Carolina Albuquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carolina Albuquerque
campeã olímpica
Voleibol
Nome completo Carolina Demartini de Albuquerque
Apelido Carol
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 25 de julho de 1977 (40 anos)
Porto Alegre, RS
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 76 kg Altura: 1,82 m
Clube Brasil Osasco[1]
Medalhas
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Jogos Olímpicos
Ouro Pequim 2008 Equipe
Campeonatos Mundiais
Prata Japão 2006 Equipe
Grand Prix
Ouro Sendai 2005 Equipe
Ouro Reggio Calabria 2006 Equipe
Ouro Yokohama 2008 Equipe
Prata Yuxi 1999 Equipe
Copa dos Campeões
Ouro Japão 2005 Equipe
Jogos Pan-Americanos
Ouro Winnipeg 1999 Equipe
Prata Rio de Janeiro 2007 Equipe
Competidora de Osasco
Campeonatos Mundiais
Prata Doha 2010 Equipe
Torneio Top Volley
Ouro Basileia 2004 Equipe
Salonpas Cup
Ouro Salvador 2001 Equipe
Ouro São Paulo 2005 Equipe
Ouro São Paulo 2008 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro Lima 2009 Equipe
Ouro Lima 2010 Equipe
Competidora do Sesi-SP
Campeonatos Mundiais
Bronze Zurique 2014 Equipe
Torneio Top Volley
Prata Basileia 2012 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro Osasco 2014 Equipe

Carolina Demartini Albuquerque (Porto Alegre, 25 de julho de 1977) é uma voleibolista indoor brasileira, atuante na posição de levantadora. Nas categorias de base da Seleção Brasileira, conquistou a medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano Infanto-Juvenil de 1994, no Peru. No mesmo ano obteve o título do Campeonato Sul-Americano Juvenil na Colômbia e foi medalhista de prata no Campeonato Mundial Juvenil de 1995, na Tailândia.

Entre os mais expressivos títulos e resultados obtidos pela Seleção Principal, sagrou-se medalhista de ouro no Campeonato Sul-Americano de 2005, nos Jogos Pan-Americanos de 1999 e tricampeã do Grand Prix nos anos de 2005, 2006 e 2008. Também obteve a prata no Campeonato Mundial de 2006 e nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, além de ser medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim. Em clubes possui o tricampeonato sul-americano de clubes nos anos de 2009, 2010 e 2014, uma medalha de prata e outra de bronze em edições do Campeonato Mundial de Clubes nos anos de 2010 e 2014, respectivamente. Ainda conquistou o tricampeonato da Salonpas Cup, bem como foi ouro, bronze e prata no Torneio Internacional Top Volley, nas edições dos anos de 2004, 2005 e 2012, devidamente.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Desde a infância Carol praticava desportos em sua cidade natal. Iniciou na natação, mais tarde para o vôlei, isto aos 9 anos de idade, pro influencia de sua mãe que também foi jogadora, mas com frequência fugia da Escolinha de Vôlei para as aulas de basquete, seu esporte preferido nesta fase.[2]Jogou nas categorias de base do Grêmio Náutico União[3] e representou a Seleção Gaúcha no Campeonato Brasileiro de Seleções, conquistando o título da edição na categoria juvenil em 1992 e na categoria infanto-juvenil no ano seguinte.[4]

Com apenas 16 anos migra para São Paulo visando uma carreira profissional, já que seu Estado não oferecia tal chance; então ingressou nas categorias de base do Pinheiros.[3]Em 1994 foi convocada para as categorias de base da Seleção Brasileira, conquistando o título do Campeonato Sul-Americano Infanto-Juvenil em Trujillo-Peru mesmo ano que foi campeã do Campeonato Sul-Americano Juvenil de Medellín-Colômbia e no ano seguinte disputou o Campeonato Mundial Juvenil em Bangkok-Tailândia, ocasião que conquistou a medalha de prata.[4]

