Carinha de Anjo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a adaptação brasileira de 2016. Para a telenovela original mexicana, veja Carita de ángel.
TV-icon-novela-current.svg
Carinha de Anjo é uma telenovela em exibição.
As informações apresentadas podem mudar rapidamente com o desenvolvimento da trama.
Carinha de Anjo
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 45 minutos
Estado Em produção
Criador(es) Leonor Corrêa (adaptação)
Baseado em Carita de ángel de Nicandro Díaz e Abel Santa Cruz
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es)
  • Ricardo Mantoanelli (geral)
  • João Batista
  • Mário Moraes
  • Roberto Menezes
  • Vanessa Arruda
Elenco
Tema de abertura "Carinha de Anjo", Lucero
Tema de encerramento "Carinha de Anjo", Lucero
Exibição
Emissora de televisão original SBT
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Formato de áudio Estéreo
Transmissão original 21 de novembro de 2016 (2016-11-21) – presente
Cronologia
Programas relacionados

Carinha de Anjo é uma telenovela brasileira produzida e exibida originalmente pelo SBT desde o dia 21 de novembro de 2016, substituindo o horário anteriormente ocupado por Cúmplices de um Resgate.[1] A telenovela é inspirada na mexicana Carita de ángel, que, por sua vez, é um remake de Mundo de juguete, ambas produzidas pela Televisa e que haviam sido baseadas na trama argentina escrita por Abel Santa Cruz, Papá corazón. Esta será a segunda adaptação brasileira da obra original argentina, visto que a Rede Tupi apresentou em 1976 a sua primeira versão, chamada de Papai Coração. A nova versão é escrita por Leonor Corrêa, com supervisão de Íris Abravanel e direção geral de Ricardo Mantoanelli.[2]

A trama conta com Lorena Queiroz, Bia Arantes, Carlo Porto, Priscila Sol, Dani Gondim, Karin Hils, Eliana Guttman e Lucero nos papéis principais.[2][3][4]

Antecedentes

Em 1973, Abel Santa Cruz escreveu Papá corazón para a emissora argentina Canal 13. Logo em seguida, a obra original ganharia diversas versões na América Latina, começando com a mexicana Televisa produzindo e exibindo a refilmagem Mundo de juguete. Em 1976, a brasileira Rede Tupi adaptou o roteiro original argentino e produziu o remake Papai Coração.[5][6] Mais tarde, surgiram outras versões da obra: a argentina Mundo de muñeca (1986), a mexicana Carita de ángel (2000-2001) e a paraguaia Papá del corazón (2008).[6]

Carita de ángel seria apresentada no Brasil, pelo SBT, em duas exibições e também foi reapresentada no país pela TLN Network, emissora do grupo Televisa.[7][8] No SBT, a trama foi considerada um fenômeno, registrando médias que variavam de 18 a 21 pontos no Ibope na Grande São Paulo.[7] A antecessora, Serafim, dava média de 13 pontos.[7] É a melhor audiência de uma novela infantil do SBT desde 1998, quando exibia Chiquititas.[7] Carita de ángel repetiu o fenômeno Carrossel, produção infantil mexicana apresentada pela emissora em 1991.[7][9]

Divulgação

Para a divulgação da novela, o SBT apresentou parte dos personagens de Carinha de Anjo no show de Cúmplices de um Resgate, realizado no Ginásio do Ibirapuera em agosto de 2016. Maisa Silva, caracterizada como Juju Almeida, sua personagem em Carinha de Anjo, foi quem apresentou todo o show ao lado de Larissa Manoela e cantou sua música-tema de Carinha de Anjo pela primeira vez, “Anjo da Internet”. Na sequência a atriz mexicana e cantora internacional Lucero subiu ao palco, caracterizada como Teresa, sua personagem, e cantou três canções, entre elas, a música que será o tema de abertura da novela. Houve ainda a apresentação da protagonista Lorena Queiroz (Dulce Maria) e Karin Hils (irmã Fabiana) se apresentou ao lado das freiras e do elenco mirim da nova trama da emissora, a clássica canção “Oh Happy Day”.[10][11][12]

