Carlos Saboga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Saboga
Nome completo Carlos Alberto Mendes Saboga
Nascimento 17 de dezembro de 1936 (82 anos)
Figueira da Foz, Portugal
Nacionalidade português
Ocupação Argumentista, realizador
Outros prémios
Prémio Autores de 2013 - Melhor argumento
2011 - Mistérios de Lisboa
2013 - Linhas de Wellington
Prémios Sophia - Melhor argumento original
2013 - Linhas de Wellington
Nomeações
Prémio Autores - Melhor argumento
2014 - Photo
IMDb: (inglês)

Carlos Alberto Mendes Saboga (Figueira da Foz, 17 de dezembro de 1936) é um argumentista e realizador português.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido e criado na Figueira da Foz, na década de 1960 partiu de Portugal para França, para escapar da ditadura salazarista.[2] Após viver em Itália e na Argélia, Saboga estabeleceu-se em Paris, onde tornou-se tradutor, jornalista, crítico de cinema e assistente de realização.[3][4] Seu primeiro trabalho como argumentista foi em 1969, no filme Il sasso in bocca do realizador italiano Giuseppe Ferrara, mas seu nome não foi creditado. Em 1984, escreveu o argumento do filme O Lugar do Morto, junto com o realizador António-Pedro Vasconcelos, cuja obra recebeu grande êxito nas bilheteiras do cinema português.[5]

Em 2012, Saboga realizou seu primeiro filme, Photo, com a produção de Paulo Branco,[6] onde foi nomeado na categoria de melhor argumento do Prémio Autores de 2014 pela Sociedade Portuguesa de Autores.[7]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Como argumentista[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Notas
1969 Il sasso in bocca Não creditado
1970 L'asino d'oro: processo per fatti strani contro Lucius Apuleius cittadino romano Não creditado
1984 O Lugar do Morto
1988 Matar Saudades
1990 O Resgate
1991 Retrato de Família
1992 Aqui D'El Rei!
Adeus Princesa
1999 Jaime
2004 O Milagre Segundo Salomé
2008 Um Amor de Perdição
2010 Mistérios de Lisboa
2012 Linhas de Wellington

Como realizador[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Notas
2012 Photo Primeira realização[8]
2015 A Uma Hora Incerta

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Ano Prémio Categoria Obra Resultado Ref.
2011 Prémio Autores Melhor Argumento Mistérios de Lisboa Venceu [9][10]
2012 Prémios da International Cinephile Society Melhor Argumento Adaptado Mistérios de Lisboa Venceu [11][12]
2013 Prémios Sophia Melhor Argumento Original Linhas de Wellington Venceu [13]
4º Prémio Autores Melhor Argumento Linhas de Wellington Venceu [14]
2014 Prémio Autores Melhor Programa de Ficção Linhas de Torres Venceu [7][15]
Melhor Argumento Photo Indicado

Referências

  1. «Carlos Saboga». SAPO Mag. SAPO. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  2. Lusa (14 de outubro de 2015). «Carlos Saboga, estrangeiro no cinema português, estreia "A uma hora incerta"». SAPO 
  3. «Primeiro filme de Carlos Saboga chega esta semana aos cinemas». TVI24. TVI. 6 de maio de 2013 
  4. Miguel, Telma (28 de maio de 2013). «Carlos Saboga: A universidade da vida». Sol 
  5. «O Lugar do Morto». Dicionários Porto Editora. Infopédia 
  6. Halpern, Manuel (1 de maio de 2013). «Entrevista com Carlos Saboga». Visão 
  7. a b «Prémio Autores 2014» (PDF). Sociedade Portuguesa de Autores. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  8. Lusa (6 de maio de 2013). «Carlos Saboga estreia-se como realizador aos 76 anos com «Photo»». SAPO Mag. SAPO 
  9. «Prémio Autores 2011 - Nomeados» (PDF). Sociedade Portuguesa de Autores. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  10. Afonso, Pedro (22 de fevereiro de 2011). «"Prémio Autores 2011" – Nomeados e Vencedores». Laxante Cultural 
  11. «'Mistérios de Lisboa' nomeado para prémios internacionais». Diário de Notícias. 23 de janeiro de 2012 
  12. «2012 ICS Award Winners» (em inglês). International Cinephile Society. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  13. «Florbela e Tabu foram os grandes vencedores dos prémios Sophia». Público. 7 de outubro de 2013 
  14. Resende, Tiago (26 de fevereiro de 2013). «Prémios Autores 2013: Vencedores». Cinema 7ª Arte 
  15. «Prémios Autores são entregues hoje». Diário de Notícias. 8 de maio de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]