Carlos Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Carlos Alberto Cabral do Rego Sousa (Almada, 16 de Janeiro de 1966) é um piloto de automobilismo de todo-o-terreno de Portugal[1]. Conta com várias participações do Rali Dakar, algumas com o já falecido José Megre, a sua melhor classificação foi um 4º lugar em 2003.

Carlos Sousa estreou-se no Todo-o-Terreno aos comandos de um UMM[1] e foi durante vários anos, piloto oficial da Mitsubishi Motors de Portugal aos comandos de dois Mitsubishi Pajero e três Mitsubishi Strakar em 2003 foi o seu ultimo ano com a Mitsubishi Motors de Portugal, passando para a equipa da Nissan.

Em 2000, ele e o seu co-piloto, João Luz, sofreram um grave acidente no Rali Dakar aos comandos de uma Mitsubishi Strakar[1].

Em 2006, passa a estar integrado no Team Lagos, primeiro ao volante de um Volkswagen Tuareg oficial, estando agora em negociações com a X-Raid, para tripular um dos BMW X3 CC da equipa alemã.

Em 2009 Carlos Sousa celebra 20 anos da sua carreira no Todo-o-Terreno, e para festejar teve dois grandes regressos, um deles é voltar a fazer o Campeonato Português de Todo-o-Terreno e o outro regresso é que ele está de novo integrado na equipa Mitsubishi como piloto Semi-oficial guiando um dos novíssimos Racing Lancer, este que foi guiado por Hiroshi Masuoka na ultima edição do Dakar.

Palmarés[editar | editar código-fonte]

  • 1990, Campeão do Troféu Nacional de Todo-o-terreno.
  • 1991, Campeão do Troféu Nacional de Todo-o-terreno.
  • 1993, Vencedor do Rally Todo-o-terreno à Neve.
  • 1994, Campeão Nacional T2
  • 1994, 3° Campeonato nacional absoluto TT
  • 1995, Campeão Nacional Todo-o-terreno[2].
  • 1996, 12º da geral no Rali Dakar.
  • 1996, Campeão T1 Todo-o-terreno[2].
  • 1996, Vice-Campeão Nacional absoluto Todo-o-terreno.
  • 1997, 10° da geral no Rali Dakar
  • 1998, 17º no Rali Dakar.
  • 1998, Campeão Nacional Todo-o-terreno.
  • 1999, 18º da geral no Rali Dakar.
  • 1999, Campeão Nacional Absoluto Todo-o-Terreno[2].
  • 1999, 1º lugar na Baja de Portugal.
  • 2000, Venceu a 1ª e 6ª Etapa no Rali Dakar.
  • 2000, 1º lugar na Baja de Portugal.
  • 2001, Campeão Nacional absoluto Todo-o-Terreno[2].
  • 2001, Vencedor Troféu Ibérico.
  • 2001, 1º Taça Mundo.
  • 2001, 5º lugar na Geral no Rali Dakar.
  • 2001, 1º lugar na Baja de Portugal.
  • 2001, 2º lugar na Baja de Espanha.
  • 2002, 5º lugar na Geral no Rali Dakar.
  • 2002, 1º lugar na Baja de Portugal.
  • 2002, 2º lugar na Baja de Espanha.
  • 2002, Campeão Nacional de Todo-o-Terreno[2].
  • 2003, 4º lugar na Geral no Rali Dakar.
  • 2003, Campeão da Taça do Mundo de Todo-o-Terreno e da Taça FIA de Pilotos de Baja
  • 2003, 1º lugar na Baja de Portugal.
  • 2003, 1º lugar na Baja da Grecia.
  • 2003, 1º lugar na Baja de Italia.
  • 2003, 1º lugar no Rally de Marrocos.
  • 2003, 1º lugar no Rally do Oriente Cappadoce.
  • 2003, 1º lugar no Rally Argentina Por Las Pampas.
  • 2004, 1º lugar na Baja de Espanha.
  • 2004, 1º lugar na Baja de Portugal.
  • 2004, 1º lugar na Baja de Itália.
  • 2004, 1º lugar na Baja de Portalegre.
  • 2004, 1º lugar no Rally de Marrocos.
  • 2005, 7º lugar na Geral no Rali Dakar.
  • 2006, 7º lugar na Geral no Rali Lisboa-Dakar.
  • 2007, 7º lugar na Geral no Rali Lisboa-Dakar.
  • 2010, 6º lugar na Geral no Rali Dakar Argentina Chile.
  • 2012, 6º lugar a Geral no Rali Dakar Argentina - Chile.
  • 2013, 6º lugar na Geral no Rali Dakar Argentina - Chile
  • 2014, vitória na 1ª etapa no Rali Dakar Argentina - Chile
  • 2015, 8º lugar na Geral no Rali Dakar

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Carlos Sousa». Consultado em 6 de Janeiro de 2011 
  2. a b c d e «CAMPEÕES NACIONAIS DE AUTOMOBILISMO». Consultado em 6 de Janeiro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.