As primeiras prévias e chamadas começaram a serem veiculadas em setembro de 2016.[13][14] No mesmo mês, a emissora lança um canal próprio no YouTube, o "Vlog da Juju" com Maísa Silva. Na novela, Juju é uma vlogueira conectada, que faz grande sucesso na internet com os seus vídeos.[15]

Em 9 de novembro, o SBT realizou uma coletiva de imprensa para apresentar a produção. Estavam presentes a autora Leonor Corrêa, a supervisora-geral Iris Abravanel, o diretor-geral Ricardo Mantoanelli e o elenco completo da trama.[16][17]

Outros programas de auditório da emissora receberam o elenco da novela, como Teleton,[18][19][20], Silvio Santos,[21] Máquina da Fama,[22] Raul Gil,[23] Ratinho,[24] The Noite com Danilo Gentili,[25][26][27][28] e Domingo Legal.[29]

Enredo

Question book.svg
Esta seção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Dulce Maria é uma menina doce, ingenua, inteligente e alegre de 5 anos de idade. É brincalhona, aventureira e extremamente curiosa. Diverte a todos com seus comentários e perguntas indiscretas e surpreende com suas descobertas. Ela é filha única de Gustavo Lários (Carlo Porto), bem-sucedido empresário da cafeicultura brasileira, e da mexicana Teresa Rezende Lários (Lucero), mãe acolhedora de sábios conselhos e voz adorável, que faleceu num acidente quando Dulce Maria tinha apenas 3 anos de idade. Traumatizado com a tragédia, Gustavo deixou a filha no colégio interno católico rural: Doce Horizonte, e mudou-se para a Espanha. Durante dois anos, viveu isolado da família. Na ausência do pai, Dulce Maria contou com o afeto e os cuidados de Estefânia (Priscila Sol), prima de Gustavo (apelidada por ela de “Tia Perucas”) que é cheia de estilo e personalidade. Sua marca é o visual monocromático da cabeça aos pés, ou seja, da peruca ao sapato, que reflete seu humor. Recebeu ainda a atenção do Padre Gabriel (Alcemar Vieira), seu tio paterno, e de todas as freiras e noviças do internato onde vive e estuda.

Quase todas as noites, Dulce Maria sonha com Teresa. Elas se encontram numa lúdica casa de bonecas. Lá, mãe e filha vivem momentos mágicos, emocionantes, divertidos e a pequena Dulce é sempre abastecida de afeto e conselhos.

No colégio é muito querida por todos. Criativa nas aventuras, sempre disposta a ajudar, e por isso mesmo vive se metendo em encrenca e arrumando confusão. É lá que ela recebe o carinho maternal da noviça Cecília (Bia Arantes), professora dedicada, protetora e zelosa. Também tem como parceira de travessuras a irmã Fabiana (Karin Hils), uma noviça quase rebelde e engraçada que comanda o coral do colégio. Já a Madre Superiora (Eliana Guttman), diretora do internato, não esconde seu afeto especial por Dulce Maria, mas também não deixa de passar os sermões e exigências sempre que necessários.

A história começa quando Gustavo resolve voltar para a cidade de Doce Horizonte e mostrar que cometeu um grande erro ao se afastar da filha. Recuperado da depressão após a morte de Teresa, ele retorna determinado a reconstruir a vida ao lado de Dulce Maria. Para a surpresa de Estefânia (Tia Perucas) e Gabriel, ele não volta sozinho. Nicole Escobar (Dani Gondim), a nova namorada, esbanja beleza, porém nenhuma vocação para a maternidade. O que o empresário não sabe é que Nicole só está interessada no status e dinheiro que pode ter se casando com Gustavo. Haydee (Clarice Niskier), a mãe de Nicole, e Flávio (Eduardo Pelizzari), o irmão, paparicam Gustavo e sonham em se dar bem com a união do casal. Dulce Maria rejeita a ideia de ver o pai casado novamente. Ela tem medo que ele nunca mais se lembre da mãe dela. É nos braços da noviça Cecília que Dulce Maria mais encontra segurança. É a única “mulher feminina que sonha em ter como segunda mãe”. Ao contrário de Nicole, com quem tem constantes desavenças e nenhuma afinidade. Dulce Maria gostaria que as noviças pudessem se casar.

