Carcharoth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde outubro de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Carcharoth, dentro das obras de fantasia criadas por J.R.R. Tolkien, era um dos filhotes da raça de Draugluin. Carcharoth sempre foi alimentado pela mão de Morgoth com carne de elfos e homens. Acabou crescendo rápido até não conseguir se enfiar em nenhuma cova e ficava sempre deitado, enorme e faminto, aos pés de Morgoth. Ali as fogueiras e as agonias do inferno nele se impregnaram, e ele acabou sendo tomado por um espírito devorador, atormentado, terrível e forte. E quando chegaram rumores sobre latidos de Huan perto de Angband, ele foi ordenado por Morgoth a ficar insone diante dos portões. Carcharoth morde e arranca a mão de Beren, engolindo junto a Silmaril que este segurava.


Seu nome original era Karkaras (presas de faca), até Tolkien resolver mudá-lo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a obra de J. R. R. Tolkien é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.