Carlos Relvas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Carlos relvas)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Relvas
Nascimento 13 de novembro de 1838
Golegã
Morte 23 de janeiro de 1894 (55 anos)
Golegã
Cidadania Portugal
Ocupação fotógrafo, cavaleiro tauromáquico
O artista José Rodrigues fotografado por Carlos Relvas.

Carlos Augusto de Mascarenhas Relvas de Campos (Golegã, 13 de novembro de 1838 — Golegã, 23 de Janeiro de 1894) foi um lavrador, desportista, toureiro amador e fotógrafo português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Abastado proprietário ribatejano, Carlos Relvas herdou de seu pai, José Farinha Relvas de Campos (fundador importantes estabelecimentos agrícolas na Golegã), terras férteis e uma bela casa de habitação na Golegã.

Visionário, assumiu com empenho a empresa familiar, promovendo a aplicação dos processos e instrumentos agrícolas nessa época adoptados nos países economicamente mais desenvolvidos da Europa.

Mas a notabilidade de Carlos Relvas vai bem além da sua atividade na lavoura. Exímio cavaleiro e toureiro amador, lidando toiros a pé e a cavalo; distinto sportsman, atirador de pistola e de carabina e jogador de pau, de florete e de sabre; ficaria especialmente conhecido, no país e no estrangeiro, como um dos pioneiros da Fotografia.

Neste âmbito, encontra-se colaboração da sua autoria na revista O Occidente [1] (1878-1915), e também, publicada a título póstumo, no semanário Branco e Negro [2] (1896-1898) e ainda no Boletim Fotográfico[3] (1900-1914).

Relvas foi membro da Sociedade Francesa de Fotografia e recebeu os seguintes prémios de fotografia:

  • Medalha do Progresso (Viena de Áustria, 1873)
  • Medalha de prata (Madrid, 1873)
  • Medalha de prata (Sociedade Fotográfica, de Viena de Áustria, 1875)
  • Medalha (Filadélfia, 1876)
  • Primeiro prémio (Cruz de Bronze dourado) (Exposição de Amesterdão, 1876)
  • Medalha de ouro (Exposição hortícola do Palácio de Cristal do Porto, 1877)
  • Medalha de ouro na Exposição da União Central das Artes decorativas, no palácio da Industria, de Paris.

Em 1876 inaugura o seu segundo e magnífico atelier, autêntico templo dedicado à arte fotográfica, que é hoje a Casa-Estúdio Carlos Relvas.[4]

Família[editar | editar código-fonte]