Os conflitos e questionamentos sobre a vocação religiosa da bela e doce Cecilia são constantes e, com o tempo, ela se vê dividida entre a religião e seus sentimentos velados por Gustavo. Com a chegada de Fátima (Rai Teichimam), irmã de Cecilia, a noviça recebe o incentivo para deixar a vida religiosa e lutar por seu amor. Mas, essa decisão não é nada fácil. Gustavo também não consegue esconder o fascínio que sente pela professora mais querida da filha desde o primeiro instante em que a encontra. Mas ele sabe que não pode alimentar um amor proibido. Não só pela resistência em assumir seus sentimentos, mas também por outras mulheres que aparecem em sua vida. Já Cecília, recebe uma atenção especial de André (Bruno Lopes), o médico da cidade.

Em casa, Dulce Maria convive com os funcionários: Silvestre (Blota Filho), o mordomo da família, e Franciely (Carol Loback), a cozinheira indiscreta. Logo aparece Vitor (Thiago Mendonça), amigo de Gustavo e chef de cozinha, que monta um food truck na cidade e se encanta pela Tia Perucas. Vitor conta com o auxílio da governanta Solange (Cristina Mutarelli), amiga de Silvestre. No luxuoso prédio onde vive Gustavo, mora uma família divertida e conectada que também se aproxima de Dulce Maria. A adolescente Juliana (Maisa Silva) é vlogueira, fã de tecnologia e tem um canal na internet que atrai milhões de acessos e visualizações, o “Vlog da Juju”. Seu irmão, Emílio (Gabriel Miller), adotado, se torna grande amigo de Dulce Maria. E ambos são filhos de Rosana (Ângela Dip), síndica do condomínio, moderna e despachada, que anda pela cidade com seu triciclo motorizado nada discreto. Seu jeito irreverente encanta o delegado Peixoto (José Rubens Chachá), responsável, junto com seu fiel escudeiro, o policial Ribeiro (Carlos Mariano), por resolver os casos policiais que aparecem na cidade.

Nesses dois anos de isolamento do pai de Dulce Maria, a empresa de Gustavo, Rey Café, ficou sob os cuidados do amigo e diretor jurídico, Cristóvão (Guilherme Gorski). Ele é apaixonado por Estefânia, o que desperta ciúme na secretária dele, Silvana (Silvia Franceschi).

Como toda garotinha, Dulce Maria tem no internato grandes amigas. As mais próximas são Adriana (Marianna Santos), Duda (Maria Eduarda Silva), Valentina (Valenthina Rodarte) e Lúcia (Helena Luz). Mas, uma dupla da pesada não se conforma com o carinho e atenção que Dulce recebe das noviças e não aceita sua liderança. Bárbara (Renata Randel) e Frida (Sienna Belle) provocam Dulce Maria, criando situações que possam complicar sua vida no colégio, com o intuito de prejudicá-la. No internato, Dulce Maria também encontra carinho e alegria na família do caseiro Inácio (Eddie Coelho) e sua esposa Diana (Camilla Camargo). Casal batalhador que cria os dois filhos com humildade e muito orgulho. O mais velho, Zeca (Jean Paulo Campos), está com quatorze anos e é fruto do casamento anterior de Inácio. É um garoto doce que sonha em fazer sucesso como cantor de música sertaneja. Zé Felipe (Leonardo Oliveira), o caçula, tem 6 anos. É elétrico e criativo, o mais bagunceiro da casa. Com a contratação do jardineiro Pascoal (Camilo Bevilacqua) pela Madre Superiora, a família aumenta, já que ele se torna um avô postiço da garotada.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Exibição