Na temporada 1995-96 estava atuando pelo time adulto do Tensor/Pinheiros, temporada que disputou sua primeira Superliga Brasileira A, não marcou nenhum ponto[4]encerrou na quinta posição nesta edição.[5]No período seguinte permaneceu no mesmo clube que utilizou a alcunha de Blue Life/Pinheiros na Superliga Brasileira A 1996-97, edição que marcou 17 pontos, destes 10 de ataques, 5 de bloqueios e 2 de saques[4] e encerrou por este clube na sexta posição.[5]

Nas competições de 1997-98 renovou com mesmo clube, este utilizou nesta jornada a alcunha de Mappin/Pinheiros na correspondente Superliga Brasileira A , edição que registrou um total de 7 pontos, destes 4 foram de ataques, 1 de bloqueio e 2 provenientes de saque[4] e foi semifinalista nesta edição, alcançando a quarta posição nos playoffs.[5]No período seguinte continuou contratada pelo mesmo clube, desta vez voltou a utilizar a alcunha de Blue Life/Pinheiros na Superliga Brasileira A 1998-99contribuindo nesta edição para seu clube com 117 pontos, sendo 86 pontos de ataques, 13 de bloqueios e 18 de saques,[4] e finalizou na sétima posição.[5]Em 1999 foi convocada para Seleção Brasileira pelo técnico Bernardo Rezende para disputar os Jogos Pan-Americanos de Winnipeg-Canadá e obteve a medalha de ouro nesta competição,[3] além de disputar sua primeira edição do Grand Prix , cuja fase final deu-se em Yuxi-China, ocasião que foi medalhista de prata.[4]

Nas disputas de 1999-00 permaneceu vinculada ao Blue Life/Pinheiros e conquistou o título do Campeonato Paulista de 1999[6] e encerrou na quarta posição na correspondente Superliga Brasileira A,[5] edição na qual marcou 73 pontos no total, sendo 49 de ataques, 12 de bloqueios e 12 de saques.[4]Transferiu-se para BCN/Osasco,[4] por este obteve o título da Taça Premium TV Tarobá de 2000,[7][8] também no mesmo ano foi ouro nos Jogos Abertos de Santos,[9] mesma medalha obtida Jogos Regionais de Santo André,[10] foi semifinalista do Campeonato Paulista deste ano,[11]encerrando com o bronze.[6]E competiu por este clube na Superliga Brasileira A 2000-01, alcançando a quinta posição ao final da edição[5] e registrou no geral 12 pontos, destes 7 foram de ataques, 2 de bloqueios e 3 de saques.[4]

Em mais uma temporada pelo BCN/Osasco[4] conquistou em 2001 o vice-campeonato dos Jogos Regionais de São Vicente,[12] além de obter o título do Campeonato Paulista de 2001, neste mesmo ano ouro nos Jogos Abertos de São José do Rio Preto.[13][14]Nesse mesmo ano que sagrou-se campeã da primeira edição do Torneio Internacional Salonpas Cup, realizado Salvador-BA, além de ser eleita a Melhor Levantadora da edição;[15] além disso disputou a Superliga Brasileira A 2001-02[4][16] quando obteve o vice-campeonato,[5] contribuindo para equipe com 57 pontos, destes 31 foram de ataques, 16 de bloqueios e 10 provenientes de saques.[4]

Também foi atleta do Macaé/Nuceng, competindo por este no período de 2002-03[4] alcançando na referente Superliga Brasileira A o quinto lugar[5] e efetuou 24 pontos, 13 foram de ataques, 10 de bloqueios e 1 de saque.[4]Com projeto de ser mãe, Carol ficou inativa na temporada 2003-04, quase deixou as quadras após nasceu seu filho Matheus em abril de 2004, cujo pai é o ex-voleibolista Maurício, com auxílio de nutricionista e musculação logo voltou as quadras estava vinculada ao MRV/Minas [3][17]reforçando o Finasa/Osasco em 2004 na conquista do título do Torneio Internacional Top Volley na Baisléa[18][17] [19] [4] no Campeonato Paulista de 2004[20] e conquistou seu primeiro título da Superliga Brasileira A 2004-05,[5][3] quando marcou 27 pontos, 15 de ataques, 4 de bloqueios e 8 de saque.[4]

