Carnaval de Pelotas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Carnaval de Pelotas tem seus primeiros registros no ano de 1870, quando os principais clubes da cidade desfilavam junto com bandas.[1] O auge do evento ocorreu entre a década de 60 e 80 quando foi considerado o terceiro maior carnaval do Brasil.[2] Os desfiles envolvem a participação de escolas de samba adultas e mirins, bandas, bandas carnavelescas e blocos.[3]

Escolas de samba[editar | editar código-fonte]

Adultas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Academia do Samba

A Academia de Samba é uma das escolas mais antigas do Brasil, foi fundada em 3 de fevereiro de 1949.[4] Sendo mais antigas que escolas como Imperatriz Leopoldinense e Acadêmicos do Salgueiro do Rio de Janeiro.

Ver artigo principal: Estação Primeira do Areal

A Estação Primeira do Areal já foi doze vezes campeã do carnaval da sua cidade, fundada em 4 de março de 1977. A sede da escola se localiza no bairro Areal.[5]

Ver artigo principal: General Telles

A General Telles fundada em 8 de novembro de 1960 é a entidade com o maior número de títulos do carnaval da cidade com um total de 21 conquistas.[6]

Ver artigo principal: Unidos do Fragata

Fundada em 4 de outubro de 1991 a Unidos do Fragata já conquistou 9 vezes o carnaval da cidade. Entre 1994 e 2003 a escola venceu nove em dez desfiles do grupo especial, sendo pentacampeã entre 1999 e 2003.[7]

Outras
  • Imperadores da Guabiroba, fundada em 1995, foi campeã 2 vezes e vice campeã outras 4. Foi chamada de "escolinha" ao estrear, mas causou enorme alvoroço ao desfilar com fantasias bem acabadas e componentes animados. A escola acabou quando seu diretor Gilbrantar Telexe, faleceu.
  • Imperatriz da Zona Norte[3]
  • Ramiro Barcelos[3]

Mirins[editar | editar código-fonte]

  • Acadêmicos da Lagoa[3]
  • Águia Branca[3]
  • Águia de Ouro[3]
  • Brillho do Sol[3]
  • Explosão do Futuro[3]
  • Mickey[3]
  • Mocidade do Simões Lopes[3]
  • Pica-Pau[3]
  • Ramirinho[3]
  • Super Pateta[3]

Bandas[editar | editar código-fonte]

  • Empolgação[3]
  • Folia do Valverde[3]
  • Jacaré da Lagoa[3]
  • Koisa Querida[3]
  • Unidos da Vila Castilhos[3]

Bandas carnavalescas[editar | editar código-fonte]

  • Dona da Noite[3]
  • Entre a Cruz e a Espada[3]
  • Família[3]
  • Girafa da Cerquinha[3]
  • Kibandaço[3]
  • Leocádia[3]
  • Lobos da Cerca[3]
  • Meta[3]
  • Xavabanda[3]

Bloco[editar | editar código-fonte]

  • Bloco dos Idosos e Clubes Sociais[3]

Referências

  1. «Manual de prodecimentos do julgador 2009» (PDF). Prefeitura de Pelotas. Consultado em 11 de março de 2013 
  2. «História». Prefeitura de Pelotas. Consultado em 11 de março de 2013 
  3. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab «Entidades». Prefeitura de Pelotas. Consultado em 11 de março de 2013 
  4. «Academia do Samba». Rádio Universidade. Consultado em 16 de março de 2011 
  5. «Entidades». Prefeitura de Pelotas. Consultado em 16 de março de 2011 
  6. «General Telles». Rádio Universidade. Consultado em 14 de março de 2011 
  7. «Unidos do Fragata». Rádio Universidade. Consultado em 15 de março de 2011