Carrossel Moto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Carrossel Moto da Guarda Nacional Republicana (GNR) é composto por um grupo de profissionais do 2º Esquadrão Moto da Unidade de Segurança e Honras de Estado (USHE), antigo Regimento de Cavalaria da GNR, que executam exibições públicas de habilidades e acrobacias com motociclos.

Praça do Império, Lisboa


A ORIGEM[editar | editar código-fonte]

O Carrossel Moto remonta aos Anos 20 do Séc XX, onde eram utilizadas as motos NORTON para a realização dos exercicios. Em 1956 Chegaram a Portugal as motos SUNBEAM, oferecidas à Republica Portuguesa aquando da visita de S.A.R. Rainha Isabel II de Inglaterra. Desde essa data até aos dias de hoje, o Carrossel Moto afirma-se como uma referência nacional e internacional no panorama das exibições acrobáticas realizadas por motociclistas Policias ou Militares, de onde também fazem parte, por exemplo, os Royal Signals Motorcycle Display Team e Le Carroussel Motocycliste da Guarde Républicaine (França).

O REGIMENTO DE CAVALARIA E O 2º ESQUADRÃO MOTO[editar | editar código-fonte]

O Decreto 8064 de 21 de Março de 1922, previa a constituição do Regimento de Cavalaria da GNR, e nele sediado em Cabeço de Bola (Lisboa), o 2º Esquadrão Moto, Esquadrão Moto Blindado.

Além da missão geral da GNR, cabe ao 2º Esquadrão Moto escoltar as mais altas entidades Nacionais e Internacionais. Inicialmente com motos AJS, sendo estas substituidas pelas NORTON e posteriormente pelas SUNBEAM.

Inicialmente realizavam-se pequenas exibições em eventos militares onde os motociclistas mostravam a sua destreza, chegando a integrar-se cavalos e motos num Carrossel Misto. É já nos anos 50 que nasce o Carrossel Moto com os contornos próximos do que conhecemos hoje, pela mão dos Tenentes Miravent e Brás.

ACTUALMENTE[editar | editar código-fonte]

Composto por cerca de 25 Guardas, todos voluntários oriundos do 2º Esquadrão Moto, agora sediado na Calçada do Galvão, Lisboa. As exibições mantém as emblemáticas SUNBEAM em números de destreza e audácia colectiva, acompanhadas pelas BMW/GS e a recentemente introduzida Yamaha WR.

O BAILADO DAS MOTAS[editar | editar código-fonte]

As apresentações do Carrossel Moto são compostas por várias partes, sendo que todas elas tem por base duas "escolas" com 8 elementos cada.

Na entrada são apresentados números como a Pirâmide e o Pino com escada. Na 1ª e 2ª parte da apresentação os números protagonizados pelos 16 elementos formam figuras quase geométricas, onde a disciplina e um treino rigoroso permitem cruzamentos e evoluções em velocidade, num arriscado bailado de motas. No final da 1ª parte os números colectivos são variados e apresentados em circulo, de onde se destacam a condução de uma SUNBEAM com 16 elementos. A pista onde são executadas uma serie de rampas, saltos e arcos de fogo antecede a 2ªa parte.

ESQUEMA DE ACTUAÇÃO[editar | editar código-fonte]

[1] Fonte: Revista da Guarda Nacional Republicana

Utilizando 6 motos Sunbeam, as motos BMW R 65GS e as motos BMW R 85 GS até perfazer o número de 16, as

apresentações são estruturadas da seguinte forma:

O Carrossel Moto é constituído por duas Escolas, com 8 militares cada. Cada escola é liderada por uma Sunbeam

conduzida por um dos militares mais antigos, tendo a designação de Chefe de Escola. Os dois Chefes de Escola são dois elementos fundamentais, pois são eles, que coordenados entre si, marcam o ritmo e tempos de mudança entre números.

