Carmen Miranda na cultura popular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Foto de Carmen Miranda publicada pela New York Sunday News em 1941.

Está é um artigo sobre a presença de Carmen Miranda na cultura popular.

Influência[editar | editar código-fonte]

Miranda em um anúncio de 1945 para um rádio FM General Electric no The Saturday Evening Post.

Cantora de rádio e de nightclubs cariocas, Carmen Miranda gravou os seus primeiros discos no início dos anos 30. Rapidamente tornou-se a principal intérprete de grandes nomes do samba, entre os vários sucessos que gravou estão alguns clássicos da música brasileira como “O que é que a baiana tem”, de Dorival Caymmi, e “No tabuleiro da baiana”, de Ary Barroso. Na década de 1940, consagrou-se internacionalmente com suas participações em mais de uma dezena de filmes produzidos por Hollywood. O sucesso fez dela uma das estrelas mais bem pagas do show business americano. Ícone da cultura popular e do exagero estético, sua figura é evocada a uma imagem estereotipada e “tropical” do Brasil. Carmen viria a ser assumida como um dos ícones tropicalistas, estando presente tanto nas letras de canções como “Tropicália”, de Caetano Veloso,[1] morreu em agosto de 1955, deixando como legado, sua imagem que é, até os dias de hoje, resgatada no mundo artístico e cultural brasileiro.[2] Em 1956, era criado, pelo decreto n° 886, o Museu Carmen Miranda, que só seria inaugurado oficialmente vinte anos mais tarde, pelo governador do Rio de Janeiro Floriano Peixoto Faria Lima, em 05 de agosto de 1976.[3]

(...) Carmen Miranda. Ela própria um emblema tropicalista, um signo sobrecarregado de afetos contraditórios que eu brandira na letra de “Tropicália”, a canção‑manifesto. (...) Cheia de frescor e impressionantemente destra, ela, sem ser sempre cuidadosa ou capaz na definição das notas, era um espanto de clareza de intenções. A dicção rápida e a comicidade alegre no trato com o ritmo faziam dela uma mestra, para além da própria significação histórica. O fato de ela ter se tornado, com o sucesso em Hollywood, uma figura caricata de que a gente crescera sentindo um pouco de vergonha, fazia da mera menção de seu nome uma bomba de que os guerrilheiros tropicalistas fatalmente lançariam mão. Mas o lançar‑se tal bomba significava igualmente a decretação da morte dessa vergonha pela aceitação desafiadora tanto da cultura de massas americana (portanto da Hollywood onde Carmen brilhara) quanto da imagem estereotipada de um Brasil sexualmente exposto, hipercolorido e frutal (que era a versão que Carmen levava ao extremo) ‑ aceitação que se dava por termos descoberto que tanto a mass culture quanto esse estereótipo eram (ou podiam ser) reveladores de verdades mais abrangentes sobre cultura e sobre Brasil do que aquelas a que estivéramos até então limitados. (...) O aspecto travesti da sua imagem sem dúvida também importava muito para o Tropicalismo, uma vez que tanto o submundo urbano noturno quanto as trocas clandestinas de sexo, por um lado, e, por outro, tanto a homossexualidade enquanto dimensão existencial quanto a bissexualidade na forma de mito do andrógino eram temas tropicalistas (não fosse este um movimento típico da segunda metade dos anos 60) (...) - Escreveu Caetano Veloso em seu livro Verdade Tropical, (Companhia das Letras, 1997).[4]

Representações na cultura popular[editar | editar código-fonte]

No cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Referência
1940 The House Across the Bay Neste filme produzido por Walter Wanger e lançado pela United Artists, Joan Bennett faz uma performance musical chamada "Chula Chihuahua" vestida como Carmen Miranda.
1941 Babes on Broadway O ator Mickey Rooney aparece vestido como Carmen Miranda, e cantado uma versão de Mamãe Eu Quero.[5]
1943 Yankee Doodle Daffy Neste curta metragem animado produzido pela Warner Bros, Patolino aparece caracterizado como Carmen Miranda.[6]
1943 Baby Puss No episódio Baby Puss do desenho animado Tom e Jerry, o gato Topsy se caracteriza como Carmen Miranda enquanto canta e dança a música Mamãe Eu Quero.[7]
1944 Fiddlers Three Neste filme britânico, o seu protagonista, o comediante Tommy Trinder apresenta como Senorita Alvarez uma imitação de Carmen Miranda.[8]
1944 What's Cookin' Doc? Pernalonga faz uma brevemente imitação como Carmen Miranda.
1944 Encontro nos Céus Neste filme de George Cukor, Sascha Brastoff apresenta uma imitação de Carmen Miranda.[9]
1945 Alma em Suplício Neste filme, Jo Ann Marlowe aparece vestida como Carmen Miranda cantando em inglês uma de suas canções mais conhecidas South American Way.
1947 Slick Hare Neste curta de Virgil Ross, Pernalonga escapa de Hortelino Troca-Letras escondendo-se no seu chapéu de frutas, onde Carmen aparece como desenho animado cantando Sambaiana.[10]
1947 Road to Rio O ator Bob Hope aparece neste filme da Paramount Pictures caracterizado como Carmen Miranda ao interpretar a canção Batuque do Morro. O samba Diz que tem gravado por Carmen em 1941, também faz parte da trilha sonora do filme.[11]
1949 Always Leave Them Laughing O comediante Milton Berle aparece vestido como Carmen Miranda.
1949 Señorita Chiquita Banana No final dos anos 40, a United Fruit Company não hesitou em aproveitar a imagem de Carmen Miranda e criou um personagem animado chamada Chiquita, que usa um chapéu de frutas como os que Carmen usava em seus filmes, Chiquita acabou se tornando um simbolo da companhia.[12]
1952 Magical Maestro Neste curta-metragem animado produzido pelos estúdios da MGM, o personagem-titulo transforma-se em Carmen Miranda e faz uma performance de Mamãe Eu Quero.[13]
1987 Radio Days Neste filme de Woody Allen, a atriz brasileira Denise Dumont faz uma pequena participação cantando a música Tico-Tico no Fubá. Em outra cena, a personagem Ruthie personifica Carmen Miranda em frente ao espelho dançando e dublando a música South American Way.[14]
1992 O Último Mergulho Neste filme do cineastra português João César Monteiro, Carmen Miranda é representada pela atriz Ana Paula.[15]
1995 Carmen Miranda: Bananas is my Business Docudrama dirigido pela cinemastra Helena Solberg
1995 O Mandarim Gal Costa apareceu no como a cantora Carmen Miranda
2005 Decisão Perigosa Neste filme de Ariel Vromen, Carmen Miranda é personificada por Stephen Eiland.[16]
2013 Gangster Squad Neste filme a atriz porto-riquenha Yvette Tucker se apresenta em uma boate fantasiada como Carmen Miranda e cantado a música Chica Chica Boom Chic.[17]
2013 Meu Malvado Favorito 2 Um Minion aparece com um chapéu de frutas.[18]
2015 Ave, César! Carmen Miranda é citada quando o personagem de Alden Ehrenreich pergunta à estrela vivida por Veronica Osorio como é atuar "com um chapéu de bananas".[19]
2018 A Forma da Água Há um momento no filme em que os personagens Elisa e Giles assistem a um filme de Carmen Miranda.[20]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Série/Programa Referência
1951 I Love Lucy No episódio intitulado Be a Pal, Lucille Ball se veste como Carmen Miranda e faz uma dublagem da canção Mamãe Eu Quero.[21]
1968 The Prisoner A canção I Like You Very Much é utilizada no fim do último episódio da série de televisão britânica.
1972 The Carol Burnett Show Carol Burnett aparece vestida como Carmen Miranda em um episódio do programa de TV.[22]
1979 Sesame Street A personagem Fruta Manzana é uma paródia animada de Carmen Miranda, e apareceu em dois segmentos da série infantil.
1981 Especial Grandes Nomes Ney Matogrosso e Marília Pêra apresentaram regravações dos maiores sucessos de Carmen Miranda no especial de fim de ano, exibido pela Rede Globo.
1985 Prisoner: Cell Block H A personagem Alice "Lurch" Jenkins (Lois Collinder) aparece no episódio 77 da 7° temporada da soap opera australiana "Prisoner" como Carmen Miranda.
1989 Kananga do Japão Na telenovela de Wilson Aguiar Filho, Carmen Miranda é personificada por Stella Miranda.[23]
1994 Where in the World Is Carmen Sandiego? O nome da personagem Carmen Sandiego é uma homenagem à Carmen Miranda.[24]
1996 Fruit 'n Fibre A canção I Like You Very Much foi utilizada em um anúncio dos cereais da Kellogg’s.
1999 Coragem, o Cão Covarde No episódio Courage Meets Bigfoot/Hothead, Coragem e Bigfoot acabam coberto com frutas, e dançam juntos em uma referência a Carmen Miranda.[25]
2006 America's Most Wanted Carmen Miranda é personificada no episódio Phoenix Serial Killers (5 Aug. 2006) por Susanna Velasquez.[26]
2007 Carmen Miranda - Beneath the Tutti Frutti Hat Documentário produzido e exibido pela BBC Four.[27]
2007 Faça Sua História Carmen Miranda é homenageada na exibição do especial de fim de ano 2007 da TV Globo "Faça Sua História", no episódio Oswaldir Superstar.
2008 Futurama: The Beast with a Billion Backs A canção I Like You Very Much é utilizada em uma sequência da animação.[28]
2009 America's Next Top Model Um ensaio fotográfico foi inspirado em Carmen Miranda.[29]
2011 Modern Family No episódio Someone to Watch Over Lily, o personagem Cameron veste sua filha Lily como Carmen Miranda em um ensaio fotográfico.[30]
2014 Amor & Sexo Fernanda Lima se vestiu como Carmen Miranda, e abriu o programa ao som de Tico-tico no Fubá.[31]
2014 Esquenta Juliana Paes, encarnou a Carmen Miranda no palco do programa ao som de "Ta-hi" / trecho de The Gang's All Here (1943).[32]
2015 Boogie Oogie No final da telenovela Boogie Oogie é revelado que o segredo de Carlota (Giulia Gam) era ter roubado joias que seriam presentes para Carmen Miranda na boate Vogue.[33]
2016 Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016 Durante a cerimônia de encerramentos dos Jogos Olímpicos Rio 2016, Carmen Miranda foi homenageada pela cantora Roberta Sá que apareceu vestida em um traje estilizado de baiana, ao som de Tico-tico no fubá.
2017 A Força do Querer O personagem Elis Miranda, interpretado por Silvero Pereira, é uma homenagem as cantoras Elis Regina e Carmen Miranda.[34]

No teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Musical Referência
1984 The Conquest of Carmen Miranda Carmen Miranda é interpreta neste musical produzido pela Companhia de Teatro de Sydney por Nancy Hayes.[35]
2000 Estrela Tropical Carmen Miranda é interpretada neste musical de Miguel Falabella pela atriz Marília Pera.[36]
2002 South American Way Carmen Miranda é interpretada neste musica de Miguel Falabella por Soraya Ravenle e Stella Miranda.[37]
2005 Marília Pêra canta Carmen Miranda Carmen Miranda é interpretada neste musical de Maurício Sherman pela atriz Marília Pêra.[38]
2009 Carmen, o it Brasileiro Carmen Miranda é interpretada neste musical de Antonio De Bonis por Andréa Veiga.[39]
2013 O que é que Carmen Miranda tem? Carmen Miranda é interpretada neste musical de André Cruz por Renata Martelli.[40]
2014 Carmen Miranda - na batucada da vida Carmen Miranda é interpretada neste musical de Osório Perez Moreira por Calima Taari.[41]
2014 Miranda por Miranda Carmen Miranda é interpretada neste musical de Miguel Falabella pela atriz Stella Miranda.[42]
2015 Na Batucada da Vida Carmen Miranda é homenageada neste musical de Fernando Cardoso, por Lucinha Lins, Graça Cunha e Célia.[43]
2015 Gimme a Band, Gimme a Banana! The Carmen Miranda Story Carmen Miranda é homenageada neste musical de Roberta Alves e Matt Reckeweg, por Sharalys Silva.[44]
2019 Carmen, a Grande Pequena Notável Carmen Miranda é interpretada neste musical de Kleber Montanheiro por Amanda Acosta.[45]

