Carlos Eduardo Esteves Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlos Eduardo Esteves Lima
Ministro-chefe interino da Casa Civil do Brasil
Período 16 de setembro de 2010
até 1 de janeiro de 2011
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Antecessor(a) Erenice Guerra
Sucessor(a) Antonio Palocci
Dados pessoais
Nascimento 1959 (58 anos)
Itambacuri, MG
Nacionalidade brasileiro

Carlos Eduardo Esteves Lima (Itambacuri, 1959) é um engenheiro civil e político brasileiro. Foi o último ministro-chefe da Casa Civil do Brasil durante o Governo Lula.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Frei Serafim, distrito de Itambacuri, em Minas Gerais, formou-se em engenharia civil pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e é pós-graduado em Políticas Públicas e Gestão Governamental pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP).

Governo FHC[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira política no governo de Fernando Henrique Cardoso, no qual ocupou o cargo de Secretário-Adjunto de Previdência Complementar do Ministério da Previdência Social, entre 1998 e 2000, com os ministros Reinhold Stephanes e Waldeck Ornelas.[1] Também foi inventariante do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER)[1] e, em 2002, interventor nomeado pelo Palácio do Planalto na Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil.[2]

Governo Lula[editar | editar código-fonte]

No governo de Luiz Inácio Lula da Silva, foi subchefe-adjunto de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais do Ministério da Casa Civil, quando Dilma Rousseff comandava a pasta, e secretário-executivo, desde abril de 2010, na gestão de Erenice Guerra. No dia 16 de setembro daquele ano, assumiu, interinamente,[3] o cargo de Ministro-chefe da Casa Civil, substituindo Erenice, que se afastou após denúncias envolvendo familiares.[4][1]

Referências

  1. a b c Bresciani, Eduardo (16 de setembro de 2010). «Interino da Casa Civil ocupou cargos no governo FHC». G1. Consultado em 9 de dezembro de 2010 
  2. Leite, Janaína (12 de junho de 2002). «A Batalha da Previ - Governo afasta sindicalistas e retoma controle da fundação de R$ 40 bi». IstoÉ Dinheiro. Consultado em 4 de novembro de 2010 
  3. «Diário Oficial da União - Página 1». Imprensa Nacional. 17 de setembro de 2010. Consultado em 4 de novembro de 2010 
  4. Domingos, João (16 de setembro de 2010). «Cai ministra da Casa Civil Erenice Guerra». O Estado de S. Paulo. Consultado em 4 de novembro de 2010 
Precedido por
Erenice Guerra
Ministro-chefe da Casa Civil do Brasil (interino)
2010
Sucedido por
Antonio Palocci