Carlos Mesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Diego Mesa Gisbert
Presidente da Bolívia
Período 17 de outubro de 2003
a 9 de março de 2005
Antecessor Gonzalo Sánchez de Lozada
Sucessor Eduardo Rodríguez
Dados pessoais
Nascimento 12 de agosto de 1953 (66 anos)
La Paz, Bolívia
Alma mater Universidade Complutense de Madrid
Universidade Maior de San Andrés
Cônjuge Elvira Salinas de Mesa
Partido Frente Esquerdista Revolucionária

Carlos Diego Mesa Gisbert (La Paz, 12 de agosto de 1953) é um político boliviano[1].

Foi presidente da Bolívia de 17 de outubro de 2003 até 9 de março de 2005[1]. Sendo vice-presidente sob o governo do então presidente Gonzalo Sánchez de Lozada, Mesa assumiu o posto depois de protestos generalizados e greves que pararam a Bolívia, forçando Sánchez de Lozada a renunciar e abandonar o país.

Antes de entrar na política, era historiador e atuava como jornalista no rádio, na televisão e em jornais. É membro da Academia Boliviana de História.

Ele se tornou presidente da Bolívia em outubro de 2003, após a renúncia de Gonzalo Sánchez de Lozada, do qual foi vice-presidente, devido à "guerra do gás" (80 mortos e 500 feridos na repressão às manifestações contra o aumento dos preços após as privatizações)[2].

Em julho de 2004, sob pressão do Movimento para o Socialismo (MAS) do sindicalista camponês Evo Morales, organizou um "referendo sobre o gás" durante o qual a maioria da população votou a favor da nacionalização dos hidrocarbonetos. Perante a oposição do Fundo Monetário Internacional (FMI), do Banco Mundial e das multinacionais, declarou que esta lei era "impossível" de implementar[2].

Renunciou após convulsão social intensa em março de 2005. Foi sucedido pelo presidente do Judiciário boliviano, Eduardo Rodríguez.

Referências

  1. a b «Carlos Mesa Gisbert» (em espanhol). Consultado em 22 de janeiro de 2011 
  2. a b «Lignes de fracture en Amérique latine». Risal. Consultado em 21 de outubro de 2019 



Ícone de esboço Este artigo sobre a Bolívia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.