Caramuru (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Caramuru. Poema Épico do Descobrimento da Bahia". Fac-simile da capa da primeira edição.

Caramuru. Poema Épico do Descobrimento da Bahia é um poema épico do frei Santa Rita Durão, escrito em 1781.

Conta a história de Diogo Álvares Correia, o "Caramuru", um náufrago português que viveu entre os Tupinambás. O livro alude também a sua esposa, Catarina Paraguaçu, como visionária capaz de prever as guerras contra os neerlandeses. Os escritos seguem a inspiração de Luís Vaz de Camões, utilizando-se de mitologia grega, sonhos e previsões, mas ainda assim tem grande valor por incluir informações sobre os povos indígenas brasileiros.

Além de relatar a trajetória de Caramuru, refere outros fatos da história do Brasil. É uma obra essencial para o estudo da literatura brasileira arcadista.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Caramuru (livro)


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.