Carlos Mesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Diego Mesa Gisbert
Presidente da Bolívia
Período 17 de outubro de 2003
a 9 de junho de 2005
Antecessor(a) Gonzalo Sánchez de Lozada
Sucessor(a) Eduardo Rodríguez
Dados pessoais
Nascimento 12 de agosto de 1953 (65 anos)
La Paz Bolívia

Carlos Diego Mesa Gisbert (La Paz, 12 de agosto de 1953) é um político boliviano[1].

Foi presidente da Bolívia de 17 de outubro de 2003 até 9 de junho de 2005[1]. Sendo vice-presidente sob o governo do então presidente Gonzalo Sánchez de Lozada, Mesa assumiu o posto depois de protestos generalizados e greves que pararam a Bolívia, forçando Sánchez de Lozada a renunciar e abandonar o país.

Mesa era Vice-Presidente desde 6 de agosto de 2002. Antes de entrar na política, era historiador e atuava como jornalista no rádio, na televisão e em jornais. É membro da Academia Boliviana de História.

Renunciou após convulsão social intensa em junho de 2005. Foi sucedido pelo presidente do Judiciário boliviano, Eduardo Rodríguez.

Referências

  1. a b «Carlos Mesa Gisbert» (em espanhol). Consultado em 22 de janeiro de 2011.