Carne de cachorro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cachorros assados. Hanói, Vietnã.

Carne de cachorro é um alimento consumido principalmente na Ásia Oriental (e.g. República Popular da China, Coreia e Vietnã) e alguns países da África (e.g. Nigéria). Seu consumo resulta da tradição cultural, escassez ou racionamento de outras fontes de carne ou da crença nos benefícios medicinais atribuídos a várias partes do cachorro.[1][2] Nos países em que é consumida, a carne canina é considerada uma iguaria preparada para ocasiões especiais e festivas.[3]

Na Nigéria, por exemplo, os animais consumidos provém da caça de cães selvagens ou do sacrifício de animais velhos ou doentes. Já nas Filipinas, onde o alimento é aceito como parte do direito cultural e religioso, os cães são criados na área rural especificamente para o consumo humano.[3]

Os críticos ao consumo desta carne defendem que os cachorros são inerentemente emocionais e amigáveis à humanidade, ou que os métodos de abate são excessivamente cruéis.[4][5][6][7] Por outro lado, este juízo também é visto como imperialismo cultural e intolerância.[8][9][10]

Referências

  1. MURRAY, Senan (6 de março de 2007). «Dogs' dinners prove popular in Nigeria». Consultado em 27 de dezembro de 2009  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  2. Dachshunds Are Tenderer, Time Magazine, 25 de novembro de 1940, consultado em 27 de dezembro de 2009  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  3. a b GREGORY, Neville G.; GRANDIN, Temple. Animal welfare and meat production. CABI, 2007. p. 165. ISBN 1845932153
  4. «Comments on action 'Stop the dog-meat trade in Korea'». AnimalFreedom.org. Consultado em 27 de dezembro de 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  5. KUM, Sunnan. «Sunnan's speech at the HK conference». Friends of Dogs, Korean Animal Protection Society. Consultado em 27 de dezembro de 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  6. «Withdraw The "Hygienic Control of Dog Meat"». Korean Animal Protection Society. 2005. Consultado em 27 de dezembro de 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  7. «Koreans At Their Worst - Killing & Eating Dogs and Cats». dogbiz.com. Consultado em 27 de dezembro de 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  8. SALETAN, William (16 de janeiro de 2002). «Wok The Dog -- What's wrong with eating man's best friend?». slate.com. Consultado em 27 de dezembro de 2009  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  9. ZIHNI, Ahmed (2004). «Dog Meat Dilemma». sunysb.edu. Consultado em 27 de dezembro de 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  10. FEFFER, John (2 de junho de 2002). «The Politics of Dog - When globalization and culinary practice clash». Consultado em 27 de dezembro de 2009  Verifique data em: |access-date= (ajuda)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SIMOONS, Frederick J. Food in China: a cultural and historical inquiry. CRC Press, 1991. ISBN 084938804X

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Carne de cachorro
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.