Carole James

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carole James
Carole James
Líder da Oposição na Assembléia Legislativa de British Columbia
Período 2005-2011
Antecessor(a) Joy MacPhail
Sucessor(a) Dawn Black
Vida
Nascimento 22 de dezembro de 1957 (58 anos)
Dukinfield, Inglaterra
Dados pessoais
Partido Novo Partido Democrático

Carole Alison James é uma política do Canadá. Ela é a ex-líder da oposição em British Columbia pelo Novo Partido Democrático (NDP). Ela anunciou sua intenção de renunciar como líder da oposição em 6 de dezembro de 2010 e foi oficialmente substituído pelo líder interino Dawn Black em 20 de janeiro de 2011.[1][2]

Início de vida[editar | editar código-fonte]

James nasceu em Dukinfield, Cheshire, na Inglaterra, e cresceu em North Battleford, em Victoria e em British Columbia. Depois de terminar o colegial, James e seu primeiro marido trabalharam em instituições voltados á portadores de deficiência mental em Alberta e British Columbia. Como mãe de Alison e Evan, ela envolveu-se em um grupo de pais de Victoria, o que a levou a ter interesse pela política.[3]

Em 13 de julho de 2006, James anunciou publicamente que tinha sido diagnosticada com câncer uterino.[4] Foi submetida à uma cirurgia e a um tratamento, que surgiram efeito.

Início da carreira[editar | editar código-fonte]

James foi membro do Conselho Escolar de Greater Victoria entre 1990 a 2001, incluindo sete mandatos como presidente, e ganhou fama em toda a província por ter tido cinco mandatos como presidente da BC School Trustees Association. Ela também atuou em nível nacional como vice-presidente da Associação Canadense de Conselhos Escolares. De 1999 a 2001, James ocupou o cargo de diretor sobre políticas e cuidados infantis do governo da Colúmbia Britânica. Além disso, atuou em vários comissões locais.[5]

Em 2001, James concorreu á deputada por Victoria-Beacon Hill, perdendo por apenas 35 votos de diferença para Jeff Bray.[6] Posteriormente, ela mudou-se para Prince George, na British Columbia onde foi diretora des Serviços de Família, e mais tarde foi coordenadora das famílias indígenas.[5]

Líder da Oposição[editar | editar código-fonte]

James foi eleita líder do NDP provincial em 23 de novembro de 2003.[5] Em sua eleição o partido estava em baixa, após a eleição provincial de 2001, que tinha reduzido o NDP a apenas dois assentos na Assembléia Legislativa. Durante a sua campanha para ganhar a liderança do partido, James se comprometeu a modernizar a ideologia do NDP e as estruturas internas e construir uma ampla base de apoio para o partido,[7] movimento que afastou alguns apoiantes tradicionais.

Durante a eleição provincial de 2005,[5] James fez uma campanha voltada em seu nome e sua imagem. . Na noite da eleição James, o NDP e os críticos do partido se surpreenderam com os resultados eleitorais, o partido teve 41,52% dos votos populares (um aumento de 19,96% em relação ao resultado das eleições 2001) e 33 dos 79 assentos na Assembléia Legislativa. James também venceu no seu distrito com 57,01% dos votos, derrotando o titular liberal Jeff Bray.[8] Ela foi reeleita em 2009.[3][5]

Renuncia da liderança de líder da minoria[editar | editar código-fonte]

Em 1 de dezembro de 2010, Jenny Kwan, um proeminente membro do partido, divulgou um comunicado à imprensa criticando a liderança de James no Novo Partido Democrático, e chamando o partido para uma convenção imediata.[9][10][11] Em resposta à declaração de Kwan, James chamou para uma sessão de emergência para discutir a situação.

Enquanto a sessão estava marcada para 5 de dezembro, foi adiado para que fossem realizados novas reuniões.[12] Em 6 de dezembro, James anunciou que iria renunciar a liderança do partido.[13] On short notice on December 6, James announced she would resign the party's leadership.[14][15] Ela continuou na posição, até a entrada de Dawn Black na liderança do partido.[16][17]


Referências

  1. DAWN BLACK RATIFIED AS BC NDP INTERIM LEADER
  2. Carole James Members of the Legislative Assembly of British Columbia
  3. a b «Biography: Carole James» British Columbia New Democratic Party [S.l.] 
  4. Bailey, Ian (July 14, 2006). «James diagnosed with uterine cancer: MLAs rally around NDP leader after routine checkup leads to discovery» The Province [S.l.] Consultado em December 11, 2010. 
  5. a b c d e «Official Biography: Carole James» Legislative Assembly of British Columbia [S.l.] 
  6. Elections BC. «Statement of Votes, General Election 2001: Victoria-Beacon Hill» (PDF) Elections BC [S.l.] 
  7. Beers, David (November 24, 2003). «Carole James Drummed into Power» The Tyee [S.l.] 
  8. CBC News. «B.C. Votes 2005» CBC [S.l.] Consultado em December 7, 2010. 
  9. MacLeod, Andrew (December 2, 2010). «James Allies Scramble to Defend Against Kwan's Attack» The Tyee [S.l.] 
  10. MacLeod, Andrew (December 1, 2010). «'Carole James is dividing the party': NDP MLA Kwan» The Tyee [S.l.] 
  11. Fowlie, Jonathan (December 2, 2010). «NDP leader Carole James will convene emergency meeting over revolt» Vancouver Sun [S.l.] 
  12. Thomson, Stephen (December 3, 2010). «Jenny Kwan says she will "wait and see" outcome of emergency NDP caucus session» Georgia Straight [S.l.] 
  13. Fowlie, Jonathan and Doug Ward (December 5, 2010). «Carole James' showdown postponed» Vancouver Sun [S.l.] 
  14. Tieleman, Bill (December 7, 2010). «She Had to Go: Carole James' resignation was inevitable after NDP's 2009 election defeat» The Tyee [S.l.] 
  15. Mason, Gary (December 8, 2010). «A timeline of the downfall of Carole James» Globe and Mail [S.l.] 
  16. Fowlie, Jonathan and Rob Shaw (December 6, 2010). «Carole James quits as NDP leader» Vancouver Sun [S.l.] 
  17. Hunter, Justine (December 6, 2010). «Carole James Standing Down» Globe and Mail [S.l.] 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]