Em 2005 retornou a Seleção Brasileira desta vez convocada pelo técnico José Roberto Guimarães[21]para disputar o Torneio Montreux Volley Master na Suíça quando conquistou o título da edição,[22] também conquistou o título do Torneio de Courmayeur neste mesmo ano e vestiu a camisa#9 da seleção na edição do Grand Prix de 2005 cuja fase final foi em Sendai[23]conquistando a medalha de ouro.[4]Ainda nesse ano e pela seleção principal conquistou os títulos do Campeonato Sul-Americano realizado na capital boliviana[24][25] e também foi convocada para o Torneio Classificatório para o Campeonato Mundial de 2006[26]e conquistou título e a qualificação para o referido mundial,[4] além de fazer parte da equipe que conquistou o primeiro título para a modalidade feminina da Copa dos Campeões realizada no Japão, quando vestiu a camisa#2 disputou a Copa dos Campões de 2005 realizada no Japão,[27] conquistando o título inédito para o país[28] [29] e foi a quarta melhor atleta no fundamento do levantamento.[30]

Pela segunda temporada consecutiva defende o Finasa/Osasco nas competições de 2005-06[4] foi medalhista de bronze no Torneio Top Volley de 2005 na Suíça[31]sagrou-se campeã invicta do Campeonato Paulista de 2005,[32] além do título do Torneio Internacional Salonpas Cup,[33] a Copa São Paulo e os Jogos Regionais de Praia Grande[34]e foi vice-campeã da Superliga Brasileira A correspondente a temporada supracitada.[5]

Em 2006 voltou a servir a Seleção Brasileira quando conquistou o bicampeonato do Torneio de Courmayeur[35] na conquista do titulo do Torneio Montreux Volley Masters,[36][19][37][19] o bicampeonato consecutivo do Grand Prix cuja fase final foi na cidade italiana de Reggio Calabria[19]e medalha de prata do Campeonato Mundial de 2006 sediado no Japão.[19]

O Cimed/Macaé a contrata para as disputas de 2006-07, por este foi vice-campeã carioca em 2006[38]e o defendeu na Superliga Brasileira A neste período mencionado[39] sendo semifinalista nesta edição, alcançando o quarto lugar final.[5]

Em 2007 foi convocada para Seleção Brasileira para a edição dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, ocasião que foi medalhista de prata,[2][19] também foi convocada para os treinamentos em preparação para a Copa do Mundo do Japão no mesmo ano,[40] mas não esteve no grupo que disputou tal competição,[41] mas no Grand Prix de 2007 cuja fase final foi em Ningbo-China foi capitã da equipe,[42] mas obteve apenas o quinto lugar,[43] e vestindo a camisa#2 foi a quinta melhor atleta no fundamento do levantamento,[44] mesma posição obtida no fundamento de saque.[45]

Retornou ao Finasa/Osasco na temporada 2007-08,por este obteve o título do Campeonato Paulista de 2007,[46] novamente ouro nos Jogos Abertos de Praia grande[47] e ouro nos Jogos Regionais do Guarujá,[48] além do vice-campeonato da Copa brasil no mesmo ano[49] e terminou com o vice-campeonato na Superliga Brasileira A 2007-08.[50][5]

No ano de 2008 serviu a Seleção Brasileira na edição da Copa Final Four realizada em Fortaleza-Brasil;[51] ainda pela seleção neste mesmo ano conquistou mais uma medalha de ouro no Grand Prix cuja fase final foi em Yokohama-Japão, vestindo a camisa#2, mesmo sendo reserva da Fofão ficou na oitava colocação entre as melhores levantadoras na fase preliminar[52]e foi a décima melhor atleta no fundamento do levantamento na fase final.[53]Um grande marco de sua carreira profissional foi a conquista da primeira medalha de ouro para o voleibol feminino em edições dos Jogos Olímpicos de Verão de 2008, sediados em Pequim-China.[3]

Renovou com o Finasa/Osasco para as disputas de 2008-09, conquistando em 2008 o título paulista,[54] também neste ano obteve o ouro na Copa Brasil,[55] mais uma vez ouro nos Jogos Abertos de Piracicaba,[56] e mais uma vez conquista o título do Torneio Internacional Salonpas Cup [57]e recebeu o prêmio de Melhor Levantadora da edição.[58]Por este clube disputou a Superliga Brasileira A 2008-09[59]na qual conquistou o vice-campeonato.[60][61]

