Carassius carassius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCarassius carassius
CarassiusCarassius8.JPG
Carpín pescado a Feeder.jpg
240px
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Cordados
Classe: Actinopterygii
Subclasse: Neopterygii
Infraclasse: Teleostei
Superordem: Ostariophysi
Ordem: Cypriniformes
Subordem: Cyprinoidea
Família: Cyprinidae
Género: Carassius
Espécie: C. carassius
Nome binomial
'''Carassius carassius'''

O pimpão (Carassius carassius) é uma espécie de peixes da família dos Cyprinidae no ordem dos Cypriniformes.

Morfologia[editar | editar código-fonte]

  • É muito parecida à carpa mas sem barbilhas.
  • Tem uma cor pardo com reflexos dourados ou vermelhos.
  • Às vezes confunde-se com a carpa dourada ou carpin (Carassius auratus), sobretudo suas variedades de cor mais viva.
  • Os machos podem atingir os 64 cm de comprimento total e os 3 kg de peso.[1][2][3]

Habitat[editar | editar código-fonte]

É um peixe de água doce.

Distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

Prefere as águas tranquilas de corrente lenta ou estancadas. Encontra-se em rios, balsas e estanques de água doce desde a Península Ibérica até norte da China.

Sabe-se que foi um dos peixes introduzidos no Lago de Bañolas no final do s. XIX e no século XX junto com o línguado comum, a carpa, a garda, a achigã e a gambusia.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. FishBase (em inglês)
  2. Koli, L., 1990. Suomen kalat. [Fishes of Finland] Werner Söderström Osakeyhtiö. Helsinki. 357 p. (em finés.
  3. Muus, B.J. e P. Dahlström, 1968. Süßwasserfische. BLV Verlagsgesellschaft, Munich. 224 p.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Eschmeyer, William N., ed. (1998). Catalog of Fishes. Special Publication of the Center for Biodiversity Research and Information. 1–3. San Francisco, Estados Unidos: Califórnia Academy of Sciences. ISBN 0-940228-47-5. 2905 
  • Fenner, Robert M. (2001). The Conscientious Marine Aquarist. Neptune City, Nova Jersey, Estados Unidos: T.F.H. Publications 
  • Helfman, G.; B. Collette; D. Facey (1997). The diversity of fishes. Malden, Massachusetts, Estados Unidos: Blackwell Science 
  • Moyle, P.; J. Cech. (2000). Fishes: An Introduction to Ichthyology 4ª ed. Upper Saddle River, Nova Jersey, Estados Unidos: Prentice-Hall 
  • Nelson, J. (1994). Fishes of the World 3ª ed. Nova York, Estados Unidos: John Wiley and Sons 
  • Riede, K. (2004). Global register of migratory species - from global to regional scales. Final Report of the R&D-Projekt 808 05 081. (Relatório). Bonn, Alemanha: Federal Agency for Nature Conservation. p. 329 
  • Wheeler, A. (1985). The World Encyclopedia of Fishes 2ª ed. Londres: Macdonald 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Carassius carassius
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Carassius carassius