Carvoeiro (Mação)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Portugal Carvoeiro 
  Freguesia  
Praia Fluvial do Carvoeiro
Praia Fluvial do Carvoeiro
Bandeira de Carvoeiro
Bandeira
Brasão de armas de Carvoeiro
Brasão de armas
Localização no concelho de Mação
Localização no concelho de Mação
Carvoeiro está localizado em: Portugal Continental
Carvoeiro
Localização de Carvoeiro em Portugal
Coordenadas 39° 37' 28" N 7° 55' 23" O
País Portugal Portugal
Região Centro (Região das Beiras)
Sub-região Médio Tejo
Província Beira Baixa
Concelho MAC.png Mação
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Nuno Gonçalo da Silva Bragança (PPD/PSD)
Área
- Total 49,79 km²
População (2011)
 - Total 620
    • Densidade 12,5 hab./km²
Código postal 6120
Orago São João Baptista

Carvoeiro é uma freguesia portuguesa do concelho de Mação, na província da Beira Baixa, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região do Médio Tejo, com 49,79 km² de área e 620 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 12,5 hab/km².

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia do Carvoeiro [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 409 1 347 1 540 1 644 1 690 1 790 1 850 2 072 2 119 1 962 1 554 1 210 1 009 794 620
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 85 102 320 287 10,7% 12,8% 40,3% 36,1%
2011 66 45 260 249 10,6% 7,3% 41,9% 40,2%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

História[editar | editar código-fonte]

A origem do topónimo Carvoeiro não está devidamente esclarecida pois, enquanto alguns autores defendem a derivação do nome de jazidos de carvão inexplorados que existem no sub-solo, outros há que defendem na origem do topónimo árvores em grande quantidade como sobreiros a azinheiras.

Povoação muito antiga, desde cedo, se constitui freguesia, sendo, em conjunto com Amêndoa (Mação) e Belver, das mais antigas da região, remontando ao princípio da nacionalidade por volta de 1194. Nesta região foram encontrados vestígios de um castro, sendo que na Senhora da Moita existia um grande espólio do qual se destaca um bem conservado vaso de cerâmica e telhas romanas pensando-se que aqui existiu uma povoação romana e nas suas proximidades um grande templo dedicado a Júpiter.

Após a reconquista Afonsina, D. Sancho I incentiva a ocupação das terras através da doação das mesmas. O domínio da vila passa mais tarde para jurisdição da ordem de Malta. Razão pela qual o brasão da freguesia ostenta a cruz da Ordem de Malta em chefe[2].

Em 1464, Carvoeiro obtém carta de vizinhança, passada por Afonso V, que lhe permitia alguma liberdade de executar trocas comerciais com povoações vizinhas. Em 1518 teve a sua carta de foral passada por D. Manuel. Em termos eclesiásticos, e quase como toda a região, pertencia ao priorado do Crato. Sede de Concelho, Carvoeiro tirava daí óbvios benefícios.

Durante as invasões francesas, embora não fosse invadida, a freguesia do Carvoeiro serviu de refúgio para povoações vizinhas fugindo das tropas de Junot.

O município tinha, em 1801, 677 habitantes. Foi suprimido no início do século XIX.

O actual presidente desta freguesia é o Eng.º Nuno Bragança (reeleito em 2017 pelo terceiro mandato consecutivo).

Localidades[editar | editar código-fonte]

  • Balancho
  • Capela
  • Carvoeiro
  • Casal da Eira
  • Degolados
  • Eira
  • Feiteira
  • Frei João
  • Frei João
  • Galega
  • Maxieira
  • Pereiro
  • Pracana Cimeira
  • Pracana Fundeira
  • Quebrada
  • Rouqueira
  • Sanguinheira
  • Vale da Casa Cimeira
  • Vale da Casa Fundeira
  • Vale de Santiago
  • Vale Pedro Anes

Património[editar | editar código-fonte]

Actividades económicas[editar | editar código-fonte]

Feiras[editar | editar código-fonte]

  • Feira Anual (3º domingo de agosto)
  • Expo Feira (terceiro fim de semana de junho)

Festas e romarias[editar | editar código-fonte]

  • São João Baptista (24 de junho)
  • Carvoeiro (último fim de semana de julho)
  • Senhor dos Passos (15 dias antes de Páscoa)
  • Festa de Verão Quebrada (terceiro fim de semana de agosto)
  • Festa de Verão Frei-João(quarto fim de semana de Junho)

Locais de interesse turístico[editar | editar código-fonte]

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

Enchidos, febras da matança, filhós, cavacas e tigeladas.

Colectividades[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  2. PINHO, António Brandão de (2017). A Cruz da Ordem de Malta nos Brasões Autárquicos Portugueses. Lisboa: Chiado Editora. 426 páginas. Consultado em 28 de agosto de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]