Carlos Eduardo Dolabella

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Eduardo Dolabella
Nome completo Carlos Eduardo Bouças Dolabella
Nascimento 11 de junho de 1937
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Morte 26 de maio de 2003 (65 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Ocupação Ator
Atividade 1965–2003
Cônjuge Pepita Rodríguez

Carlos Eduardo Bouças Dolabella (Rio de Janeiro, 11 de junho de 1937 — Rio de Janeiro, 26 de maio de 2003) foi um ator brasileiro.

Teve trabalhos de destaque na TV entre as décadas de 1970 e 1990, em novelas de sucesso como Irmãos Coragem, Selva de Pedra, O Bem Amado, O Espigão, Espelho Mágico, O Astro, Água Viva, Louco Amor, Amor com Amor se Paga, A Próxima Vítima, Por Amor e Força de um Desejo. Em 2000, participou da minissérie A Muralha. Seu último trabalho na TV foi uma participação em Porto dos Milagres, em 2001. [1]

Dolabella era diabético, e em 2002 sofreu um infarto. Por causa de complicações cardíacas, foi hospitalizado em fevereiro de 2003 e ficou internado até a sua morte.[2]

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Foi casado com a atriz Pepita Rodríguez e tiveram dois filhos, sendo o mais velho também ator e cantor Dado Dolabella.

Morte[editar | editar código-fonte]

Carlos Eduardo Dolabella era diabético em 2002 sofreu um infarto. Por causa de complicações cardíacas, foi internado em Fevereiro de 2003 ficou Internado até a sua morte

Trabalhos na televisão[editar | editar código-fonte]

Novelas
Ano Título Personagem
2001 Porto dos Milagres Comendador Severo
2000 A Muralha João Antunes
1999 Força de um Desejo Comendador Belisário Queiroz
1998 Torre de Babel Fernando Pagão
1998 Sai de Baixo Tomas Antibes (episódio Botando os Bofes Pra Fora)
1998 Labirinto Cerqueira
1997 Por Amor Arnaldo de Barros Motta
1996 O Campeão Roberto Drummond
1995 A Próxima Vítima Luigi "Giggio" De Angelis (participação)
1995 Engraçadinha: Seus Amores e Seus Pecados Provedor
1994 Incidente em Antares ... Quintiliano do Vale
1991 O Guarani D. Antônio de Mariz (Rede Manchete)
1990 Kananga do Japão Orestes
1988 O Pagador de Promessas Tião Gadelha
1986 Hipertensão Marcos
1984 Amor com Amor se Paga Bruno
1983 Louco Amor .. Fernando Lins
1980 O Bem-Amado (Seriado) Neco Pedreira
1980 Água Viva Heitor Sampaio
1979 Pai Herói .. promotor
1978 Sinal de Alerta . Chico Tibiriçá
1977 O Astro Natal
1977 Espelho Mágico Edgar Rabelo
1977 Despedida de Casado Luizão (novela censurada)
1976 Saramandaia Homão
1975 Bravo! . Edu Ribas
1974 O Espigão Marcito Camará
1973 O Bem-Amado Neco Pedreira
1972 Selva de Pedra Caio
1971 O Homem Que Deve Morrer Cesário
1970 Irmãos Coragem Diogo Falcão
1969 Véu de Noiva Armando
1967 A Rainha Louca Don Juan
1966 O Amor Tem Cara de Mulher Canabarro
1965 - Coração Ludovico

cinema[editar | editar código-fonte]

Cinema
Ano Título Personagem
1966 Engraçadinha Depois dos Trinta
1967 Tarzan e o Grande Rio (não creditado)
1967 Carnaval Barra limpa
1968 A Noite do Meu Bem
1968 As Sete Faces de um Cafajeste
1969 Matou a Família e Foi ao Cinema Ele mesmo
1969 O Matador Profissional
1969 Os Raptores
1972 Revólveres não Cospem Flores
1973 O Descarte Ricardo (participação especial)
1973 As Moças Daquela Hora
1974 A Estrela Sobe Mário Alves
1974 Gente Que Transa Carlos Eduardo
1974 Motel Fábio
1976 O Pai do Povo
1976 O Flagrante
1979 O Caso Cláudia Seixas
1979 Dani, um Cachorro Muito Louco
1990 O Mistério de Robin Hood Gavião / Detetive Dirceu
1994 Boca Fonseca
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Morre no Rio de Janeiro, aos 65, o ator Carlos Eduardo Dolabella». Folha de S. Paulo. 27 de maio de 2003. Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  2. Portal Terra