Casado em primeiras núpcias com D. Margarida Amália Mendes de Azevedo e Vasconcelos[5] Deste casamento teve quatro filhos, entre os quais se destacou como figura pública o político republicano José Relvas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Rita Correia (16 de Março de 2012). «Ficha histórica:O occidente : revista illustrada de Portugal e do estrangeiro (1878-1915)» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 04 de Janeiro de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Rita Correia (01 de Fevereiro de 2012). «Ficha histórica: Branco e Negro : semanario illustrado (1896-1898)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 21 de Janeiro de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. João Oliveira (31 de Janeiro de 2012). «Ficha histórica: Boletim photographico (1900-1914)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 04 de Julho de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. http://www.casarelvas.com/site/pt/php/casa_estudio.php
  5. Filha dos Viscondes e Condes de Podentes, Jerónimo Dias de Azevedo Vasques de Almeida e Vasconcelos e Maria Liberata da Costa Mendes de Azevedo, família ilustre e rica da Beira Alta.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • ENCARNAÇÃO, Alexandra; GRAY, Michael; Haworth-Booth, Mark; MESQUITA, Vitória; MESTRE, Victor; ALEIXO, Sofia; PESSOA, José; ROIULLÉ, André; TORRADO, Sofia; VICENTE, António Pedro. Carlos Relvas e a Casa da Fotografia / Carlos Relvas and the House of Photography. Lisboa, Museu Nacional de Arte Antiga, 2003. ISBN 972–776-179-8
  • VICENTE, António Pedro. Carlos Relvas fotógrafo: contribuição para a história da fotografia em Portugal no século XIX. Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1984.
  • ALEIXO, Sofia (2007) Casa-Estúdio Carlos Relvas: Metodologias de intervenção no património. Provas de aptidão pedagógica e capacidade científica, Universidade de Évora.
  • MESTRE, Victor; ALEIXO, Sofia; APPLETON, João (2004). A Caixa de Luz de Carlos Relvas: intervenção na Casa-Estúdio Carlos Relvas. Dados para um programa: do restauro à restituição.Património/Estudos(6). Lisboa: IPPAR, pp. 140-149. [ISSN 1645-2453] [1]
  • PEREIRA, Paulo (coord).Casa-Estúdio Carlos Relvas. Património Balanço e Perspectivas [2000-2006]. Lisboa: Ministério da Cultura - IPPAR. 2000. p. 236-245. [ISBN 972-8087-77-2]
  • POMAR, Alexandre. O Caso da Casa Relvas - Uma grande exposição de Carlos Relvas. Expresso. 5 Jul 2003
  • NEVES, José Manuel das (coord.). Victor Mestre | Sofia Aleixo: Reabilitação do Tempo | Restoration of Time. Lisboa: Caleidoscópio 2004. [“Conservação e Restauro do Estúdio Fotográfico de Carlos Relvas”, p.80-105] [ISBN 972-8801-45-9]
  • MESTRE, Victor; ALEIXO, Sofia. Estúdio Fotográfico de Carlos Relvas. In: NEVES, José Manuel das (Dir) Arquitectura Ibérica: Reabilitação | Rehabilitación. Lisboa: Caleidoscópio. nº5, Nov./Dez. 2004, p. 126-147.[ISSN 1645-9415]
  • MESTRE, Victor, SOFIA, Aleixo. Estúdio Fotográfico Carlos Relvas. In: HABITAR PORTUGAL  2003/2005. Lisboa: Ordem dos Arquitectos, 2006. p.186-187 [ISBN 978-972-8897-20-8]
  • ALEIXO, Sofia; MESTRE, Victor. O Tempo no Estúdio Fotográfico de Carlos Relvas. Jornal Arquitectos.Ordem dos Arquitectos p. 22-27. (Out - Dez) 2007 [ISSN 0870-1504]
  • RODERS, Ana Pereira. Re-Architecture: Lifespan rehabilitation of built heritage. Capitellum. Book III - 113.Bouwstenen Publicatieburo. Netherlands. Faculteit Bouwkunde. 2007. [Caso de Estudo: Casa - Estúdio Carlos Relvas, Golegã]
  • RODERS, Ana Pereira; POST, Jouke; ERKEKENS, Peter. Do Senso Comum à Objectividade Científica.Arquitectura e Vida: Especial Reabilitação. nº78 .p.12-15. Jan. 2007.  [Caso de Estudo: Casa - Estúdio Carlos Relvas, Golegã]
  • ALEIXO, Sofia; MESTRE, Victor. "Carlos Relvas e a Casa da Fotografia”. “Conservação e Restauro do Estúdio Carlos Relvas - Memórias para uma abordagem ética de Reabilitação e Restauro” [Atelier Henrique Cayatte], Museu de Arte Antiga, Lisboa, 16 Mai/Jun 2003. [Catálogo publicado em 2003; Exposição no Museu Nacional Soares dos Reis: inaugurada em 22 Jun. 2004]
  • ALEIXO, Sofia; MESTRE, Victor. “Projectar para conservar - como intervir no edificado”: apresentação de comunicação “Conservação e Restauro do Estúdio Carlos Relvas”. ISCTE. Lisboa. 3 Jun. 2004.
  • MESTRE, Victor.“II Simpósio - Conservação e Intervenção em Sítios Arqueológicos e Monumentos Históricos”: apresentação das comunicações “Centro Interpretativo e de acolhimento de Estação Aqueológica de Torre de Palma”. “Estúdio Fotográfico de Carlos Relvas”. Universidade Portucalense. Infante D. Henrique. Porto. 18-19 Out. 2007.
  • ALEIXO, Sofia; MESTRE, Victor. “A Sustentabilidade na Arquitectura”: apresentação de comunicação “Estúdio Fotográfico Carlos Relvas e Turismo de Natureza - Forte de S. João”. Associação de Estudantes da Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa. Lisboa. 23 Abril 2008.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Carlos Relvas
Biografia e fotografias
  • Portugal: Dicionário Histórico, Corográfico, Heráldico, Biográfico, Bibliográfico, Numismático e Artístico. (consultado em 13 de Fevereiro de 2010)
  • Banco de Imagens de Carlos Relvas. (consultado em 13 de Fevereiro de 2010)
Casa-Estúdio