Carlos Alberto Sotelho de Souza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Alberto
Informações pessoais
Nome completo Carlos Alberto Sotelho de Souza
Data de nasc. 19 de junho de 1953 (66 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1,72 m
destro
Apelido Carlinhos, Mão Branca
Informações profissionais
Período em atividade 1977–1985
Equipa atual Aposentado
Número 2
Posição ex-Lateral-direito e ex-Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)



1977–1979
1980–1983
1984–1985


Total
Brasil Bonsucesso
Brasil Vitória
Brasil Bonsucesso
Brasil Joinville
Brasil Flamengo
Brasil Cruzeiro
Brasil Portuguesa
Brasil Londrina
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0116 0000(2)
0102 0000(1)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0218 0000(3)
Times/Equipas que treinou
Brasil Nova Iguaçu
Brasil Cabofriense
Brasil CFZ-RJ
Brasil Portuguesa da Ilha
Brasil Bonsucesso
Brasil Volta Redonda
Brasil Campinense

Brasil Nova Cidade

000 (000V, 000E, 000D)
000 (000V, 000E, 000D)
000 (000V, 000E, 000D)
000 (000V, 000E, 000D)
000 (000V, 000E, 000D)
000 (000V, 000E, 000D)
000 (000V, 000E, 000D)

0011 (00 4V, 00

0E, 000D)

Carlos Alberto Sotelho de Souza (Rio de Janeiro, 19 de junho de 1953), é um ex-futebolista e ex-treinador brasileiro. Como jogador, Carlos Alberto atuava como lateral-direito ou lateral-esquerdo. Carlos Alberto é jogador da equipe FlaMaster do Flamengo.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Carlos Alberto começou a sua carreira no futebol dentro do Bonsucesso. Defendeu o Vitória do Espírito Santo e voltou ao Bonsucesso. Em 1977, foi jogar no Joinville. O lateral foi Bicampeão estadual em 1978 e 1979, e deixou saudades quando foi vendido para o Flamengo.

No time carioca, ganhou muitos títulos, atuou em 102 jogos com o Manto Sagrado e fez apenas um gol, golaço e importante. Foi na semifinal do Campeonato Brasileiro de 1980 contra o Coritiba, numa grande vitória de virada por 4 a 3 no Maracanã. Uma espetacular arrancada que terminou com um chute forte no ângulo direito do goleiro Moreira. Era o 3 a 2 ainda no primeiro tempo. O time se classificaria para a sua primeira final do Brasileirão contra o grande Atlético Mineiro de Reinaldo. Só não teve mais oportunidades naquela época pois Leandro pedia passagem para viver o seu auge e, infelizmente, uma lesão no joelho o afastou dos gramados por um bom período.

Depois, deixou o Flamengo em 1984 para jogar no Cruzeiro, onde ficou até 1985. Ainda atuou por Portuguesa e Londrina antes de se aposentar dos gramados em 1990.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Após pendurar as chuteiras, Carlos Alberto comandou Nova Iguaçu, Cabofriense, CFZ-RJ, Portuguesa da Ilha, Bonsucesso, Volta Redonda, Campinense e Nova Cidade. A passagem pelo Nova Cidade, foi para buscar o acesso ao Campeonato Carioca Série B1 2018. Infelizmente o Carlos Alberto, bateu na trave, empatando em casa contra o Futuro Bem Próximo[3].


Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 28 de agosto de 1983.

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Flamengo 1980 0 0 0 0 0 0 50 1 0
1981 0 0 0 4 0 0 0 0 0 42 0 0
1982 2 0 0 2 0 0
1983 8 0 0 8 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 102 1 0
Total na carreira 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 102 1 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Joinville

Referências

  1. «Carlos Alberto». FlamengoMaster.com.br. Consultado em 8 de fevereiro de 2016 
  2. «Carlos Alberto». JEC.com.br. Consultado em 8 de fevereiro de 2016 
  3. «Nova Cidade busca empate com Futuro, mas dá adeus ao sonho do acesso». futrio.net 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.