Carlos Lleras Restrepo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Carlos Lleras Restrepo
Carlos Lleras Restrepo
Presidente da Colômbia
Período 7 de agosto de 1966 - 7 de agosto de 1970
Antecessor(a) Guillermo León Valencia
Sucessor(a) Misael Pastrana Borrero
Dados pessoais
Nascimento 12 de abril de 1908
Bogotá, Colômbia
Morte 27 de setembro de 1994 (86 anos)
Bogotá, Colômbia
Primeira-dama Cecilia de la Fuente Cortés
Partido Partido Liberal Colombiano
Profissão advogado e político

Carlos Lleras Restrepo (19081994) foi um advogado e político colombiano. Foi presidente de seu país entre 1966 e 1970.

Dados biográficos[editar | editar código-fonte]

Lleras nasceu em Bogotá, em 12 de abril de 1908.[1] Era o terceiro filho do médico médico e pesquisador Federico Lleras e Amalia Restrepo. Ele morreu em Bogotá, em 27 de setembro de 1994.

Juventude[editar | editar código-fonte]

Lleras estudou no Instituto La Salle em Bogotá e depois estudou jurisprudência na Universidad Nacional de Colombia. Ele obteve seu diploma de Direito em 1930. Ele também foi membro da Phi Iota Alpha, a mais antiga organização inter-colegial de letras gregas para estudantes internacionais latino-americanos.

Vida privada[editar | editar código-fonte]

Lleras era primo de Alberto Lleras Camargo, outro importante político colombiano e presidente da Colômbia. Foi casado com Cecilia de la Fuente, com quem teve três filhos. German Vargas Lleras é seu neto.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Lleras se envolveu na política desde cedo. Em 1929, foi eleito pelo partido liberal delegado à Convenção Nacional de Apulo. Aos 21 anos, ele era membro do comitê nacional do Partido Liberal Colombiano. Lleras foi eleito para o senado estadual de Cundinamarca, e posteriormente deputado parlamentar da Câmara dos Deputados.[2]

Em 1932, durante a chamada “República Liberal”, Lleras foi nomeado Controlador Geral do país e em 1938 foi nomeado Ministro da Fazenda (Ministro de Hacienda) durante a presidência de Eduardo Santos. Foi várias vezes eleito presidente do Partido Liberal e senador da República.[2]

Lleras concorreu à presidência da Colômbia pela primeira vez em 1944, mas sua candidatura não teve sucesso. Em 27 de novembro de 1965, ele aceitou a nomeação do partido liberal e recebeu o aval do partido conservador. Isso o tornou o candidato oficial da “Frente Nacional”, e ele venceu a eleição em 1966.[2]

Após a presidência, Lleras fundou e produziu a revista política “Nueva Frontera”.[3]

Presidência[editar | editar código-fonte]

Lleras foi empossado como presidente da Colômbia em 7 de agosto de 1966 e chamou sua administração de "a era da transformação nacional" ("Transformación Nacional").[2]

Durante sua gestão, o Instituto Colombiano de Reforma Agrária (INCORA) promoveu a redistribuição de terras utilizáveis ​​aos camponeses e trabalhadores desempregados do país, emitindo mais de 60 000 títulos somente em 1968 e 1969.

Lleras implementou um programa agressivo e amplo de reformas sociais e econômicas e criou as seguintes agências e instituições: o fundo nacional de poupança ("Fondo Nacional del Ahorro"); o Instituto Colombiano para o Bem-Estar Familiar ( "Instituto Colombiano de Bienestar Familiar" ); o instituto de proteção de recursos não renováveis ​​("Instituto de Recursos Naturales no Renovables"); a agência de promoção das exportações ("Fondo de Promoción de Exportaciones" 'PROEXPO'); a agência nacional de cultura colombiana ("Instituto Colombiano de Cultura " 'Colcultura'); a agência nacional para a construção de escolas ("'Icce'); e a instituição nacional de promoção e financiamento da educação superior ( “Instituto Colombiano para o Fomento de la Educación Superior” 'Icfes').[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Arismendi Posada, Ignacio; Gobernantes Colombianos; trans. Presidentes colombianos; Interprint Editors Ltd., Italgraf, Segunda Edición; Página 235; Bogotá, Colômbia; 1983
  2. a b c d Arismendi Posada, Ignacio; Gobernantes Colombianos; (Colombian Presidents); Interprint Editors Ltd., Italgraf, Segunda Edición; Page 236; Bogotá, Colombia; 1983
  3. a b Arismendi Posada, Ignacio; Gobernantes Colombianos; trans. Colombian Presidents; Interprint Editors Ltd., Italgraf, Segunda Edición; Page 239; Bogotá, Colombia; 1983

Precedido por
Guillermo León Valencia
Presidente da República da Colômbia
19661970
Sucedido por
Misael Pastrana Borrero
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Carlos Lleras Restrepo
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.