Caracaraí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Caracaraí
"Cidade-Porto"
Avenida Dr. Zanny na cidade de Caracaraí, Roraima.

Avenida Dr. Zanny na cidade de Caracaraí, Roraima.
Bandeira de Caracaraí
Brasão de Caracaraí
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 27 de maio
Fundação 1 de dezembro de 1938 (78 anos)
Emancipação 27 de maio de 1955 (62 anos)
- de Boa Vista
Gentílico caracaraiense
Padroeiro(a) Nossa Senhora do Livramento
CEP 69360-000[1]
Prefeito(a) Socorro Guerra (PROS)
(2017–2020)
Localização
Localização de Caracaraí
Localização de Caracaraí em Roraima
Caracaraí está localizado em: Brasil
Caracaraí
Localização de Caracaraí no Brasil
01° 48' 57" N 61° 07' 40" O01° 48' 57" N 61° 07' 40" O
Unidade federativa  Roraima
Mesorregião Sul de Roraima IBGE/2008[2]
Microrregião Caracaraí IBGE/2008[2]
Região metropolitana Central
Municípios limítrofes Iracema, Cantá e Bonfim a norte, a Guiana a nordeste, Caroebe a sudeste, São João da Baliza, São Luís e Rorainópolis ao sul e o município, amazonense de Barcelos a oeste.
Distância até a capital
Características geográficas
Área 47 410,891 km² (BR: 19º RR: 1º)[4]
Área urbana 2,514 km² (RR: 2º) – est. Embrapa[5]
Distritos 1
População 20 537 hab. (RR: 3º) –  IBGE/2016[6]
Densidade 0,43 hab./km²
Altitude 52 m[5]
Clima Clima Tropical Aw
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,624 (BR: 3607°) – médio PNUD/2010[7]
Gini 0,56 PNUD/2010[7]
PIB R$ 266 302,000 mil (RR: 3º) – IBGE/2014[8]
PIB per capita R$ 13 327,74 (RR: 7º) - IBGE/2014[8]
Página oficial
Prefeitura www.caracarai.rr.gov.br (em português)
Câmara www.caracarai.rr.leg.br (em português)

Caracaraí é um município do estado brasileiro de Roraima.

É o terceiro município mais populoso do estado, com 20.537 habitantes, conforme estatísticas de 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É conhecida por Cidade-Porto por ter o maior movimento fluvial do estado.

História[editar | editar código-fonte]

Nasceu como um local de embarque de gado para a capital amazonense. Os animais desciam até a Boca da estrada, onde iniciam-se as Corredeiras do Bem-Querer. Ali eram desembarcados e tangidos até um curral no porto municipal, onde eram embarcados ao matadouro de Manaus.

Mercadorias vindas de Manaus e com destino a Boa Vista faziam este caminho em sentido inverso, e isso desenvolveu o lugar.

O município foi criado pela Lei Federal Nº 2.495 de 27 de maio de 1955, com terras desmembradas do município da Capital.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Está localizada na margem direita do Rio branco, com clima quente e úmido.

Seus limites são Iracema, Cantá e Bonfim a norte, a Guiana a nordeste, Caroebe a sudeste, São João da Baliza, São Luiz e Rorainópolis ao sul e o município, amazonense de Barcelos a oeste.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima, segundo a classificação Koppen é do tipo tropical chuvoso sem estação seca, com os totais anuais de precipitação pluviométrica relativamente elevados que é de 1.750 mm.O regime térmico se expressa nos seguintes valores, segundo a CPRM: média anual 26,5 °C, resultado das máximas de 32,3 °C e mínimas de 21 °C, com amplitude térmica média de 11,3 °C. O mês mais frio é julho e o mais quente, novembro.

Área[editar | editar código-fonte]

É o maior município do Estado de Roraima, situado na região centro-sul do Estado e atravessando-o de leste a oeste. A área do município de Caracaraí é pouco maior do que os estados brasileiros do Rio de Janeiro ou do Espírito Santo. Também é maior do que a Suíça, Holanda, Dinamarca, Estónia ou Butão, possuindo 47.411 km².

Bairros[editar | editar código-fonte]

A Cidade possui 6 bairros:

  • Centro
  • São Francisco
  • Santa Luzia
  • São Pedro( Bairro da Cer)
  • N.Srª do Livramento (Livramento)
  • São José Operário (Bairro do Sapo)

Localidades principais[editar | editar código-fonte]

Segue uma relação de das principais localidades não-indígenas do município e suas respectivas populações segundo o Censo de 2010.[9]

  • 10.910 habitantes - Caracaraí (sede)
  • 617 habitantes - Vila Novo Paraíso
  • 180 habitantes - Vila Petrolina do Norte
  • 574 habitantes - Distrito de Vista Alegre

Distâncias rodoviárias de Caracaraí às sedes municipais mais próximas:

  • Iracema - 42 km
  • Mucajaí - 86 km
  • Boa Vista - 134 km
  • Rorainópolis - 143 km
  • São Luiz do Anauá - 171 km

Política[editar | editar código-fonte]

A cidade fá foi governada por 22 prefeitos.