Por duas temporadas consecutivas defendeu o Sollys/Osasco na jornada esportiva 2009-10, obteve o ouro nos Jogos Abertos de São Caetano do Sul e vice-campeã paulista em 2009,[62] também disputou o Campeonato Sul-Americano de Clubes também neste mesmo ano, cuja sede deu-se em Lima-Perú, ocasião que foi medalhista de ouro na edição e eleita a Melhor Levantadora.[63]Ainda em 2009 disputou a Copa Banco BMG em Recife-Pernambuco e conquistou o outro do torneio[64][65] e conquistou o título da Superliga Brasileira A 2009-10.[66]

Pelo Solly/Osasco disputou o Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2010, este sediado em Lima-Peru quando conquistou o bicampeonato consecutivo na competição e a qualificação para o Campeonato Mundial de Clubes no mesmo ano e eleita a Melhor Levantadora da edição[67] e disputou a referida edição do Mundial de Clubes realizado em Doha-Qatar. Camisa#2 e capitã da equipe[68]e contribuiu na conquistou a medalha de prata na edição[69]eleita a Melhor Levantadora da competição.[70]

Ainda em 2010 obteve pelo Sollys/Osasco o bronze no Campeonato Paulista de 2010[6] e foi campeã da Copa São Paulo no mesmo ano.[71]Competiu por esse clube na Superliga Brasileira A 2010-11[72]-campeã da edição,[73] após esta competição foi dispensada ficou sem jogar quase um ano, e em 2012 foi contratada clube espanhol; UCAM Vóley Murcia[3] reforçando seu plantel para disputar os playoffs da Superliga Espanhola A 2011-2012[74]e terminou na quarta colocação.[75]

Na temporada 2012-13 passou a defender o Sesi-SP [3] sob o comando do técnico Talmo Oliveira conquistou o título da Copa São Paulo em 2012[76] e no mesmo ano o bronze no Campeonato Paulista,[77] disputando o primeiro torneio internacional do clube, ou seja, a edição do Top Volley de 2012 na Suíça, ocasião que terminou com a medalha de prata.[78]Carol pelo Sesi-SP encerrou nessa temporada na quarta posição na correspondente Superliga Brasileira A.[79]

Permaneceu no Sesi-SP na jornada esportiva 2013-14, obtendo o ouro na Copa São Paulo de 2013,[80] conquistou o vice-campeonato paulista de 2013,[81] mesma colocação obtida na Copa Brasil de 2014 em Maringá-Paraná[82]qualificando a equipe para o Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2014, disputou tal competição sediada em Osasco-Brasile conquistou a medalha de ouro da edição qualificando sua equipe pela primeira vez ao Campeonato Mundial de Clubes de 2014 sediado na Zurique-Suíça.[83] Pelo também avançou as finais da Superliga Brasileira A 2013-14, encerrando com o vice-campeonato.[84]

Embarcou com a equipe do Sesi/SP para Zurique , sede do Campeonato Mundial de Clubes de 2014 conforme qualificação continental já citada, vestiu a camisa#12 [85] na conquista da medalha de bronze.[86]Renovou com o Sesi-SP para as competições do período esportivo 2014-15.[87]Na temporada 2015-16 ficou sem clube e dedicou-se a carreira de tenista,participando de torneios oficiais,[88] participou do Jogo de Despedida da ex-levantadora Fofão, época que cogitava uma aposentadoria.[89]

Títulos e resultados[editar | editar código-fonte]