O primeiro capítulo de Carinha de Anjo foi exibido no dia 21 de novembro de 2016, dividindo horário e sendo exibido após Cúmplices de um Resgate e antes de Chiquititas, pelo SBT. A telenovela infanto-juvenil é exibida de segunda a sexta, com a classificação indicativa de livre para todos os públicos.[carece de fontes?]. Junto com a produção e o lançamento de Carinha de Anjo, a emissora também definiu a sua substituta, com o título provisório de As Aventuras de Pollyanna e João Feijão.[30]

Elenco

Ator/Atriz Personagem
Lorena Queiroz Dulce Maria Rezende Lários
Bia Arantes Irmã Cecília Santos
Carlo Porto Gustavo Lários
Lucero Teresa Rezende Lários
Priscila Sol Estefânia Lários (Tia Perucas)
Dani Gondim Nicole Escobar
Karin Hils Irmã Fabiana Teixeira
Eliana Guttman Maristela Lopes (Madre Superiora)
Alcemar Vieira Padre Gabriel Lários
Maisa Silva Juliana Almeida (Juju)
Jean Paulo Campos José Carlos de Oliveira (Zeca)
Camilla Camargo Diana de Oliveira
Eddie Coelho Inácio de Oliveira
Ângela Dip Rosana Almeida
Blota Filho Silvestre Moreira
Thiago Mendonça Vitor Gamboa
Clarice Niskier Haydee Escobar
Eduardo Pelizzari Flávio Escobar
José Rubens Chachá Delegado Peixoto
Laryssa Dias Irmã Luzia
Gabriela Petry Selene
Cristina Mutarelli Solange Ortiz
Camilo Bevilacqua Pascoal Gomes
Tânia Bondezan Eva
Rai Teichimam Fátima Santos
Sienna Belle Frida Bastos
Renata Randel Bárbara Guerra Smith
Gabriel Miller Emílio Almeida
Leonardo Oliveira José Felipe de Oliveira (Zé Felipe)
Guilherme Gorski Cristóvão Valdez
Carolina Loback Franciely da Silva
Elisa Brites Verônica Matias
Bruno Lopes Dr. André Renato Vieira
Renata Bras Irmã Ana
Bruna Ximenes Irmã Rita
Carlos Mariano Policial Ribeiro
Fran Maya Miller
Giovanna Nasser Giovanna (Geo)
Maria Eduarda Silva Maria Eduarda (Duda)
Mariana Santos Adriana Figueiredo
Mariana Amor Mariana
Helena Luz Lúcia Junqueira
Isabella Nakahara Isabela
Silvia Franceschi Silvana Soares
Jasmim Sabino Jasmim
Manuela Dieguez Débora
Manuela Fernandes Fernanda
Manuela Munhoz Manuela
Lara Fanganielo Lara
Luiza Aguirre Luiza
Valenthina Rodarte Valenthina
Rachel Rennhack Irmã Bene
Anna Júlia Mattos Ana Júlia
Ana Sofia Rigoni Ana Sofia
Brenda Santiago Brenda
Stella Miranda Noemia

Galeria

Recepção da crítica

A mídia mexicana reagiu com elogios e críticas pela escolha que a atriz Lucero fez ao aceitar o convite do SBT para atuar em Carinha de Anjo. A versão mexicana do portal estadunidense The Huffington Post publicou uma matéria intitulada "O que há com o sucesso de Lucero no Brasil?", na qual demonstra o sucesso que a atriz e cantora mexicana faz com os seus fãs brasileiros nas redes sociais e avalia que Lucero se tornou a "nova sensação da televisão brasileira".[31] Já o site do jornal El Universal, em texto assinado por Luis Magaña, publicou uma matéria intitulada "Lucera triunfa em português", em que mostra o objetivo da atriz em aprender a língua portuguesa para atuar na telenovela.[32] O jornal avalia que a atriz "está fazendo história" por "não apenas iniciar as gravações da novela", mas também pela "mobilização de público e meios de comunicação em um dos países mais povoados".[32]

