Carvécios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Território dos carvécios

Os carvécios (em latim: carvetii eram um povo celta[1] que habitava o noroeste da atual Inglaterra, com centro na atual região da Cúmbria e North Lancashire. A leste limitavam com a populosa e beligerante tribo dos Brigantes.

História[editar | editar código-fonte]

Os carvécios não são mencionados pelo geógrafo clássico Ptolemeu na sua Geografia, nem também em nenhum outro texto clássico, fontes habituais para o conhecimento dos povos celtas da Britânia, pelo qual são conhecidos apenas graças às inscrições encontradas num túmulo em Old Penrith e no templo Sowerby em Cúmbria.[2]

A sua capital foi provavelmente o assentamento de Luguválio (Carlisle), a única cidade conhecida da região que habitaram.

Provavelmente foram incorporados no Século I ou até mesmo antes da confederação dos brigantes e apenas recobraram certa (e breve) autonomia com a invasão romana.

Acredita-se que o caudilho Venúcio, esposo da última rainha dos brigantes Cartimândua[3] e posteriormente um dos principais líderes da resistência contra Roma no Século I, era na realidade originário deste povo.[4]

O seu território foi finalmente incorporado na Província romana da Britânia Secunda. Após a retirada romana da ilha no Século V, o território dos carvécios foi uma parte mais do Yr Hen Ogledd, o chamado pelas crônicas posteriores Velho Norte. Foi incluído no reino de Coel Hen "O Protetor", último duque da Britânia com controle militar a norte da Britânia romana.

O reino, que tentou manter uma ordem já tradicional frente à retirada das legiões e a maré de invasões de norte e de sul, não sobreviveu ao seu criador. Em efeito, à sua morte o seu reino teria-se dividido entre os seus filhos ou os seus comandantes, com o que gradualmente a organização tornou às suas bases tribais históricas. O território dos carvécios foi incorporado ao de Alt Clut. O avanço dos anglos absorveu a parte sul do território ancestral deste povo, que foi incorporada ao reino da Mércia. O norte permaneceu sob controle celta algum tempo mais, até cair finalmente sob domínio anglo-saxão.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • The Carvetii. By N. Higham, G.D.B. Jons. Peoples of Roman Britain. Alan Sutton Publishing, Gloucester, 1985, ISBN 0-86299-088-2

Referências

  1. Entre as tribos britanas distinguem-se três grupos:
  2. Carvetti em nationmaster.com(em inglês)
  3. A aliança da sua esposa com Roma, mantida até o ponto de atraiçoar e entregar encadeado o líder da resistência, Carataco, aos romanos, terminou por provocar o divórcio e finalmente o levantamento em armas.
  4. O seu matrimônio com Cartimândua fora de interesse, uma aliança para fortalecer o reinado desta e evitar as incursões dos carvécios.
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em castelhano, cujo título é «carvetii».

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]