Premiações individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Após uma temporada parada, campeã olímpica volta às quadras no Osasco». globoesporte.com. Grupo Globo. 31 de maio de 2016. Consultado em 24 de agosto de 2017.. Cópia arquivada em 24 de agosto de 2017 
  2. a b UOL Esportes (ed.). «Perfil Carol Albuquerque-Pan 2007». Consultado em 13 de maio de 2014. 
  3. a b c d e f g h i WCB News, ed. (28 de agosto de 2012). «Entrevista Exclusiva com a Campeã Olímpica Carol Albuquerque -Carol Albuquerque, a campeã está de volta». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  4. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Ficha do Atleta- 2 – Carolina- Equipe: FINASA/OSASCO». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  5. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (27 de outubro de 2008). «SUPERLIGA 08/09: Histórico da Superliga». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  6. a b c d e f Wikipédia (ed.). «Artigo Campeonato Paulista de Voleibol Feminino-Resultados». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  7. a b GloboEsporte.com, ed. (26 de novembro de 2000). «BCN/Osasco conquista título da Taça Premium feminina». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  8. Photo&Grafia, ed. (25 de novembro de 2000). «VÔLEI - TAÇA PREMIUM TAROBÁ-BCN / OSASCO VENCE E ESTÁ NA FINAL DA TAÇA PREMIUM». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  9. Photo&Grafia, ed. (13 de novembro de 2000). «VÔLEI - REPETECO DA SEMIFINAL PAULISTA EM SANTOS-BCN / OSASCO PEGA O CAMPEÃO MRV / SÃO BERNARDO AMANHÃ EM SANTOS». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  10. a b c Photo&Grafia, ed. (16 de novembro de 2000). «VÔLEI - JOGOS ABERTOS-VÔLEI DO BCN / OSASCO VENCE CAMPEÃO PAULISTA E É BI DOS JOGOS ABERTOS». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  11. Photo&Grafia, ed. (24 de outubro de 2000). «VÔLEI - SAI O SEGUNDO FINALISTA-MRV / SÃO BERNARDO DECIDE TÍTULO COM O BLUE LIFE / PINHEIROS». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  12. a b Photo&Grafia, ed. (28 de julho de 2001). «VÔLEI FEMININO – JOGOS REGIONAIS-BCN/OSASCO É VICE-CAMPEÃO DOS JOGOS REGIONAI». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  13. Photo&Grafia, ed. (8 de outubro de 2001). «VÔLEI - JOGOS ABERTOS-BCN / OSASCO ESTRÉIA COM VITÓRIA NOS JOGOS ABERTOS DO INTERIOR». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  14. a b c Mariana Lajolo (28 de novembro de 2001). «Equipe do treinador José Roberto Guimarães faz 3 sets a 0 no São Caetano para conquistar título-Osasco bate zebra e leva o Paulista». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  15. a b Esportes Terral, ed. (29 de julho de 2001). «Brasileiras liquidam italianas em Salvador». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  16. «Superliga 2001-2002- BCN/OSASCO». Melhor do Vôlei. 14 de março de 2008. Consultado em 19 de fevereiro de 2016. 
  17. a b Terra Desportesl, ed. (22 de dezembro de 2004). «Carol é o novo reforço do Osasco na Superliga». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  18. Melhor do Vôlei, ed. (20 de dezembro de 2012). «Sesi-SP é o representante brasileiro na Top Volley 2012. Saiba mais sobre o torneio». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  19. a b c d e f CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (14 de agosto de 2007). «Carol, Paula e Fabíola: vencedoras na Seleção Brasileira adulta e na vida». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  20. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (11 de novembro de 2004). «FINASA/OSASCO CONQUISTA O HEXACAMPEONATO PAULISTA». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  21. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (13 de abril de 2005). «SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA: CBV DIVULGA LISTA DAS CONVOCADAS DE JOSÉ ROBERTO GUIMARÃES». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  22. Volleymasters.ch, ed. (1 de junho de 2014). «Germany take crown of Montreux Volley Masters 2005» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  23. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «World Grand Prix 2005- BRA / Brazil - Team Composition» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  24. Todor66, ed. (20 de setembro de 2004). «Women Volleyball XXVI South America 2005 La Paz (BOL) - 17-23.09 Winner Brazil» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  25. Confederación Sudamericana de Voleibol, ed. (24 de setembro de 2005). «Campeonato Sudamericano Femenino: Brasil conquista facil su 14º titulo continental» (em espanhol). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  26. GloboEsporte.com, ed. (23 de agosto de 2005). «A seleção brasileira no Torneio Classificatório». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  27. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «World Grand Champions Cup 2005-Teams & Coaches» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  28. Confederación Sudamericana de Voleibol, ed. (21 de novembro de 2005). «Copa de Campeones Femenina Selección brasileña conquista título inédito» (em espanhol). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  29. Todor66 (ed.). «Women Volleyball Grand Champions Cup 2005-15-20.11 Winner Brazil» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  30. