Carlos Medina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlos Medina
Informações pessoais
Nome completo Carlos Farias Medina
Data de nasc. 28 de agosto de 1947
Local de nasc. Porto Alegre,  Brasil
Falecido em 27 de março de 2011 (63 anos)
Local da morte Porto Alegre,  Brasil
Grito de guerra Alô Harmonia!
Informações profissionais
Escola atual Falecido
Escolas de samba
Anos Escolas
1977
1980
1981
1982-1985
1986
1987
1988-1989
1991
1992-1997
1998-1999
2000
2001-2005
2006-2008
Acadêmicos da Orgia
Praiana
Acadêmicos da Orgia
Imperadores do Samba
Império da Zona Norte
União da Vila do IAPI
Imperadores do Samba
União da Vila do IAPI
Imperadores do Samba
Bambas da Orgia
Estado Maior da Restinga
Praiana
Imperadores do Samba
Última atualização: sábado, 25 de novembro de 2017

Carlos Farias Medina, mais conhecido como Carlos Medina (Porto Alegre, 28 de agosto de 1947 - 27 de março de 2011, foi um Intérprete de samba-enredo brasileiro, radicado no Carnaval de Porto Alegre.Iniciou sua trajetória musical no quartel cantando com os colegas de farda. Morador do bairro Partenon, em 1977 Carlos Medina fez sua estreia como solista principal no Cordão de Sociedades Floresta Aurora e na Escola de Samba Acadêmicos da Orgia. Nesta época, Medina, já participava de grupos musicais, iniciou no grupo Dólar, passando também pelos grupos Metáis Sons, Musical Everest, Grupo São Francisco e Grupo Mensagem. Prestou também teste vocal na OSPA, sendo aprovado e permanecendo lá por 10 anos.Passou por todas as grandes escolas de samba do carnaval de Porto Alegre, Praiana, Acadêmicos da Orgia, Império da Zona Norte, Restinga, União da Vila do IAPI, Bambas da Orgia e a escola que mais se identificou - a Imperadores do Samba.Também foi diretor de harmonia da banda Saldanha.Nos anos 80 e 90 Medina gravou LPs e CDs de samba e música romântica. Hexacampeão do carnaval de Porto Alegre, faleceu aos 63 anos, em 27 de março de 2011 de insuficiência cardiorrespiratória.O sambista já apresentava problemas renais há alguns anos, fazia sessões de hemodiálise três vezes por semana, e também sofria de diabetes.[1]

Homenagens[editar | editar código-fonte]

  • No Carnaval de 2014, a escola de samba Acadêmicos da Orgia homenageou Carlos Medina, por considerá-lo o maior ícone do samba gaúcho. Com o enredo “Alô harmonia! Carlos Medina, a voz que encantou o universo do Samba”.[2]
  • No dia 29 de junho de 2015, a câmara de vereadores de Porto Alegre aprovou o projeto de lei de autoria da Mesa Diretora que denomina Rua Carlos Medina o logradouro não cadastrado conhecido como Rua C - Sport Club Internacional, localizado no Bairro Praia de Belas, junto ao Estádio Beira-Rio.[3]

Referências

  1. «Corpo do sambista Carlos Farias Medina é velado na Capital». diário gaucho. Consultado em 15 de Outubro de 2015 
  2. «Escolas do Grupo de Acesso encerram desfiles sob chuva». portal pmpa. Consultado em 15 de Outubro de 2015 
  3. «Rua junto ao Beira-Rio receberá nome de sambista Carlos Medina». câmara municipal de porto alegre. Consultado em 15 de Outubro de 2015