Careiro da Várzea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Careiro da Várzea
Carreiro da Várzea - BR 319- Amazonas Brazil. - panoramio (6).jpg

Bandeira indisponível
Brasão de Careiro da Várzea
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Fundação 30 de dezembro de 1987 (29 anos)
Gentílico careirense-da-várzea
Prefeito(a) Ramiro Gonçalves de Araújo (PMDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Careiro da Várzea
Localização de Careiro da Várzea no Amazonas
Careiro da Várzea está localizado em: Brasil
Careiro da Várzea
Localização de Careiro da Várzea no Brasil
03° 13' 15" S 59° 49' 33" O03° 13' 15" S 59° 49' 33" O
Unidade federativa  Amazonas
Mesorregião Centro Amazonense IBGE/2008[1]
Microrregião Manaus IBGE/2008[1]
Região metropolitana Manaus
Municípios limítrofes Manaus, Careiro, Iranduba, Manaquiri, Autazes, Itacoatiara.
Distância até a capital 25 km
Características geográficas
Área 2 631,128 km² [2]
População 28 592 hab. (AM: 26º) –  estimativa populacional - IBGE/2016[3]
Densidade 10,87 hab./km²
Altitude 41 m
Clima Equatorial Am
Fuso horário UTC-4
Indicadores
IDH-M 0,569 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 234 453 mil IBGE/2013[5]
PIB per capita R$ 8 773,79 IBGE/2013[5]
Página oficial

Careiro da Várzea é um município brasileiro localizado na Região Metropolitana de Manaus, no estado do Amazonas. Sua população, de acordo com estimativas de 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), era de 28 592 habitantes.[3]

História[editar | editar código-fonte]

O município de Careiro da Várzea foi criado em 30 de Dezembro de 1987.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O acesso ao município se dá por via fluvial, em embarcações que saem diariamente do porto de Manaus ou em lanchas rápidas que saem do porto do Ceasa em Manaus. O município é tipicamente de várzea (95%), sendo o restante composto em áreas de terra firme.

Na época de cheia anual tem acesso fluvial ao município de Autazes através do paraná do Gurupá localizado no Careiro da Várzea, as lanchas saem do porto de Manaus.

Política[editar | editar código-fonte]

O primeiro administrador de Careiro da Várzea foi Valeriano Sotero da Silva, em seguida, foi nomeado José Vasconcelos de Farias. Em 1988 houve a primeira eleição direta para prefeito, sendo eleita Maria das Graças Alencar (1989-1992). Os prefeitos que se seguiram foram Pedro Duarte Guedes (1993-1996), José Teixeira da Costa (1997-2000), Pedro Duarte Guedes (2001-2004), Pedro Duarte Guedes (2005-2008), Raimundo Nonato da Silva (2009-2012), Pedro Duarte Guedes (2013-2016) e atualmente, o município de Careiro da Várzea é governado por Ramiro Gonçalves (PMDB Amazonas) eleito prefeito do município juntamente com Kedson Araújo (PP) vice-prefeito para o mandato de 2017 a 2020.

Feriados municipais[editar | editar código-fonte]

15 de Agosto, dia da Padroeira da Município, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

  • 1º de Dezembro, aniversário do Município.[6]
  • 27 de Junho - Dia do Mestiço.

Galeria de fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. a b «Estimativas da população residente no Brasil e Unidades da Federação com data de referência em 1º de julho de 2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 12 de setembro de 2016. Consultado em 12 de setembro de 2016 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 9 de setembro de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2010-2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 19 de dezembro de 2015 
  6. «Direitos originários: Careiro da Várzea institui feriado do Dia do Mestiço». Nação Mestiça. 28 de agosto de 2012. Consultado em 14 de março de 2013