Carlos Prazeres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Prazeres
Prazeres em setembro de 2018
Informação geral
Nome completo Carlos Prazeres
Nascimento 1974 (45 anos)
Local de nascimento Rio de Janeiro
Brasil
Origem Rio de Janeiro
País Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação(ões) Maestro, Diretor artístico
Progenitores Mãe: Manoela
Pai: Armando Prazeres
Alma mater Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Instrumento(s) Oboé
Outras ocupações Palestrante
Afiliação(ões) Orquestra Sinfônica da Bahia, Teatro Castro Alves, Orquestra Petrobras Sinfônica

Carlos Prazeres (Rio de Janeiro, 1974) é um oboísta e maestro brasileiro.[1]

Desde 2011 ele é o regente titular e diretor artístico da Orquestra Sinfônica da Bahia e regente assistente da Orquestra Petrobras Sinfônica.[2][3]

Em 2015 ele recebeu o título de cidadão baiano honorário.[2]

Prazeres é parte de uma família de artistas. Sua mãe, Manoela, é uma cantora lírica.[carece de fontes?] Seu pai, Armando Prazeres, também era maestro. Seu irmão Felipe Prazeres também é maestro e violinista.[3][4][5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um maestro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.