A apresentação do Carrossel divide-se em várias partes, nomeadamente:

Entrada – Exercício onde são empenhados os 16 militares com 6 motos que efectuam uma passagem junto da tribuna.

Apresentação – Após a entrada vai cada militar para a sua moto e formados a 2 vão deslocar-se para junto da tribuna onde vão formar em cunha.

1ª Parte – 16 militares, 16 motos efectuam vários exercícios em conjunto:

- União de escolas

- 2 Cruzamentos

- Passagem de escolas

- Cordas simples

- Moinho

- Rodas concêntricas

- Exercícios individuais

- Paragem em frente por 4

Colectivos – Exercícios colectivos efectuados com as Sunbeans:

- Condução a 2

- Prancha

- Amor

- Avião invertido

- Quedas

- Pino

- Pirâmide 4 militares

- Pirâmide 8 militares

- Pirâmide 16 militares

Pista – Depois das Sunbeans entram as BMW em acção, 8 motos vão transpor uns obstáculos:

Salto no Arco de Fogo, BMW GS , Expo 98

- Baloiço

- Subir e descer por cima de um jeep

- Passar por um arco a arder

- Efectuar alguns saltos

2ª Parte – Aqui tal como na 1ª Parte, 16 militares e 16 motos efectuam exercícios em conjunto:

- União de escolas

- Quedas

- Feixes e losângulos

- Abrir para os cantos

- Corda dupla

- 3 Cruzamentos

- Passagem a 4

Saída – As escolas voltam a unir e mais uma vez vão colocar-se formados em cunha em frente á tribuna.

SÉCULO XXI[editar | editar código-fonte]

O Carrossel Moto tem marcado presença nas Comemorações da Festa Maior do Motociclismo em Portugal, o Dia Nacional do Motociclista, bem como é assidua a sua presença em cerimónias militares e eventos demais do mundo do motociclismo.

AS MOTAS[editar | editar código-fonte]

A VETERANA[editar | editar código-fonte]

SUNBEAM S/7 500 O.H.C. TWIN • 2 Cilindros verticais; • 4 Velocidades; • Cilindrada de 487cc; • Suspensão de mola curta; • Carburador AMAL 276 DO/3ª; • Peso de 196 Kg; • Bateria de 6V – 12 AH; • Pneus – 4.5 – 16/4.75 – 16; • Pressão dos pneus – 19 – 19; • Capacidade do depósito de gasolina – 15,5l; • Capacidade do depósito de óleo – 2l; • Combustível até 1993 inclusive – gasolina normal;

• Combustível a partir de 1994 – gasolina super.

Dezasseis na SunBeam, Praça do Império Lisboa

AS ALEMÃS[editar | editar código-fonte]

BMW R 80 GS • 2 Cilindros opostos horizontalmente; • Cilindrada 798cc (motor tipo Boxer); • Carburadores - 2 v 64/32/349 (Esq) – v 64/32/3350(Dir); • Velocidades – 5; • Velocidade máxima – 175Km/h; • Suspensão: - Frente – Forquilha telescópica c/ amortecedores hidráulicos; - Trás Braço oscilante com dois amortecedores hidráulicos; • Bateria – 12v; 19AH; • Capacidade do depósito de gasolina – 24l; • Capacidade do depósito de óleo s/ filtro – 2,25l.

BMW R 65 GS • 2 Cilindros opostos horizontalmente; • Cilindrada 654cc (motor tipo Boxer); • Carburadores: 2 Bing v 64/26/317 (Esq) – v 64/26/318(Dir); • Velocidades – 5; • Velocidade máxima – 143Km/h: • Suspensão: - Frente – Forquilha telescópica c/ amortecedores hidráulicos; - Trás Braço oscilante com dois amortecedores hidráulicos; • Bateria – 12v ; 20AH; • Capacidade do depósito de gasolina – 21,5l; • Capacidade do depósito de óleo s/ filtro – 2l.