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «World Grand Champions Cup 2005- Best Players-Best Setters» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  31. FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (30 de dezembro de 2005). «Finasa vence Voléro Zurique e termina em terceiro na Suíça». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  32. a b tTerra Esportes, ed. (29 de novembro de 2005). «Finasa é campeão paulista feminino». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  33. FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (3 de setembro de 2005). «FINASA CONQUISTA O TRICAMPEONATO DA SALONPAS CUP». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  34. a b c FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (6 de dezembro de 2005). «FINASA, PRONTO PARA LUTAR PELO TETRACAMPEONATO DA SUPERLIGA». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  35. Estadão, ed. (17 de junho de 2006). «Brasil é tricampeão do Torneio de Vôlei de Courmayeur». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  36. Volleymasters.ch, ed. (1 de junho de 2014). «Germany take crown of Montreux Volley Masters 2006» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  37. GloboEsporte.com, ed. (24 de maio de 2006). «Fofão será capitã da seleção feminina-Levantadora é escolhida pela comissão técnica de José Roberto Guimarães». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  38. a b Photo&Grafia, ed. (2 de dezembro de 2006). «ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO-VÔLEI: CIMED / MACAÉ É VICE-CAMPEû. Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  39. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2006-2007- Cimed/Macaé». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  40. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (3 de maio de 2007). «Seleção brasileira feminina: CBV divulga lista de convocadas do técnico José Roberto Guimarães». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  41. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB Women's World Cup 2007-BRA / Brazil - Team Composition» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  42. Zero Hora- Clic RBS, ed. (22 de agosto de 2007). «Brasil derrota a Polônia no Grand Prix de vôlei feminino». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  43. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB World Grand Prix 2007- Final Round- Ningbo, CHINA - Final Standing» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  44. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB World Grand Prix 2007- Preliminary Round- Best Setters» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  45. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB World Grand Prix 2007- Preliminary Round- Best Servers» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  46. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (1 de dezembro de 2007). «Finasa conquista o Paulista Feminino 2007». Consultado em 24 de outubro de 2014. 
  47. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (27 de outubro de 2007). «Finasa conquista o título dos Jogos Abertos do Interior». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  48. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (20 de agosto de 2007). «Finasa faz homenagem a campeões mundiais na estréia». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  49. a b UOL Esportes, ed. (9 de outubro de 2007). «Após vice na Copa Brasil, Osasco enfrenta São José no Paulista». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  50. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2007-2008- Cimed/Macaé». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  51. Norceca, ed. (7 de setembro de 2008). «Brazil is the champion of Final Four and ends 2008 with three g». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  52. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB World Grand Prix 2008- Preliminary Round- Best Setters» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  53. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB World Grand Prix 2008- Final Round-Best Setters» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  54. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (25 de outubro de 2008). «Finasa é campeão paulista pela décima vez». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  55. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (21 de setembro de 2008). «Finasa conquista o título da Copa Brasil de Vôlei». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  56. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (17 de novembro de 2008). «Finasa conquista título dos Jogos Abertos». Consultado em 3 de maio de 2014. 
  57. FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (6 de outubro de 2008). «Campeão da Salonpas Cup, Finasa volta a pensar no Paulista». Consultado em 3 de maio de 2014. 
  58. a b Abril.com, ed. (5 de outubro de 2008). «Osasco conquista o tetra da Salonpas Cup». Consultado em 3 de maio de 2014. 
