Carrinho de mão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Um carrinho de mão moderno.

O carrinho de mão ou carriola é um tombador pequeno movido a energia humana usado para transportar pesos ou geralmente terra ou areia em construções. Usado também nas fazendas ou nos jardins, o carrinho de mão facilita o deslocamento de cargas que podem ser pesadas ou meramente incômodas. É composto de uma roda e dois braços e o centro de gravidade fica perto da roda.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O carrinho de mão chinês da Dinastia Han.

Os primeiros carrinhos de mão com evidências arqueológicas na forma de um carrinho de uma roda vêm dos murais de tumbas do imperador Hui da Dinastia Han do século II e relevos de tumbas de tijolos.[1]

Em dialetos regionais[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Needham, Volume 4, Part 2, 263-267.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • M. J. T. Lewis, "The Origins of the Wheelbarrow," Technology and Culture, Vol. 35, No. 3. (Jul., 1994), pp. 453–475
  • Andrea L. Matthies, "The Medieval Wheelbarrow," Technology and Culture, Vol. 32, No. 2, Part 1. (Apr., 1991), pp. 356–364
  • Needham, Joseph (1965). Science and Civilisation in China: Volume 4, Physics and Physical Technology, Part 2, Mechanical Engineering; rpr. Taipei: Caves Books Ltd.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Carrinho de mão
Ícone de esboço Este artigo sobre um objeto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.