CURIOSIDADES[editar | editar código-fonte]

[2]Fonte: Revista da Guarda Nacional Republicana

(...) Antes de passar às histórias não posso deixar de gabar a coragem do Cabo Caixinha, que demonstra a dedicação e entrega total, ainda com prejuízos pessoais dos militares do Carrossel. O Cabo Caixinha, no tempo do Capitão Bairrada desmarcou o casamento para ir a uma exibição do Carrossel. Não sei como é

que o nosso Cabo resolveu a questão, mas que é um homem de coragem, lá isso é! (...)

(...) Outra história engraçada que me foi relatada pelo Tenente-Coronel Andrade e Sousa passou-se em Mangualde, Viseu.

Aquando do regresso de um treino para uma exibição que iria ter lugar no dia seguinte, houve uma Sunbeam que se incendiou, e, durante cerca de 3 minutos

esteve a arder como uma bola de fogo. As torneiras do combustível, que se encontram imediatamente por baixo do depósito, por vezes derramam combustível.

Quando essa gasolina toca no escape, normalmente dá-se um pequeno incêndio. Daí a necessidade de em todos os treinos e apresentações existirem mecânicos

nomeados com extintores a fim de apagarem alguma deflagração. Normalmente os motociclistas não têm necessidade de apear, sendo que os mais experientes

levantam as pernas e o fogo é apagado. Este facto, apesar de ser quase normal acontecer, naquele dia excedeu o tempo tendo-se mantido a arder alguns minutos. A moto ficou num estado aparente deplorável e totalmente chamuscada.

Assim, após a atribulada extinção do incêndio da moto, em que todos colaboraram lançando areia, batendo com mantas até à chegada de extintores, o Capitão

Andrade e Sousa referiu que estavam “tramados”, pois não tínham motos suplentes e a exibição ia ser no dia seguinte.

Perante esta afirmação o experiente Soldado mecânico Paté respondeu: “Está enganado meu Capitão: A moto está impecável para amanhã!” Assim, sob o

olhar estupefacto do Capitão, sacudiu alguma areia da moto, colocou o starter a jeito e com um enérgico salto sobre este, colocou a moto a trabalhar à primeira e

com um ruído de autêntico relógio suíço. As Sunbeam são uma verdadeira relíquia e mantêm-se a andar graças à dedicação e empenho dos mecânicos do Carrossel. Motos de mecânica fácil, têm no entanto, dada a sua idade avançada, alguns caprichos, dando a ideia que os mecânicos por vezes fazem milagres. (...)

REFERÊNCIAS[editar | editar código-fonte]

Correio da Manhã.[3] Revista GNR.[4] Site Revista Motociclismo[5] Reportagem Revista Motociclismo "2ºEsquadrão Moto da GNR".[6] Revista Sábado.[7] Sapo Videos.[8] Arronches em Noticia.[9]

Jornal de Noticias.[10]

  1. Cap. Cavª Luis Miguel Gomes Ferreira. «O Carrossel Moto» (PDF). Revista da Guarda Nacional Republicana 
  2. «O Carrossel Moto» (PDF) 
  3. http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/portugal/detalhe/acrobacias-da-gnr-com-decadas-de-historia.html
  4. http://www.gnr.pt/portal/internet/gabinete_imprensa/revista_gnr/edicoes/2009/n1/temadecapa/carroselmoto.pdf
  5. http://www.motociclismo.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=6071&Itemid=51
  6. http://4.bp.blogspot.com/_kaRaKraHq88/S2n0y7oV1iI/AAAAAAAAAwE/GVLAmmE27u8/s1600-h/Imagem1motociclismmo.jpg
  7. http://www.sabado.pt/ultima_hora/detalhe/Acrobacias-da-GNR-com-decadas-de-historia.html
  8. http://videos.sapo.pt/kULFzFZ0H8Vho4c50tM1
  9. http://arronchesemnoticias.blogspot.pt/2009/10/carrossel-moto-da-gnr-em-arronches.html
  10. http://www.jn.pt/PaginaInicial/Interior.aspx?content_id=561512