Na música[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Referência
1968 Recital na Boite Barroco Neste álbum, Maria Bethânia gravou uma versão cover da música Camisa Listada.[46]
1973 A White Sport Coat and a Pink Crustacean O cantor e compositor Jimmy Buffett incluiu neste álbum uma homenagem a Carmen Miranda com a canção They Don't Dance Like Carmen No More.
1973 Clara Nunes Neste álbum, Clara Nunes gravou uma versão cover da música Arlequim de Bronze de Synval Silva e gravada por Carmen Miranda em 1934.
1974 Elis Regina e Tom Jobim Versão cover de Na batucada da vida de Ary Barroso e Luiz Peixoto, gravado originalmente por Carmen Miranda em 1934.
1975 Gal tropical Neste álbum, Gal Costa regravou marchinha de carnaval O Balancê de João de Barro e Alberto Ribeiro, gravado originalmente por Carmen Miranda em 1936.
1975 Escalada A canção Adeus, Batucada!, na voz de Carmen Miranda, fez parte da trilha sonora nacional da novela.
1986 Chico & Caetano Neste especial produzido pela Rede Globo, Rita Lee faz uma performance da canção I Like You Very Much.
1989 Words for the Dying Neste álbum, John Cale, compôs uma canção chamada The Soul of Carmen Miranda.
1989 MM Marisa Monte gravou uma versão cover da música South American Way para seu álbum de estreia.
1990 Enguiço Neste álbum, Adriana Calcanhoto regravou a canção Disseram Que Voltei Americanizada.
1990 A, E, I, O... Urca A canção Adeus, Batucada!, na voz de Carmen Miranda fez parte da trilha sonora nacional da minissérie.
1995 Aquarela do Brasil A cantora norte-americana Dionne Warwick gravou uma versão cover da música Na Baixa do Sapateiro de Ary Barroso e gravada originalmente por Carmen Miranda em 1938.[47]
1996 Âmbar Neste álbum, Chico Buarque em dueto com Maria Bethânia, gravaram juntos uma versão cover da música "Quando Eu Penso na Bahia" de Ary Barroso e Luiz Peixoto e gravada originalmente por Carmen Miranda em 1937.
2001 Batuque Neste álbum, o cantor Ney Matogrosso regravou a maioria das 13 faixas, que passaram pelo repertório de Carmen.[48]
2003 Chocolate com Pimenta Eduardo Dusek regravou a música Tá-Hi (Pra Voce Gostar de Mim) para a trilha sonora da novela.
2003 MTV ao Vivo Neste álbum ao vivo, a cantora Ivete Sangalo gravou uma versão cover da música Chica Chica Boom Chic.[49]
2007 Hey Eugene! Neste álbum, Pink Martini regravou a canção Tempo Perdido.
2009 Viver a Vida Bebel Gilberto e Carlinhos Brown gravaram juntos um cover da música Chica Chica Boom Chic para a novela.
2009 Canibália Neste álbum, Daniela Mercury gravou um "dueto" de O Que É que a Baiana Tem? com Carmen Miranda, a gravação inclui o fonograma original da canção de 1939. Mercury também regravou outro clássico, Tico-Tico no Fubá.[50]
2014 Oito Neste álbum, Marjorie Estiano regravou a canção Tá-Hi (Pra Voce Gostar de Mim).[51]
2014 Saudade de Você Este álbum do Real Combo Lisbonense, reúne canções de Carmen Miranda. As canções ganharam acentos africanos e toques tropicalistas.[52][53]

Outros[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

Carmen Miranda tornou-se um símbolo da cultura gay internacional.
Ano Álbum Referência
1956 Carmen Miranda; vida, glória, amor, e morte Escrito por José J. Queiroz.
1978 Carmen Miranda, a cantora do Brasil Escrito por Abel Cardoso Júnior.
1982 Carmen Miranda Paper Dolls in Full Color Escrito por Tom Tierney.
1984 Carmen Miranda Escrito por Luiz Henrique Saia.
1986 O ABC de Carmen Miranda Escrito por Dulce Damasceno de Brito.
1989 Brazilian bombshell: the biography of Carmen Miranda Escrito por Martha Gil-Montero.
1995 Carmen Miranda Escrito por Cássio Emmanuel Barsante.
1998 Carmen Miranda: an Afro-Brazilian paradox Escrito por por José Ligiéro Coelho.
1999 Carmen Miranda foi a Washington Escrito por Ana Rita Mendonça.[54]
2000 Carmen Miranda: melodias Cifradas Para Guitarra, Violão e Teclados Escrito por Eduardo Dussek
2004 O "it verde e amarelo" de Carmen Miranda (1930-1946) Escrito por Tânia da Costa Garcia.
2005 Carmen - Uma Biografia Escrito por Ruy Castro.[55]
2013 Carmen Miranda Escrito por Lisa Shaw.[56]
2015 Heróis e Heroínas da Cidade do Rio de Janeiro (A lista é reservada a personalidades que tenham contribuído para a formação artística, histórica, cultura, econômica, social e urbanística da cidade.)[57]
2015 Carmen, A Grande Pequena Notável Escrito por Heloísa Seixas[58]

