Carnaval de Ouro Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bloco Diretoria, 2005.

O Carnaval de Ouro Preto é o carnaval mais tradicional de Minas Gerais, sua história remonta o século 19.[1][2]

A cidade conta com mais de 300 repúblicas estudantis e é comum a utilização destes espaços para festas e hospedagem de turistas que, de acordo com a Universidade Federal de Ouro Preto, são realizadas com acompanhamento do Ministério Público Federal e Estadual diante de autorização prévia da Universidade. Os recursos obtidos são revertidos na manutenção e conservação das moradias. Em 2014, a Universidade Federal de Ouro Preto, junto com o Ministério Público, reforçou as medidas anteriormente adotadas, e permitirá os carnavais nas repúblicas. [3]

Blocos[editar | editar código-fonte]

O Carnaval da cidade de Ouro Preto conta com a participação de diversos blocos carnavalescos organizados que sobem as ladeiras da cidade, se reunindo na Praça Tiradentes.

Ouro Preto conta com o mais antigo bloco carnavalesco do Brasil - "O Zé Pereira dos Lacaios", fundado no ano de 1867, que com seus catitões (bonecos gigantes) animam a festa.[4]

Local[editar | editar código-fonte]

  • Bloco Zé Pereira dos Lacaios
  • Bloco Candonguêro
  • Bandalheira
  • Saparia da Ponte Seca
  • Charanga de Lata
  • Bloco Os Conspirados
  • Bloco Gatas e Gatões
  • Bloco Os Possuídos
  • Bloco Vermelho i Branco
  • Bloco Funerária
  • Bloco Liga Pra Rádio
  • Bloco Adro Dum
  • Bloco Sanatório Geral
  • Bloco do Chifrudo
  • Bloco do Mato
  • Bloco da Nega
  • Bloco Balanço da Cobra
  • Bloco Sai Quebrando
  • Bloco Diretoria

Estudantis[editar | editar código-fonte]

  • Bloco do Caixão
  • Bloco Cabrobró
  • Bloco da Praia
  • Bloco Chapado
  • Bloco Ladera
  • Bloco Monstro
  • Bloco da Forca
  • Bloco K-lango Doido
  • Bloco Baú da Xita
  • Bloco Ourô Pirô
  • Bloco das Lajes
  • Bloco Pirata
  • Bloco Mesclado
  • Bloco da Vila dos Tigres
  • Bloco Corujão

Escolas de samba e cordões[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Desfile das escolas de samba de Ouro Preto

  • Escola de Samba Imperial de Ouro Preto
  • Escola de Samba Unidos do Padre Faria
  • ESIM - Escola de Samba Inconfidência Mineira
  • Escola de Samba Acadêmicos do São Cristovão
  • Império do Morro Santana
  • União Recreativa Santa Cruz
  • Escola de Samba Mirim Chapéu Atolado
  • Princesa Isabel (Escola de Samba mirim)
  • Escola de Samba Sinhá Olímpia (extinta)
  • Cordão Banjo de Prata (extinto)
  • Cordão A Turma dos Batutas (extinto)
  • Imperial (extinta)

Referências

  1. «Ouro Preto tem programação extensa e variada». Portal EBC. 5 de fevereiro de 2013. Consultado em 5 de janeiro de 2014 
  2. «Carnaval de Ouro Preto é famoso em todo mundo». Paraná Online. 28 de janeiro de 2010. Consultado em 5 de janeiro de 2014 
  3. «Universidade define medidas para o carnaval de 2014». Universidade Federal de Ouro Preto. 5 de dezembro de 2013. Consultado em 8 de maio de 2015 
  4. Alex Araújo (10 de fevereiro de 2013). «Zé Pereira, tradicional bloco caricato, protesta no carnaval de Ouro Preto». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]