Carole James

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carole James
Carole James
Líder da Oposição na Assembléia Legislativa de British Columbia
Período 2005-2011
Antecessor(a) Joy MacPhail
Sucessor(a) Dawn Black
Dados pessoais
Nascimento 22 de dezembro de 1957 (59 anos)
Dukinfield, Inglaterra
Partido Novo Partido Democrático

Carole Alison James é uma política do Canadá. Ela é a ex-líder da oposição em British Columbia pelo Novo Partido Democrático (NDP). Ela anunciou sua intenção de renunciar como líder da oposição em 6 de dezembro de 2010 e foi oficialmente substituído pelo líder interino Dawn Black em 20 de janeiro de 2011.[1][2]

Início de vida[editar | editar código-fonte]

James nasceu em Dukinfield, Cheshire, na Inglaterra, e cresceu em North Battleford, em Victoria e em British Columbia. Depois de terminar o colegial, James e seu primeiro marido trabalharam em instituições voltados á portadores de deficiência mental em Alberta e British Columbia. Como mãe de Alison e Evan, ela envolveu-se em um grupo de pais de Victoria, o que a levou a ter interesse pela política.[3]

Em 13 de julho de 2006, James anunciou publicamente que tinha sido diagnosticada com câncer uterino.[4] Foi submetida à uma cirurgia e a um tratamento, que surgiram efeito.

Início da carreira[editar | editar código-fonte]

James foi membro do Conselho Escolar de Greater Victoria entre 1990 a 2001, incluindo sete mandatos como presidente, e ganhou fama em toda a província por ter tido cinco mandatos como presidente da BC School Trustees Association. Ela também atuou em nível nacional como vice-presidente da Associação Canadense de Conselhos Escolares. De 1999 a 2001, James ocupou o cargo de diretor sobre políticas e cuidados infantis do governo da Colúmbia Britânica. Além disso, atuou em vários comissões locais.[5]

Em 2001, James concorreu á deputada por Victoria-Beacon Hill, perdendo por apenas 35 votos de diferença para Jeff Bray.[6] Posteriormente, ela mudou-se para Prince George, na British Columbia onde foi diretora des Serviços de Família, e mais tarde foi coordenadora das famílias indígenas.[5]

Líder da Oposição[editar | editar código-fonte]

James foi eleita líder do NDP provincial em 23 de novembro de 2003.[5] Em sua eleição o partido estava em baixa, após a eleição provincial de 2001, que tinha reduzido o NDP a apenas dois assentos na Assembléia Legislativa. Durante a sua campanha para ganhar a liderança do partido, James se comprometeu a modernizar a ideologia do NDP e as estruturas internas e construir uma ampla base de apoio para o partido,[7] movimento que afastou alguns apoiantes tradicionais.

Durante a eleição provincial de 2005,[5] James fez uma campanha voltada em seu nome e sua imagem. . Na noite da eleição James, o NDP e os críticos do partido se surpreenderam com os resultados eleitorais, o partido teve 41,52% dos votos populares (um aumento de 19,96% em relação ao resultado das eleições 2001) e 33 dos 79 assentos na Assembléia Legislativa. James também venceu no seu distrito com 57,01% dos votos, derrotando o titular liberal Jeff Bray.[8] Ela foi reeleita em 2009.[3][5]

Renuncia da liderança de líder da minoria[editar | editar código-fonte]

Em 1 de dezembro de 2010, Jenny Kwan, um proeminente membro do partido, divulgou um comunicado à imprensa criticando a liderança de James no Novo Partido Democrático, e chamando o partido para uma convenção imediata.[9][10][11] Em resposta à declaração de Kwan, James chamou para uma sessão de emergência para discutir a situação.

Enquanto a sessão estava marcada para 5 de dezembro, foi adiado para que fossem realizados novas reuniões.[12] Em 6 de dezembro, James anunciou que iria renunciar a liderança do partido.[13] On short notice on December 6, James announced she would resign the party's leadership.[14][15] Ela continuou na posição, até a entrada de Dawn Black na liderança do partido.[16][17]


Referências

  1. DAWN BLACK RATIFIED AS BC NDP INTERIM LEADER
  2. Carole James Members of the Legislative Assembly of British Columbia
  3. a b «Biography: Carole James». British Columbia New Democratic Party 
  4. Bailey, Ian (14 de julho de 2006). «James diagnosed with uterine cancer: MLAs rally around NDP leader after routine checkup leads to discovery». The Province. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. a b c d e «Official Biography: Carole James». Legislative Assembly of British Columbia 
  6. Elections BC. «Statement of Votes, General Election 2001: Victoria-Beacon Hill» (PDF). Elections BC 
  7. Beers, David (24 de novembro de 2003). «Carole James Drummed into Power». The Tyee 
  8. CBC News. «B.C. Votes 2005». CBC. Consultado em 7 de dezembro de 2010 
  9. MacLeod, Andrew (2 de dezembro de 2010). «James Allies Scramble to Defend Against Kwan's Attack». The Tyee 
  10. MacLeod, Andrew (1 de dezembro de 2010). «'Carole James is dividing the party': NDP MLA Kwan». The Tyee 
  11. Fowlie, Jonathan (2 de dezembro de 2010). «NDP leader Carole James will convene emergency meeting over revolt». Vancouver Sun 
  12. Thomson, Stephen (3 de dezembro de 2010). «Jenny Kwan says she will "wait and see" outcome of emergency NDP caucus session». Georgia Straight 
  13. Fowlie, Jonathan and Doug Ward (5 de dezembro de 2010). «Carole James' showdown postponed». Vancouver Sun 
  14. Tieleman, Bill (7 de dezembro de 2010). «She Had to Go: Carole James' resignation was inevitable after NDP's 2009 election defeat». The Tyee 
  15. Mason, Gary (8 de dezembro de 2010). «A timeline of the downfall of Carole James». Globe and Mail 
  16. Fowlie, Jonathan and Rob Shaw (6 de dezembro de 2010). «Carole James quits as NDP leader». Vancouver Sun 
  17. Hunter, Justine (6 de dezembro de 2010). «Carole James Standing Down». Globe and Mail 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]