A prefeita atual é Socorro Guerra, do PROS, eleita em 2016 para a gestão 2017-2020

População[editar | editar código-fonte]

A população deste município continua baixa, ao passo que a densidade demográfica também. Apesar disso é a terceira mais populosa do estado.

Segundo o Censo de 2010 a população de Caracaraí era de 18.398 habitantes. Já a população estimada em 2016 era de 20,537 habitantes, o que resulta numa densidade demográfica de 0,43 hab/km².

Economia[editar | editar código-fonte]

A principal atividade econômica é o pescado; o principal mercado consumidor é a capital do Estado de Roraima. Ao mesmo tempo produz-se para autossubsistência a mandioca, arroz, milho, entre outros. E atualmente a prestação de serviços como a construção civil de obras públicas tem sido relevante.

Turismo e Lazer[editar | editar código-fonte]

• Festival Folclórico de Caracaraí: criado de forma discreta em 2006, hoje um dos eventos que mais movimenta o município é o festival folclórico. Inspirado no famoso festival do boi de Parintins, o evento mostra a disputa entre duas agremiações: Gavião Caracará, representado nas cores Verde e Branco. A agremiação homenageia a Ave predominante no local. E a Cobra Mariana, nas cores azul e branco, trás em seu enredo a história da Lendária cobra grande que mora nos fundos do Rio Branco.

• Carafolia: Caracaraí oferece o melhor carnaval do estado de Roraima, com apresentações de blocos e rua e muita diversão para os visitantes que vem de todo o estado.

• Festejo de Nossa Senhora do Livramento: Homenageia a padroeira do municio, contando a história de como o vaqueiro Bernardino foi salvo pelas mãos de nossa senhora de um terrível ferimento causado por um touro, quando a cidade servia apenas como Porto de descarga.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Serviços urbanos[editar | editar código-fonte]

O município dispõe de agência de bancos, dos Correios, rede telefônica e estação de rádio-difusão.

Na saúde, existe um hospital público com 25 leitos e vários postos no interior.

Caracaraí é uma comarca da Justiça Estadual e conta com um Fórum: Paulo Martins de Deus. Possui 5 varas: Criminal, Cível, Infância e Juventude, Juizado Especial Criminal e Juizado Especial Cível.

Existem no município 36 escolas de ensino fundamental e 3 de ensino médio, que são a Escola Estadual João Rogélio , Escola Estadual José Vieira Sales Guerra e a Escola Estadual Castelo Branco.

Conta com um sistema de 36 km de rede de distribuição de água. A energia elétrica é distribuída pela Companhia de Eletricidade de Roraima.

Transporte[editar | editar código-fonte]

O Aeroporto de Caracaraí possui a quarta maior pista de pouso da Amazônia Ocidental, com 2.500 metros de extensão, concluída pela COMARA - Comissão de Aeroportos da Amazônia, no ano de 2003.

A navegabilidade de Caracaraí a Manaus pelo baixo rio Branco é maior que em outros pontos a Norte (ainda que grandes embarcações tenham dificuldades durante as fortes secas).

As duas maiores e principais estradas federais de Roraima (BR-174 e BR-210 - "Perimetral Norte") cruzam-se no município, sendo que no trecho de 130 quilômetros entre a sede municipal e a vila de Novo Paraíso as duas seguem sobrepostas. Nas proximidades da cidade há a Ponte José Vieira de Sales Guerra, sobre o rio Branco. O município possui dois pequenos aeroportos, um na sede municipal (asfaltado, 2500m x 80m) e outro em Novo Paraíso (asfaltado). Possui ainda a quarta maior pista de pouso da amazônia, localizada na entrada do município, as margens da BR-174.

Referências[editar | editar código-fonte]

Bibliográficas

FREITAS, Aimberê (1998). Estudos Sociais - RORAIMA. Geografia e História 1 ed. São Paulo: Corprint Gráfica e Editora Ltda. 83 páginas. ISBN 34523432 Verifique |isbn= (ajuda) 

Digitais
  1. «CEP de cidades brasileiras». Correios. Consultado em 31 de Julho de 2008 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. «Mapas e rotas». Guia 4 Rodas. Consultado em 3 de novembro de 2011 
  4. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  5. a b Embrapa Monitoramento por Satélite. «Roraima». Consultado em 8 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 8 de outubro de 2011 
  6. «Estimativa populacional 2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2016. Consultado em 30 de agosto de 2016 
  7. a b Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (2010). «Perfil do município de Caracaraí - RR». Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013. Consultado em 28 de dezembro de 2013 
  8. a b «Produto Interno Bruto dos municípios 2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 14 de dezembro de 2016 
  9. «bestatistica/populacao/censo2010/default.shtm Dados com base em levantamentos utilizando os resultados do Censo 2010 do IBGE.»  Acesso em 7 fev 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]