Na moda[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ana de Oliveira. «Carmen Miranda - Tropicália». Tropicalia.com.br. Consultado em 9 de outubro de 2014 
  2. «Carmen Miranda: sucesso no cinema e nas rádios». suapesquisa.com. Consultado em 9 de outubro de 2014 
  3. «Apresentação: Museu Carmen Miranda». cultura.rj.gov.br/apresentacao-espaco/museu-carmen-miranda. Consultado em 9 de outubro de 2014 
  4. Ana de Oliveira. «Carmen Miranda, leituras complementares - Tropicália». Tropicalia.com.br. Consultado em 9 de outubro de 2014 
  5. Por Chris McGowan & Ricardo Pessanha. «The Brazilian Sound: Samba, Bossa Nova, and the Popular Music of Brazil» 
  6. Doni Sacramento. «Carmen Miranda - Videoclipes homenagens online (1943)». carmen.miranda.nom.br/cm_vdhom1943.html 
  7. «Tá lembrado? Tom & Jerry "Mamãe Eu Quero" da Carmen Miranda!». trash80s.com.br/2011/03/ta-lembrado-tom-jerry-cantando-mamae-eu-quero-da-carmen-miranda/ 
  8. «Fiddlers Three (1944): Soundtracks». imdb.com/title/tt0036820/soundtrack?ref_=tt_trv_snd 
  9. «Encontro nos Céus (1944) Full Cast & Crew». IMDb 
  10. «Slick Hare (1947): Soundtracks». imdb.com/title/tt0039839/soundtrack?ref_=tt_trv_snd 
  11. «A Caminho do Rio (1947): Soundtracks». imdb.com/title/tt0039776/soundtrack?ref_=tt_trv_snd 
  12. Steve Striffler & Mark Moberg. «Banana Wars: Power, Production, and History in the Americas» 
  13. «Magical Maestro (1952): Soundtracks». imdb.com/title/tt0044868/soundtrack?ref_=tt_trv_snd 
  14. Sander H. Lee. «Woody Allen's Angst: Philosophical Commentaries on His Serious Films» 
  15. «O Último Mergulho (1992) Full Cast & Crew». IMDb  line feed character character in |titulo= at position 25 (ajuda)
  16. «Decisão Perigosa (2005) Full Cast & Crew». IMDb  line feed character character in |titulo= at position 24 (ajuda)
  17. «Notícias de L.Á.: Atriz porto-riquenha encarna Carmen Miranda em filme 'noir'». Folha de S. Paulo. 27 de janeiro de 2013 
  18. «Meu Malvado Favorito 2 e sua referência a um marco da fotografia». 7 de julho de 2013. Consultado em 11 de outubro de 2014 
  19. "Ave, César", dos irmãos Coen, retrata Hollywood com humor ácido
  20. Del Toro: ‘Falar de amor é posição mais radical que se pode ter’
  21. «I Love Lucy (TV Series): Be a Pal (1951) Soundtracks». imdb.com/title/tt0609219/soundtrack?ref_=tt_trv_snd 
  22. «Último capítulo de 'Boogie Oogie': saiba como terminam os personagens da novela» 
  23. «Kananga do Japão (1989– ) Full Cast & Crew». IMDb  line feed character character in |titulo= at position 26 (ajuda)
  24. Cinema 10 (27 de março de 2018). «Gina Rodriguez vai interpretar Carmen Sandiego em filme live-action». R7. Consultado em 11 de julho de 2019 
  25. «Coragem, o Cão Covarde (TV Series) Courage Meets Bigfoot/Hothead». IMDb  line feed character character in |titulo= at position 35 (ajuda)
  26. «America's Most Wanted: Season 19, Episode 859 Phoenix Serial Killers». IMDb. Consultado em 8 de junho de 2015 
  27. BBC. «Carmen Miranda – Beneath the Tutti Frutti Hat» 
  28. «Soundtracks: Futurama: A Besta de Um Bilhão de Traseiros». IMDb. Consultado em 30 de outubro de 2014 
  29. «São Paulo é cenário de America's Next Top Model». Rolling Stone Brasil. 22 de abril de 2009. Consultado em 30 de outubro de 2014 
  30. «Modern Family Review: "Someone to Watch Over Lily». pastemagazine.co. 21 de abril de 2011. Consultado em 30 de outubro de 2014 
  31. «Inspirada em Carmen Miranda, Fê Lima comanda Amor & Sexo sobre humor». Gshow. 13 de novembro de 2014 
  32. «Com turbante na cabeça, Juliana Paes imita Carmen Miranda no Esquenta!». Gshow. 7 de dezembro de 2014 