  59. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2008-2009- FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA- FINASA / OSASCO». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  60. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2008-2009- Os melhores da Superliga Feminina - Equipe Campeã- Rexona / Ades». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  61. FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (20 de abril de 2009). «Finasa fica com o vice da Superliga de Vôlei». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  62. a b c FPV- Federação Paulista de Voleyball, ed. (8 de dezembro de 2009). «Pinheiros/Mackenzie conquista o Super Paulistão 2009». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  63. a b FPV- Federação Paulista de Voleyball, ed. (19 de outubro de 2009). «Sollys/Osasco é campeão Sul-Americano de Clubes». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  64. FPV- Federação Paulista de Voleyball, ed. (11 de novembro de 2009). «Sollys/Osasco vence na estreia da Copa Banco BMG». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  65. a b PeruVoley, ed. (13 de novembro de 2009). «HOMENAGE A JAQUELINE CARVALHO». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  66. FPV- Federação Paulista de Voleyball, ed. (19 de abril de 2010). «Sollys/Osasco é tetracampeão da Superliga Feminina». Consultado em 30 de abril de 2014. 
  67. a b CSV- Confederación Sudamericana de Voleibol, ed. (19 de julho de 2010). «Sudamericano Femenino de Clubes - Sollys Osasco vence y logra la vacance para el Mundial». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  68. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB Women's Volleyball Club World Championship- Doha, Qatar-2010- SOO / Sollys Osasco - Team Composition» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  69. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB Women's Volleyball Club World Championship- Doha, Qatar-2010- Final Round» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  70. a b Saque Viagem, ed. (21 de dezembro de 2010). «Skowronska é a melhor jogadora do Mundial». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  71. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (15 de agosto de 2010). «Sollys/Osasco é campeão da Copa São Paulo 2010». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  72. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA-SOLLYS/OSASCO». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  73. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «SUPERLIGA 2010/2011- TABELAS DE JOGOS E RESULTADOS DA SUPERLIGA FEMININA-Play-Offs- Final». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  74. UOL Esportes, ed. (9 de abril de 2012). «Após quase um ano parada, levantadora Carol Albuquerque fecha com time espanhol-Vôlei-Uol Esportes». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  75. a b RFEVB - Real Federación Española de Voleibol (ed.). «SFV Palmarés-TEMPORADA 11/12» (em espanhol). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  76. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (12 de agosto de 2012). «Sesi/SP conquista a Copa São Paulo Feminino 2012». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  77. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball (ed.). «Campeonato Paulista 2012 - DIVISÃO ESPECIAL FEMININO -CLASSIFICAÇÃO». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  78. CLIC RBS, ed. (29 de dezembro de 2012). «Sesi-SP perde para o Racing de Cannes na decisão do Torneio Top Vôlei». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  79. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «SUPERLIGA 2012/2013- SUPERLIGA-FEMININA CLASSIFICAÇÃO». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  80. a b FPV- Federação Paulista de Voleyball, ed. (21 de setembro de 2013). «Sesi-SP é bicampeão da Copa São Paulo Feminina». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  81. a b FPV- Federação Paulista de Voleyball (ed.). «Campeonato Paulista 2013 - DIVISÃO ESPECIAL FEMININO-CLASSIFICAÇÃO-Classificação Geral». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  82. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «COPA DO BRASIL DE VOLEIBOL-RESULTADOS / CLASSIFICAÇÃO 2014» (PDF). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  83. FPV- Federação Paulista de Voleyball, ed. (10 de fevereiro de 2014). «SESI-SP vence o MOLICO/Osasco e conquista o Sul-Americano de Clubes». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  84. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2013/2014-Classificação». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  85. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB Volleyball Women's Club World Championship 2013- SES / SESI-SP- Team Composition» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  86. FIVB-Federação Internacional de Voleibol, ed. (11 de maio de 2014). «Press release-"We had to do some changes in our game plan," says Sesi-SP captain Fabiana Claudino» (em ingles). Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  87. TV Canal 13, ed. (13 de maio de 2014). «Sesi-SP renova o contrato de Carol Albuquerque». Consultado em 7 de outubro de 2014. 
  88. Bruno Voloch, ed. (19 de fevereiro de 2016). «Carol Albuquerque pode voltar à seleção brasileira». O Estadão. Consultado em 16 de março de 2016. 
  89. Canossa, Carol (1 de junho de 2015). «Sem pressa em arrumar um clube, Carol Albuquerque cogita até aposentadoria». Saída de Rede. Consultado em 16 de março de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]