Carlos Gustavo Castillo Mattasoglio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Carlos Gustavo Castillo Mattasoglio
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo de Lima
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Lima
Nomeação 25 de janeiro de 2019
Entrada solene 2 de março de 2019
Predecessor Dom Juan Luis Cardeal Cipriani Thorne
Mandato 2019
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 15 de julho de 1984
Catedral de Lima
por Dom Frei Juan Cardeal Landázuri Ricketts, O.F.M.
Ordenação episcopal 2 de março de 2019
Paróquia São Lázaro
por Dom Nicolas Girasoli
Lema episcopal A TI TE DIGO: LEVÁNTATE
Eu te digo para levantar
Nomeado arcebispo 25 de janeiro de 2019
Brasão arquiepiscopal
Coat of arms of Carlos Gustavo Castillo Mattasoglio.svg
Dados pessoais
Nascimento Lima
28 de fevereiro de 1950 (72 anos)
Nacionalidade peruano
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Carlos Gustavo Castillo Mattasoglio (Lima, 28 de fevereiro de 1950) é um religioso peruano, professor e prelado da Igreja Católica, atual arcebispo da Arquidiocese de Lima.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Lima, estudou na Escola San Agustin, em Lima, quando concluiu seus primeiros estudos em 1966. De 1969 a 1973, estudou Ciências Sociais na Universidad Nacional Mayor de San Marcos. Enquanto estudante, ingressou na União Nacional dos Estudantes Católicos (UNEC), onde conheceu padre Gustavo Gutiérrez Merino, autor da Teologia da Libertação, que foi seu professor.[1][2] Ele estudou filosofia e teologia com especialização em dogmática, e obteve um doutorado em Sagrada Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma.[3][4]

Em 15 de julho de 1984 foi ordenado sacerdote pelo cardeal Juan Landázuri Ricketts.[5] Mais tarde, serviu como conselheiro da União Nacional dos Estudantes Católicos (UNEC) do Peru e da Pastoral da Universidade de Lima. Foi professor do Instituto de Estudos Teológicos Juan XXIII e professor em tempo integral de Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Peru. Durante cinco anos, entre 2010 e 2015, foi pároco da Igreja "San Lázaro" no Rímac.[6]

Em 25 de janeiro de 2019, foi nomeado pelo Papa Francisco como arcebispo de Lima.[7] Sua consagração e instalação ocorreram 2 de março de 2019.[8] Foi consagrado por Dom Nicolas Girasoli, núncio apostólico no Peru, tendo como co-sagrantes Dom Juan Luis Cipriani Thorne, seu antecessor, Dom Pedro Ricardo Barreto Jimeno, S.J., arcebispo de Huancayo, Dom Héctor Miguel Cabrejos Vidarte, O.F.M., arcebispo de Trujillo e Dom Luis Armando Bambarén Gastelumendi, S.J., bispo-emérito de Chimbote.[5]

Referências

  1. Universidad Nacional Mayor de San Marcos (25 de janeiro de 2019). «Nuevo arzobispo de Lima es sociólogo sanmarquino». Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  2. elcomercio.pe (25 de janeiro de 2019). «Carlos Gustavo Castillo será el Arzobispo de Lima». Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  3. larepublica.pe (25 de janeiro de 2019). «Perfil de Carlos Castillo Mattasoglio, nuevo Arzobispo de Lima». Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  4. RPP.pe (24 de janeiro de 2019). «Carlos Castillo Mattasoglio: ¿Quién es el nuevo Arzobispo de Lima?». Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  5. a b Catholic Hierarchy
  6. elcomercio.pe (25 de janeiro de 2019). «Carlos Castillo: ¿quién será el sucesor de Cipriani como Arzobispo de Lima?». Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  7. «Rinuncia dell'Arcivescovo Metropolita di Lima (Perú) e nomina del nuovo Arcivescovo Metropolita» (em italiano). Sala de Imprensa da Santa Sé, Rinunce e nomine, 25.01.2019 
  8. Arzobispado de Lima (25 de janeiro de 2019). «Que la unidad y continuidad de la Iglesia sean la luz que ilumine este tiempo» (em espanhol). Consultado em 26 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Carlos Gustavo Castillo Mattasoglio
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Carlos Gustavo Castillo Mattasoglio


Precedido por
Juan Luis Cipriani Thorne
Brasão arquiepiscopal
Arcebispo de Lima

2019
Sucedido por
incumbente