A edição em espanhol da revista People destacou que é a primeira vez que Lucero grava uma novela em um idioma que não é o espanhol, observando também que atriz está sendo recepcionada no país com status de estrela por seus fãs brasileiros.[33] A mesma revista ainda fez uma apresentação de Lorena Queiroz, protagonista mirim da novela, a quem chamou de "menina simpática", falando que ela tem "muitíssimo talento", e, "sem dúvidas", possui um "rosto angelical".[34]

Na avaliação do site de celebridades Mundo Hispano, a atriz perdeu a sua estrela, como opina no texto "A sua estrela se apaga? Lucero aceita trabalho de baixo nível", que foi publicado pelo site em abril de 2016.[35] O site avalia que a atriz irá interpretar um papel secundário na novela e ainda diz que o SBT é uma "televisão pequena".[35] Meses após o texto ser publicado pelo site, a colunista Keila Jimenez, do portal brasileiro R7, avaliou que a atriz estava sendo "desprezada" pela mídia hispânica, citando ainda o texto do site Mundo Hispano.[36]

Audiência

No primeiro capítulo exibido no dia 21 de novembro, a novela marcou 13,4 pontos, segundo dados prévios de audiência, ficando atrás da estreia de sua antecessora, Cúmplices de um Resgate, alcançando o terceiro lugar por uma diferença menor para a Rede Record, que exibia a novela A Terra Prometida, mas apesar disso, a novela manteve os bons índices marcados pelo SBT no horário.[37] Na audiência consolidada, Carinha de Anjo marcou 13,6 pontos, enquanto a Record marcou 14,1 e a Globo fechou com 28 pontos no mesmo horário em que o SBT exibia a novela.[38][39]