  33. «Com turbante na cabeça, Juliana Paes imita Carmen Miranda no Esquenta!». Gshow. 7 de dezembro de 2014 
  34. Laura Fernandes (20 de agosto de 2017). «Silvero Pereira fala sobre sucesso de travesti da novela das nove». Correio. Consultado em 11 de julho de 2019 
  35. https://news.google.com/newspapers?nid=1301&dat=19840518&id=lddQAAAAIBAJ&sjid=kegDAAAAIBAJ&pg=3290,995005&hl=pt-BR
  36. Agência Estado (13 de outubro de 2000). «Marília Pêra canta o que Carmen Miranda não gravou». O Estado de S. Paulo. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  37. Agência Estado (18 de abril de 2002). «Falabella leva Carmen Miranda ao teatro». O Estado de S. Paulo. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  38. Jornal do Brasil (25 de setembro de 2005). «MARÍLIA PÊRA VOLTA A VIVER CARMEN MIRANDA». Consultado em 17 de novembro de 2014 
  39. «Andréa Veiga homenageia Carmen Miranda». cultura.rj.gov.br. 25 de novembro de 2009. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  40. Regis Martins (9 de dezembro de 2013). «Atriz e cantora faz homenagem a Carmen Miranda em musical no Pedro II». Jornal A Cidade. Consultado em 10 de maio de 2019 
  41. Rosângela Gris (1 de outubro de 2014). «Tributo à Carmen Miranda é atração no Auditório Luzamor em Maringá». O Diário. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  42. Gabriela Mellão (23 de julho de 2014). «Espetáculo renova o repertório de Carmen Miranda». Folha de S. Paulo. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  43. «Três Pequenas Notáveis». Diário do Nordeste. 30 de julho de 2015 
  44. Celia Wren (20 de outubro de 2015). «'Gimme a Band' delves into Carmen Miranda's all-too-colorful story» (em inglês). The Washington Post. Consultado em 10 de maio de 2019 
  45. «CARMEN, A GRANDE PEQUENA NOTÁVEL». Centro Cultural Banco do Brasil. Consultado em 10 de maio de 2019 
  46. «Recital na Boite Barroco». allmusic 
  47. «Dionne Warwick se apresenta com Emílio Santiago». Revista Época 
  48. ANA PAULA GRABOIS (4 de junho de 2011). «Show: Em "Batuque", Ney Matogrosso incorpora Carmem Miranda». Folha de S. Paulo 
  49. Mauro Ferreira (12 de abril de 2004). «Ivete Sangalo – MTV ao Vivo». terra.com.br/istoegente/244/diversao_arte/musica_ivete_sangalo.htm 
  50. «E! News / Daniela Mercury agita São Paulo e surpreende em dueto virtual com Carmen Miranda». E! Entertainment Television. 6 de agosto de 2012 
  51. Cauê Muraro (15 de outubro de 2014). «Marjorie Estiano lança álbum 'retrô' e mira em Beatles e Roberto Carlos». G1 
  52. VÍTOR BELANCIANO (21 de junho de 2014). «Quem era Carmen Miranda? O Real Combo Lisbonense elucida». Público. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  53. BBC Brasil (30 de janeiro de 2015). «Grupo português quer 'roubar' Carmen Miranda do Brasil». G1 
  54. «Carmen Miranda foi a Washington». Google Livros 
  55. «Livro derruba mitos sobre Carmen Miranda». Folha de S. Paulo. 30 de novembro de 2005 
  56. «Carmen Miranda: Lisa Shaw». Palgrave Macmillan Home Page 
  57. «Personalidades são condecoradas por serviços ao Rio de Janeiro». brasil.gov.br/g. Consultado em 2 de março de 2015 
  58. «CARMEN, A GRANDE PEQUENA NOTAVEL». livrariacultura.com.br/ 
  59. «Fashion Week homenageia Carmem Miranda». Globo.com. 18 de janeiro de 2009 
  60. Ego (4 de março de 2010). «Atriz de 'Saturday Night Live' se veste de Carmen Miranda para revista». Globo.com. Consultado em 25 de fevereiro de 2015 
  61. Vogue (25 de abril de 2014). «Rihanna é nossa: com vocês, as capas da edição de maio da Vogue Brasil». Globo.com 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]