lançado em dezembro de 1978.

Traz músicas que marcaram sua carreira, como "Serrado", que ganhou videoclipe pelo programa Fantástico, da TV Globo em 14 de abril de 1979; "Cara de Índio", da trilha da telenovela Aritana, da TV Tupi, em 1978; "Dupla Traição", antes gravada por Nana Caymmi, em 1976; "Álibi", sucesso na voz de Maria Bethânia em 1978; e "Samba Dobrado", interpretada ao vivo por Elis Regina em 1979. Por fim, a canção "Água" foi gravada em italiano pela cantora Loredana Bertè em 1985, e chegou ao top 40 no país.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4 de 5 estrelas.[3]
Notas Musicais 4.5 de 5 estrelas.[4]

Alvaro Neder em sua crítica para o AllMusic concedeu ao álbum 4 de 5 estrelas, chamando-o de "excelente", dando ênfase as canções "Serrado", classificando-a como "animada", "Numa Esquina de Hanói," "Samba Dobrado," além de "Álibi", chamando-a de intensa, a "evocativa" "Cara de Índio," e a sensível "Água".[3] Mauro Ferreira do site Notas Musicais foi extremamente positivo devido ao "leque rítmico mais diversificado do que seu antecessor," afirmando que "foi o disco que sedimentou a marca desse cancioneiro que djavaneia samba, balada, blues, música africana e jazz com toque personalíssimo."[4]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas e compostas por Djavan. 

Lado A
N.º Título Duração
1. "Cara de Índio"   3:08
2. "Serrado"   3:33
3. "Água"   3:40
4. "Álibi"   2:21
5. "Numa Esquina de Hanói"   2:57
6. "Minha Mãe"   2:22
Lado B
N.º Título Duração
7. "Alagoas"   2:14
8. "Estória de Cantador"   4:15
9. "Nereci"   3:18
10. "Samba Dobrado"   3:29
11. "Dupla Traição"   3:02

Referências

  1. Djavan (1997). Almir Chediak, ed. Djavan - Songbook. 1. São Paulo: Irmãos Vitale. p. 8. 180 páginas. Consultado em 23 de outubro de 2013 
  2. «Discos do Brasil - Djavan 1978». Discos do Brasil. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  3. a b Alvaro Neder. «Djavan/Alumbramento - Djavan - AllMusic». AllMusic. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  4. a b Mauro Ferreira (1 de dezembro de 2014). «Reedições de discos de Djavan ganham no som e perdem na arte gráfica». Notas Musicais. Consultado em 29 de julho de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Djavan é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.