Referências

  1. «SBT define data da estreia da novela "Carinha de Anjo"». Tn Audiência. 9 de setembro de 2016. Consultado em 19 de setembro de 2016 
  2. a b «Nova novela do SBT tem atriz mexicana, ex-globais e filha de Zezé». UOL. 31 de março de 2016. Consultado em 19 de setembro de 2016 
  3. Endrigo Annyston (18 de novembro de 2016). «Conheça os personagens da novela Carinha de Anjo». Observatório da Televisão. BOL. Consultado em 19 de setembro de 2016 
  4. Vaquer, Gabriel (17 de novembro de 2016). «Lucero faz "peregrinação" em programas do SBT para divulgar "Carinha de Anjo"». NaTelinha. UOL. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  5. «Teledramaturgia - Papai Coração». Teledramaturgia. Consultado em 23 de outubro de 2016 
  6. a b Nilson Xavier (16 de novembro de 2016). «Você sabia? Narjara Turetta foi a primeira "Carinha de Anjo" no Brasil». Blog do Nilson Xavier. UOL. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  7. a b c d e Daniel Castro (13 de agosto de 2001). «"Novela do SBT repete fenômeno "Carrossel"». Folha de S.Paulo. UOL. Consultado em 9 de novembro de 2015 
  8. Rafael Souza (19 de novembro de 2016). «Relembre "Carinha de Anjo", que acaba de ganhar versão brasileira». Rádio Jornal. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  9. «A novela Carinha de Anjo estréia hoje no SBT». Babado IG. 9 de julho de 2001. Consultado em 16 de maio de 2015 
  10. «Show de "Cúmplices de um Resgate" terá Lucero e elenco de "Carinha de Anjo"». UOL. 21 de julho de 2016. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  11. Fischer, Neuber (29 de agosto de 2016). «Show de Cúmplices de Um Resgate lota o Ginásio do Ibirapuera – Veja Fotos!». Observatório da Televisão. UOL. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  12. «Lucero arrasa no show de Cúmplices de Um Resgate». SBT. 27 de agosto de 2016. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  13. Azevedo, Philippe (19 de setembro de 2016). «SBT divulga a primeira chamada de Carinha de Anjo». Observatório da Televisão. UOL. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  14. Falcheti, Fabrício (18 de setembro de 2016). «SBT começa a divulgar "Carinha de Anjo"; confira primeiro teaser». NaTelinha. UOL. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  15. «"Vlog da Juju" é lançado nas redes sociais e promete conquistar o público teen». SBT. 27 de setembro de 2016. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  16. Takano, Andréia (9 de novembro de 2016). «SBT realiza a coletiva de Carinha de Anjo». SBT. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  17. «SBT reúne a imprensa para apresentar Carinha de Anjo». SBT. 9 de novembro de 2016. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  18. «SBT promove "Carinha de Anjo" na maratona do Teleton 2016». UOL. 5 de novembro de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  19. «Elenco mirim de "Carinha de Anjo" participa do Teleton». SBT. 5 de novembro de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  20. «Será que a Lucero vem para o Teleton 2016?». SBT. 12 de outubro de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  21. «Silvio Santos recebe Lucero, Larissa Manoela e João Guilherme neste domingo». SBT. 15 de julho de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  22. «Lucero e Carlo Porto se transformam no casal de "Grease" no Máquina desta segunda». SBT. 18 de novembro de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  23. «Raul Gil recebe Juju Almeida no Programa Raul Gil deste sábado». SBT. 18 de novembro de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  24. «Ratinho recebe Larissa Manoela, Lucero e Lucas Lucco no programa desta quarta». SBT. 16 de novembro de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  25. «Leite Show com elenco de Carinha de Anjo». SBT. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  26. Annyston, Endrigo (18 de novembro de 2016). «Danilo Gentili recebe elenco de Carinha de Anjo no The Noite». Observatório da Televisão. UOL. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  27. Pires, Tamiris (19 de novembro de 2016). «Camila Camargo revela que sentia ciúmes do pai, Zezé Di Camargo». Observatório da Televisão. UOL. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  28. «'Autenticidade leva as pessoas além', diz Maisa Silva». F5. UOL. 29 de setembro de 2016. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  29. «Celso Portiolli recebe Dulce Maria e Juju Almeida da novela "Carinha de Anjo"». SBT. 18 de novembro de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  30. «SBT define novela que substituirá "Carinha de Anjo"». SBT. 19 de agosto de 2016. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  31. Cristina Díaz (16 de novembro de 2016). «¿Qué onda con el éxito de Lucero en Brasil?» (em espanhol). The Huffington Post. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  32. a b Luis Magaña (10 de junho de 2016). «Lucero triunfa en portugués» (em espanhol). El Universal. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  33. Moisés González (28 de junho de 2016). «Lucero llega a Brasil como toda una estrella para grabar su nueva telenovela (VIDEOS)» (em espanhol). People en Español. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  34. Moisés González (2 de julho de 2016). «Conoce a la niña brasileña que será la hija de Lucero en su nueva telenovela (FOTOS)» (em espanhol). People en Español. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  35. a b «¿Se apaga su estrella? Lucero acepta trabajo de bajo nivel» (em espanhol). Mundo Hispano. 20 de abril de 2016. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  36. Keila Jimenez (19 de novembro de 2016). «Estrela mexicana é 'desprezada' por fazer novela no Brasil». R7. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  37. «Saiba qual foi a audiência de estreia da novela "Carinha de Anjo" no SBT – TV Foco». TV Foco - Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos. 22 de novembro de 2016 
  38. Keila Jimenez (22 de novembro de 2016). «Nova novela infantil do SBT estreia com boa audiência». R7. Consultado em 23 de novembro de 2016 
  39. Rafaela Santos (22 de novembro de 2016). «'Carinha de anjo' estreia com 14 pontos em São Paulo». Coluna da Patrícia Kogut. O Globo. Consultado em 23 de novembro de 2016 

Ligações externas

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikidata Base de dados no Wikidata