Saltar para o conteúdo

Carvalhal (Barcelos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Portugal Carvalhal 
  Freguesia  
Igreja de Carvalhal
Igreja de Carvalhal
Igreja de Carvalhal
Símbolos
Brasão de armas de Carvalhal
Brasão de armas
Localização
Localização no município de Barcelos
Localização no município de Barcelos
Localização no município de Barcelos
Carvalhal está localizado em: Portugal Continental
Carvalhal
Localização de Carvalhal em Portugal
Coordenadas 41° 30' 41" N 8° 37' 57" O
Região Norte
Sub-região Cávado
Distrito Braga
Município Barcelos
Código 030220
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 2,58 km²
População total (2021) 1 233 hab.
Densidade 477,9 hab./km²
Código postal 4755
Carvalhal

Carvalhal é uma povoação portuguesa sede da Freguesia de Carvalhal do Município de Barcelos, freguesia com 2,58 km² de área[1] e 1233 habitantes (censo de 2021)[2], tendo, por isso, uma densidade populacional de 477,9 hab./km²

Na sua vizinhança tem Barcelinhos, a norte, e Gilmonde, a nascente; sita na margem sul do Rio Cávado e tem acesso pela Estrada Nacional 306. Pertence ao município de Barcelos e ao Distrito de Braga. A freguesia é atravessada pelo ribeiro dos Amiais.

A população registada nos censos foi:[2]

População da Freguesia de Carvalhal[3]
AnoPop.±%
1864 517—    
1878 545+5.4%
1890 610+11.9%
1900 643+5.4%
1911 675+5.0%
1920 611−9.5%
1930 656+7.4%
1940 888+35.4%
1950 902+1.6%
1960 1 054+16.9%
1970 1 331+26.3%
1981 1 581+18.8%
1991 1 573−0.5%
2001 1 614+2.6%
2011 1 391−13.8%
2021 1 233−11.4%
Distribuição da População por Grupos Etários[4]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 263 273 885 193
2011 180 155 796 260
2021 110 132 668 323

Localização

[editar | editar código-fonte]

Carvalhal é uma pequena freguesia localizada na metade sul do território municipal, a sudoeste da respetiva sede.

Conheceu uma multissecular vocação agrícola que ainda não perdeu de todo, caracterizando a respectiva paisagem.

O meio em questão situa-se na periferia da cidade, por isso uma pequena parte da população ocupa-se da agricultura e a restante ocupa-se nas indústrias têxtil e do calçado que tem vindo a desenvolver-se gradualmente há dezesseis anos.

Atividades económicas: agricultura e indústria têxtil

Festas e Romarias: S. Paio (26 de Junho) e Santa Cruz (1.º domingo de agosto)

Artesanato: Carros de bois e tamancaria

Orago: S. Paio

Carvalhal, que assim se chama por causa das suas antigas e grandes devesas de carvalhos, vem nas inquirições de 1220 com o nome de "Sancto Pelagio de Carvalhal das Terras de Faria" e, nesse mesmo documento, se diz que o rei tinha alguns reguengos, apesar da matriz estar, porém, integrada no Couto do Hospital. E de facto, ainda nas inquirições de 1288, se refere que havia aqui "um couto marcado por padrões de que não se pagava foro a El-rei".

Tendo feito parte durante muito tempo da Casa de Bragança, no tempo de D. Afonso, 1º Duque daquela casa e 8º Conde de Barcelos, foi criada a Colegiada de Barcelos pelo que Carvalhal passou, então (século XV), a vigaria de apresentação de Prior daquela colegiada. A primitiva matriz de Carvalhal, a mesma que pertenceu ao couto da Ordem de Malta e que ficava, primitivamente, no lugar do Assento ou de S. Paio, onde ainda estava no final do século XVII, foi apenas transferida para o lugar actual, no século XVIII, onde se construiu outro templo no seu lugar. No século XIX, quando contava já com mais de um milhar de habitantes, sobre Carvalhal, há notícia de feitos valorosos: conta-se que o seu povo, por resistir arduamente às invasões francesas (1809), pagou com algumas vidas a coragem de defender a sua terra.

Património cultural

[editar | editar código-fonte]
  • Igreja Paroquial, que antigamente estava situada no Lugar do Assento no século XVII, e no século XVIII passou para o Lugar da Igreja;
  • Casa de Pereiró
  • Capelas da Santa Cruz (Senhor da Saúde), de nossa Senhora da Esperança, do Nosso Senhor do Horto, do Senhor na prisão, do Senhor Açoutado e do Senhor dos Passos;
  • Alminhas;
  • Cruzeiro Paroquial;
  • Casas do Jardim, de Chouso, do Fidalgo, de Pontegãos, de Medros, da Várzea, do Fidalgo do monte, de Pereiro e da Marnota.

Resultados eleitorais

[editar | editar código-fonte]

Eleições autárquicas

[editar | editar código-fonte]
Data % V % V % V % V % V
PPD/PSD PS CDS-PP PSD-CDS IND
1976 63,00 5 32,24 2
1979 64,35 6 33,72 3
1982 50,71 5 46,69 4
1985 59,62 6 26,29 3
1989 60,33 6 34,81 3
1993 57,89 6 35,09 3
1997 55,44 5 38,86 4 1,30 -
2001 52,14 5 40,51 4
2005 35,49 3 22,91 2 37,09 4
2009 28,28 3 6,15 - 61,25 6
2013 CDS-PP 34,69 3 PPD/PSD 40,26 4 20,87 2
2017 23,52 2 42,09 5 14,56 1 15,19 1
2021 CDS-PP 69,72 7 PPD/PSD 24,97 2

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 10 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. a b Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.